segunda-feira, 30 de março de 2009

WEC 2009 - GP de Espanha - Quem para Aubert?

É o homem do momento no WEC. Aubert voltou a vencer a geral nos dois dias, em Igualada, Espanha. O francês venceu a classe E2 no 1ºdia com 38seg de vantagem sobre Cristobal Guerrero e 51seg sobre Bartosz Oblucki. No 2º dia, não esteve com meias medidas e ao fim de 5 especiais já tinha mais de um minuto de avanço sobre o segundo classificado na geral. Venceu assim com naturalidade a sua classe, brindando Joakim Ljunggren(2º) com 2 minutos...Sandro Marcos terminou em 23º no primeiro dia, e 21º no segundo.

Na E1, o vencedor da ronda portuguesa Mika Ahola, terminou no lugar mais alto do pódio no primeiro dia, seguido de Albergoni e Meo. Na segunda jornada espanhola, o italiano da KTM conseguiu finalmente bater Ahola, terminando com 17seg de vantagem. Antoine Meo, voltou a repetir o terceiro posto. Felipe Zanol terminou em 11º lugar nos dois dias.

A classe E3 está ao rubro com vários pilotos a discutirem a vitória ao segundo. No entanto, Ivan Cervantes parece ter algo mais que os seus adversários e assim garantiu a vitória nos dois dias. No sábado, o espanhol terminou com 2seg de vantagem sobre Sebastien Guillaume e 3 seg sobre Christophe Nambotin...No domingo, El torito colocou a sua concorrência em sentido e venceu com 28seg de avanço sobre um Samuli Aro a subir de forma progressivamente. Em terceiro ficou Nambotin, a 0,75 seg do finlandês...

Nos Juniores, Oril Mena continua a mostrar que só com um imprevisto não será compeão mundial junior este ano. Este talentoso espanhol voltou a vencer os dois dias, tal como já tinha feito em Portugal. Gonçalo Reis foi 10º no primeiro dia e 14º no segundo. O seu melhor resultado em especiais foi um 7º lugar.











Resultados

quinta-feira, 26 de março de 2009

WEC 2009 - GP de Portugal - Os Portugueses e Zanol



Norberto Teixeira DNF-17º

Felipe Zanol 10º-10º

Paulo Felícia 16º-DNF

Paulo Gonçalves 20º-23º

Luís Correia 24º-18º

Sandro Marcos 21º-22º

Pedro Teixeira DNF-DNF

Nuno Pereira DNF-24º

Fernando Ferreira 10º-9º


Gonçalo Reis 6º-8º

Gonçalo Bandeira DNF-23º

Fotos: João Pimenta e Fátima Barroso

terça-feira, 24 de março de 2009

quinta-feira, 19 de março de 2009

Campeonato Espanhol de Enduro 2009 - Enduro de Segre


1. Oriol Mena Husaberg 1-4
Juha Salminen BMW 2-3
3.Cristobal Guerrero Yamaha 4-2
Ivan Cervantes KTM 5-1
5. Xavier Galindo KTM 6-5
6. Victor Guerrero Yamaha 7-8
7. Lorenzo Santolino KTM 11-7
8. Aaron Bernandez BMW 13-6
9. Marko Tarkkala BMW 9-11

OBS:David Knight BMW terminou em 3º no 1º dia e desistiu no 2º.




Geral 1ºdia

Geral 2ºdia

quarta-feira, 18 de março de 2009

WEC 2009 - O mundial está de volta!


Nos dias 21 e 22 de Março, o Maxxis FIM WEC vai começar com a realização do Grande Prémio POLISPORT de Portugal, o primeiro de oito eventos do calendário 2009. Em Penafiel, esta prova não só irá marcar o início da temporada, mas também a entrada do WEC numa nova era. Na verdade, é já na sexta-feira à noite que os melhores pilotos do planeta irão disputar às 20h a primeira KTM SUPER TESTE do WEC da história.


