quinta-feira, 23 de outubro de 2008

KTM eléctrica - O futuro começa aqui...



Com as leis ambientais cada vez mais exigentes, com repercussões directas para os enduristas de todo o mundo, a KTM está a desenvolver a solução inevitável para médio prazo...
Com uma bateria constituida por pilhas de iões de lítio, sabe-se que este protótipo tem uma autonomia de 40 minutos em andamento "full gas", bastando apenas uma hora para carregar totalmente.
A bateria e todo o conjunto do motor pesam 17 kilos, no entanto, nesta mota não existe carburador, nem embraiagem, nem depósito de combustível, nem escape.
Dizem os rumores que este conjunto pesa apróximadamente 90 kilos e desenvolve uma potência na ordem dos 35 cv, ou seja, já muito próximo das prestações de uma 125cc com motor de combustão. Segundo os responsáveis pelo projecto, a marca pretende iniciar a sua produção a curto prazo...





terça-feira, 21 de outubro de 2008

ExtremTorres 2008 - Sucesso total


Foi um sucesso a primeira edição da ExtremTorres, competição de motos que teve lugar no passado fim-de-semana na pedreira do Figueiredo, arredores de Torres Vedras. Num modelo original em Portugal, à prova acudiram alguns dos melhores pilotos de Enduro a nível nacional que não se rogaram em proporcionar um excelente espectáculo ao numeroso público que acudiu à prova.

O desafio era grande aos pilotos. Durante a manhã tinham que vencer 20 quilómetros de subidas e descidas íngremes, com muita pedra e erva à mistura. Num cenário de grande beleza proporcionado pelo Parque Eólico de Catefica, o público pode ver nas zonas espectáculo a progressão dos pilotos que na maioria dos casos só se dava após algumas quedas. O ponto alto deste primeiro desafio aos 50 pilotos que ocorreram à competição deu-se com a descida do Ribeiro do Castelão. Um troço composto por enormes pedras de apenas 700 metros onde uma pequena minoria conseguiu transpô-lo em 20 minutos, tendo havido pilotos que demoraram mais de uma hora a consegui-lo. As dificuldades advieram do piso se encontrar molhado e não fosse a ajuda do público teria sido praticamente impossível alguém ter conseguido sair lá de dentro a tempo de cumprir as duas horas que a organização estipulou para este Hard Enduro. Em termos desportivos a vencedor deste percurso foi Gonçalo Reis (KTM), que por um escasso minuto foi mais rápido que Hélder Rodrigues (Honda). O terceiro lugar foi para Fernando Ferreira (Yamaha), seguido de Bruno Moreira (Honda).

Espectáculo em pista

Com tamanhas dificuldades só 24 pilotos é que conseguiram fazer o percurso matinal em duas horas, tendo tido como prémio a presença no ExtremCross. Ao longo de um quilómetro os pilotos tinham que passar por cima de enormes paus, subir paredes de pedra, transpor enormes pedragulhos e passar por um lago. Os responderam tendo proporcionado imagens de rara beleza e envolvido-se em animados duelos. O publico aderiu em grande força, tendo-se espalhado por toda a pedreira e enchido por completo a zona do paddock. Nesta zona para além do assistência às equipas, a organização instalou uma “village” onde os patrocinadores do evento, a RedBull, Imposte, OestCar, Gavedra e Publicorte se fizeram sentir, tendo havido ainda uma mostra dos mais recentes produtos da Yamaha e da KTM.


No capitulo desportivo, as mangas eram compostas por oito pilotos, com os quatro primeiros a passarem à fase seguinte. Desta forma foram encontrados os oito melhores para a final, prova que foi muito disputada entre Hélder Rodrigues (Honda) e Gonçalo Reis (KTM). O primeiro foi mais rápido no arranque, mas aos poucos Gonçalo Reis foi-se conseguindo chegar ao primeiro lugar, tendo os últimos minutos sido super disputados, tendo por diversas vezes os dois primeiros estado lado a lado na abordagem aos obstáculos. Mas a maior experiência de Hélder Rodrigues veio ao de cima e este acabou por obter uma excelente vitória, tendo o mais cotado piloto de português de Enduro ficado para a história como o primeiro vencedor do ExtremTorres. Desta forma, Gonçalo Reis foi o segundo classificado, e Fernando Ferreira o terceiro. O quarto lugar foi para o homem do trial, João Ribeiro, seguido de Celso Moreira, Luís dos Reis (Sol Posto pai), Luis Oliveira e Luis Damil.