Enduro 1: Ahola contra o resto do mundo

Quem irá suceder Mika Ahola (SF-HM)? O campeão cessante parece hoje melhor colocado para reivindicar um segundo título na classe dos motores mais pequenos. O piloto da HM Honda passou o inverno na Espanha, em Girona, para aperfeiçoar a sua preparação. Confiante, Ahola está convencido de que, apesar de Cervantes ter partido para E3, adversários não vão faltar: "Eu acho que Albergoni é muito determinado a ganhar e assumiu o lugar de Cervantes na KTM. O seu companheiro de equipa finlandês, Eero Remes, vai ser muito rápido principalmente se as corridas serão mais fáceis. Se Marc Germain da Yamaha estiver com o nível igual ao das últimas duas provas do WEC, no ano passado, ele será uma grande ameaça. O maior ponto de interrogação é Antoine Meo da Husqvarna , pela primeira vez na E1. Ele é talvez o mais rápido dos meus adversários, mas ele pode fazer face a todos os tipos de terrenos, enduro tests e corridas difíceis? Estou com receio pois ele tem treinado muito durante o inverno. " Em poucas palavras Mika Ahola resume as participações da E1 perfeitamente. Atrás dele, será também um jogo França-Itália que será disputado. Para a Squadra Azura, Maurizio MICHELUZ (ITA-TM) ainda convalescente não participará neste primeiro evento. Os italianos vão invocar o campeão mundial júnior Thomas OLDRATI (ITA-KTM). No lado francês, há que contar com Marc BOURGEOIS (AVH-FRA), Fabien Planet (FRA-KTM), a Jordan CURVALLE (SHE-FRA), Julien GAUTHIER (FRA-HM) e Nicolas PAGANON (FRA-Kaw). O espanhol Xavi GALINDO (ESP-KTM) decidiu também deixar a E3 para ingressar na E1. A categoria também será animada pelo rápido Jari MATTILA (SF-SUZ), contratado este ano pela Suzuki.


Aubert vs Salminen: A Vingança na Enduro 2

Poderíamos desenvolver durante horas o aguardado duelo entre Juha Salminen (SF-BMW), o novo piloto oficial BMW e o seu substituto na KTM, Johnny AUBERT (FRA-KTM), actual campeão mundial. Mas as primeiras especiais portuguesas vão dizer muito mais do que qualquer longo discurso. O desafio anunciado é difícil para os dois homens, que terá início a partir de uma página branca. Na BMW, reina o segredo. É sabido que Salminen terá trazido para o seu novo empregador algumas das soluções técnicas utilizadas anteriormente na KTM. Para o seu adversário francês, a adaptação à nova máquina foi feita rapidamente: "Toda a gente me falou sobre as especificidades das suspensões e, afinal, eu tive mais dificuldades em adaptar-me ao motor. Eu costumava fazer curvas apertadas em terceira velocidade com a Yamaha, agora é necessário que eu antes de cada curva me lembre de deitar uma mudança a baixo. Comparada com uma mota japonesa, é necessário recuar um pouco a minha posição de condução para ter mais tracção. No entanto, eu considero a minha máquina mais ergonómica e menos cansativa do que a anterior. "
Atrás dos dois pesos pesados do campeonato, a categoria ainda é excitante. No terceiro lugar do pódio em 2008, Alessandro BELOMETTI (ITA-KTM) tem experiência e versatilidade. Mas com mais de 35 anos, o italiano terá de lutar, em particular contra o seu adversário favorito, Rodrig Thain (FRA-TM). É preciso contar também com Joakim LJUNGGREN (SWE-HSB) e Cristobal GUERRERO (ESP-YAM). Seguindo o exemplo da BMW, também defendida por Simo KIRSSI (SF-BMW) e KTM, a Husqvarna apostou na Enduro 2, com um Bartosz OBLUCKI (POL-AVH) re-motivado pelo seu 250 cc 2 tempos, e a nova aposta do manager Fabrizio Azzalin, o finlandês Matti Crossman SEISTOLA (FIN-AVH), provenientes de MX2. Cristian BEGGI (ITA-YAM) também é proveniente dos circuitos de motocross. O vice-campeão do mundo Mx3 vai andar de Yamaha da equipa Racing Project. De referir que Antoine LETELLIER (FRA-APR) passou para a Enduro 2, ele se será o único embaixador da Aprilia.


Enduro 3: O choque de Titãs

O que têm as estrelas do WEC? No que diz respeito à classe com a maior motorização, a questão é pertinente uma vez que metade dos pilotos top decidiram reunir-se na E3. No topo do cartaz, vamos citar 3 pilotos: Samuli ARO (FIN-KTM) o actual campeão mundial, o seu companheiro de equipa Ivan Cervantes (ESP-KTM) já coroado na E3, em 2007, e o regressado David Knight (GB - BMW), cujo único factor desconhecido permanece no seu nível de competitividade aos comandos da nova BMW. Atrás destes três homens, também podemos apostar em Marko TARKKALA (SF-BMW), o eterno segundo do campeonato, e os franceses Sebastien Guillaume (FRA-AVH) e Christophe NAMBOTIN (FRA-GAS). Uma coisa é certa, vai ser difícil assumir o protagonismo na E3, e nós podemos contar também com Bjorne Carlsson (SWE-HSB), Marcus Kehr (GER, KTM), Alex BOTTURI (ITA-KTM) e Tom SAGAR (GB-HSB).


Uma nova geração de Juniores

Com a partida de Oldrati e Bourgeois para E1, uma página da história dos Juniores foi virada. Hoje três nações emergem. Os espanhóis vão acreditar em Victor GUERRERO (ESP-YAM), SANTOLINO Lorenzo (ESP-KTM), Carlos Andreu (ESP-BMW) e o favorito Oriol MENA (ESP-HSB), com o seu novo estatuto de piloto oficial Husaberg (Ganhou o primeiro dia à geral em Segre, na primeira prova do campeonato espanhol, à frente de Salminen, Cervantes e outros..). Do lado italiano, pretendentes ao trono não faltam, com os promissores Jonathan Manzi (AVH-ITA), Vanni COMINOTTO (ITA-KTM) e o sólido Mirko Gritti (ITA-BETA). Os franceses serão os mais numerosos, e tendo em conta os seus últimos resultados Jérémy JOLY (FRA-HM) é incontestávelmente um potencial vencedor do Grande Prémio. A prova portuguesa não contará com Robert KVARNSTROM (SWE-TM), lesionado no ombro. Por outro lado, Simon Wakely (GB-AVH) estará presente. Vamos dar as boas vindas ao americano John Day (E.U.A.-SUZ), agora na Europa. A categoria Junior também será a oportunidade de assistir à primeira ronda do FIM YOUTH ENDURO JUNIOR CUP 125cc, apadrinhado pela Husqvarna. Estas são as muitas razões para não perder o Grande Prémio POLISPORT DE PORTUGAL, a 21 março e 22 em Penafiel.
Não se esqueçam da especial nocturna já na sexta-feira, dia 20!

Quanto os nossos pilotos que vão participar na prova temos:


Na E1:
nº39 RODRIGUES Hélder LAGOS TEAM E1 POR FMP YAMAHA
nº40 TEIXEIRA Norberto HIPER GÉMEOS/MRV/CAFÉ CRUZEIRO E1 POR FMP YAMAHA
nº20 ZANOL Felipe CRN / YAMAHA / MOTOFUNDADOR E1 BRA FMP YAMAHA



Na E2:
nº19 MARCOS Sandro CRN / YAMAHA / MOTOFUNDADOR E2 POR FMP YAMAHA
nº43 GONÇALVES Paulo BIANCHI PRATA/CIN E2 POR FMP BMW
nº44 FELICIA Paulo ITALIAN JOB/HUSQVARNA E2 POR FMP HUSQVARNA
nº45 CORREIA Luis TEAM ZA MOTOS / ONEWAY E2 POR FMP YAMAHA
nº46 MEGRE David KTM MUNICIPIO DE CORUCHE E2 POR FMP KTM
nº47 TEIXEIRA Pedro TEAM BETA MOTO ESPINHA E2 POR FMP BETA
nº48 PEREIRA Nuno TEAM BETA MOTO ESPINHA E2 POR FMP BETA



Na E3:
nº30 FERREIRA Fernando CRN / YAMAHA / MOTOFUNDADOR E3 POR FMP YAMAHA



Na EJ:
nº25 REIS Gonçalo EJ POR FMP KTM
nº26 BANDEIRA Gonçalo CRN / YAMAHA / MOTOFUNDADOR EJ POR FMP YAMAHA

Todas as informações em: http://www.endurosentirpenafiel.com/

segunda-feira, 16 de março de 2009

Extreme XL Lagares 2009 - Álbum de fotos


Extreme XL Lagares 2009 - Dureza extrema


Os vencedores da prova


Zé Maria - Paulo Russo (Os cunhados) foram os grandes vencedores da edição 2009 da Extreme XL Lagares. Numa prova marcada pela dureza muito elevada, esta dupla foi a única equipa que conseguiu percorrer o percurso delineado na sua totalidade. Os grandes ausentes foram os vencedores do ano passado, Felipe Zanol e Fernando Ferreira, provavelmente já a pensarem na prova do mundial de enduro que terá lugar também em Penafiel, no próximo fim de semana.
Mais uma vez esteve muito público presente, principalmente nas zonas espectáculo, muito bem preparadas pela organização, com obstáculos inéditos em Portugal. Esta esteve ao seu melhor nível, com a "máquina" bem montada, sempre em cima do acontecimento, com bastantes elementos nas diversas zonas. Referência em particular para os elementos que iam a fechar o percurso, sempre a incentivar os pilotos mais atrasados para chegarem o mais longe possível. Nota negativa para os dois elementos da organização que estavam a controlar no jipe, junto à ZE2, que quando questionados por uma carrinha de assistência sobre as direcções a tomar para a zona seguinte (Saibreira), disseram que também iam para lá e que por isso podiam ir atrás deles, tendo depois tomado um percurso mais longo e pelo meio do monte. Chegados à Saibreira disseram, a rir, que tinham feito de propósito. É pena que pessoas assim façam parte de uma organização que dá o seu melhor para que tudo corra bem. Todos sabemos o quanto é difícil arranjar elementos para ajudar a organizar uma prova, mas pessoas destas a minar interiormente a organização, é melhor que fiquem em casa, de preferência bem presas à casota do cão.