“Estão de parabéns”


O desafio posto à organização não era pequeno. Numa zona do país onde não existe muita tradição na prática da modalidade, a ideia passava por criar um modelo de prova original, inspirado em algumas eventos internacionais do género e tentar que o publico fosse ver a prova. No final o balanço não podia ter sido mais positivo, como refere Edgar Alves da organização: “Tivemos muito trabalho a montar toda a prova, mas sinceramente não estávamos à espera que as coisas corressem tão bem. Foi muito gratificante os pilotos terem gostado de tudo, mas o melhor foi ver que o publico, tanto de manha como de tarde, acudiu à prova em grande número e que tenha gostado, não só pelo espectáculo como pela forma como tudo estava montado. Obrigado a todos aqueles que tornaram isto possível, nomeadamente à Red Bull, OsteCar, Impoeste e Gavedra, bem como aos proprietários dos terrenos e às entidades oficiais, a Câmara Municipal de Torres Vedras, a Junta de Freguesia de São Pedro e Santiago e a colectividade do Figueiredo. Apesar do sucesso desta primeira edição, houve coisas que podiam ter corrido muito melhor, por isso temos a certeza que em 2009 o publico e os pilotos ainda vão gostar mais”. Quem também se mostrou satisfeito com evento foi Hélder Rodrigues, o vencedor da prova, “A organização está de parabéns, pois montou a prova muito bem. Havia muito publico e boas condições para toda a gente que esteve envolvida no evento”. Um discurso que também foi acompanhado por Luis dos Reis, veterano piloto da zona de Sintra que para além de ter chegado à final pelo facto de ser pai de Gonçalo Reis é uma das vozes mais esclarecidas da modalidade em Portugal: “Esta é a única corrida que temos na zona de Lisboa, por isso nunca poderíamos faltar a um evento destes. Foi uma prova cinco estrelas, onde tudo correu muito bem. Penso que a ExtremTorres tem tudo para se tornar numa grande clássica das duas rodas em Portugal”.

Texto: Licinio Aniceto - Organização ExtremTorres

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Helder Rodrigues vence a ExtremTorres


A primeira edição da ExtremTorres teve como grande vencedor Helder Rodrigues, que assim conseguiu impor o seu andamento frente aos aguerridos Gonçalo Reis e Fernando Ferreira. O piloto de Sintra, conquistou uma importante vitória, mostrando que está cada vez em melhor forma. A prova que foi do agrado geral dos pilotos e pretende ajudar a traçar o caminho para a implementação do Hard Enduro em Portugal. Mais informações em: http://www.extremtorres.blogspot.com/

Fotos: Miguel Flores

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

ExtremTorres 2008 - Espectáculo com os melhores em Torres Vedras



Faltam poucos dias para uma das mais espectaculares demonstrações de motociclismo em Portugal. Os melhores pilotos nacionais de Enduro, tais como, Hélder Rodrigues, Filipe Zanol, Fernando Ferreira, Paulo Felícia, Gonçalo Reis, João Soares, entre outros, vão estar no próximo Sábado em Torres Vedras a disputar o ExtremTorres 2008. Com um formato inédito em Portugal, o primeiro desafio posto aos pilotos começa pelas 9h30m e constará de um percurso de 20 quilómetros que terá de ser percorrido em duas horas. Sensivelmente metade deste trajecto decorrerá nas íngremes encostas do lado Este da A8, imediatamente antes de se chegar à saída Torres Vedras –Sul (vindo de Lisboa). Naquilo que será uma sessão muito técnica, segue-se depois a passagem por um rio cujas pedras enormes tornam até difícil a progressão a pé. Cumprida esta primeira etapa, temos depois a segunda fase da prova que consiste na realização de um Extremecross numa pedreira desactivada, conhecida como a Pedreira do Figueiredo que dista a apenas um quilómetro da saída Torres Vedras-Sul da A8. Neste local foi desenhado um traçado de cerca de dois quilómetros de perímetro, que tal como o nome indica colocará à prova a perícia de todos aqueles que conseguirem passar para o período da tarde. A prova irá desenrolar-se em mangas de qualificação, sendo que dos oito pilotos que estiveram à partida, os quatro primeiros passam para a manga seguinte até se encontrar os oito melhores que irão disputar a final. O sucesso de um evento só se consegue com a presença do público e das boas condições postas ao dispor destes. Desta forma, para o HardEnduro, a partir do centro nevrálgico da prova (Pedreira do Figueiredo), haverá indicações para as zonas espectáculo. Para além de uma área delimitada de parque de assistência que será aberto ao público, este terá ainda uma área denominada Sponsors Village onde poderá numa zona mais elevada ver todo o desenrolar do ExtremeCross na companhia de um speaker e DJ. Tudo isto sem pagar qualquer bilhete e com parques de estacionamentos gratuitos.

Texto: Organização ExtremTorres

Mais informações em www.extremtorres.blogspot.com

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Novo Blog ISDE 2009


Já a pensar nos ISDE do próximo ano, criou-se um novo blog dedicado exclusivamente à prova que pela segunda vez terá lugar em Portugal, na Figueira da Foz, 10 anos após a edição realizada em Coimbra.


O endereço é: http://www.enduroportugal-isde2009.blogspot.com/ e está disponível na barra lateral.

Ideias ou elementos que queiram partilhar e ver no blog enviem para nunoandrecoelho@gmail.com , ou então deixem aqui o vosso comentário.

Com a colaboração de todos, o blog ficará mais rico, tudo em prol da nossa modalidade favorita que bem merece. Obrigado

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

WEC - Aubert e Aro Campeões


As vitórias de Salminen nos dois dias do GP da Europa, realizado este fim-de-semana em França, não foram suficientes para bater Jony Aubert, que com um segundo e terceiro lugares garantiu o título Mundial na E2. O francês, que fez boicote aos 6 dias pelo facto de estes se realizarem entre provas do WEC, está de parabéns pois bateu aquele que é apontado por muitos como o melhor piloto de enduro da actualidade, Juha Salminen. Para o finlandês, fica a consolação de ter ganho a competição das extremes (BMW Motorrad Extreme Test Award) com 63 pontos de vantagem sobre Ahola....


Nas motas de maior cilindrada, foi Samuli Aro que se sagrou campeão, apesar dos maus resultados nas últimas provas devido às suas lesões. Graças a uma excelente primeira metade do campeonato em que dominou a classe E3 com a sua KTM 300 EXC, ganhando inclusivé alguns dias à geral, o finlandês garantiu uma importante vantagem que se revelou decisiva.


Resta dizer que o campeão nos Juniores é Thomas Oldrati, que já tinha garantido o título no GP de Itália, aos comandos da sua KTM 125 EXC.

Tabelas do WEC:

E1 - http://we.abc-wec.com/cms/wec_download/standings/enduro1.pdf

E2 - http://we.abc-wec.com/cms/wec_download/standings/enduro2.pdf

E3 - http://we.abc-wec.com/cms/wec_download/standings/enduro3.pdf

EJ - http://we.abc-wec.com/cms/wec_download/standings/endurojunior.pdf

BMWExtreme - http://we.abc-wec.com/cms/wec_download/standings/bmw_extreme.pdf

sábado, 11 de outubro de 2008

WEC - Ahola campeão do mundo na E1


Bastou a primeira jornada da última prova do campeonato do mundo, para decidir o título mundial na classe E1. Ahola venceu o dia e agradeceu a Marc Germain o facto de este ter terminado em segundo, deixando Cervantes em terceiro. Com estas posições, o título ficou resolvido a favor do finlandês, depois de no ano passado ter ganho a classe E2...