quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Taça Yamaha Off-Road 2011

A Yamaha Motor Portugal criou para a próxima temporada a Taça Yamaha Off-Road 2011.
Esta competição será composta por 5 provas, 2 enduros e 3 raides no caso das motos de duas rodas e 5 raides nas moto 4.
A marca apresenta condições bem aliciantes para os participantes, tais como o financiamento específico na compra de moto Yamaha, oferta de duas camisolas de equipamento, oferta de kit de autocolantes, oferta de 1 litro de óleo por prova, descontos na aquisição de pneus e mousses Pirelli, prémios monetários em vales desconto Yamaha para os 10 primeiros classificados em cada prova e os 3 primeiros no final da Taça, track-day e estágio de Enduro/TT com pilotos da marca, etc..
Podem consultar e fazer o download das condições, regulamento e calendário da competição no seguinte link:

Taça Yamaha 2011

(Clique na imagem para ampliar)


Mais informações:
info.yamahaoffroadcup@yamaha-motor.pt
Tlm: 965343496

domingo, 26 de dezembro de 2010

Um pequeno gesto

Durante todo o ano deparamo-nos com situações em que nós, com um pequeno gesto, podemos ajudar alguém ou tentar corrigir algo que esteja errado.
No entanto, é inevitável que nesta época natalícia os sentimentos de solidariedade ganhem outra dimensão.
Como tal, vimos expor uma situação que está a acontecer em Braga e que representa uma tremenda injustiça social. A APCB (Associação de Paralisia Cerebral de Braga), associação sem fins lucrativos, irá ver cortada a verba proveniente da Segurança Social que permite o apoio terapêutico especializado (fisioterapia, terapia da fala, terapia ocupacional, educação, hipoterapia...) para crianças dos 0 aos 6 anos. Crianças que não têm culpa de ter nascido com problemas, crianças que não têm culpa que os pais não tenham capacidade económica para tratamentos em clínicas privadas e que assim têm de recorrer a instituições como a APCB.
Com o corte de verbas, estas crianças vêm o seu futuro ser ainda mais hipotecado.
Foi criada uma petição online para denunciar esta situação e tentar levar o assunto à Assembleia da Republica. Para que isso aconteça são necessárias 4000 assinaturas. Para que isso aconteça, basta da vossa parte um pequeno gesto…

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

SHERCO REGRESSA OFICIALMENTE A PORTUGAL!

A marca franco-espanhola SHERCO MOTORCYCLES volta a ter um representante oficial para o território nacional e inicia também a sua representação em Cabo Verde, através da SHERCO PORTUGAL.
Muitos foram já os sucessos alcançados pela SHERCO em Portugal (em especial por JUAN PEDRERO no enduro e PEDRO MAIA no trial!), e muitos serão os alcançados no futuro fruto do trabalho que iremos realizar para colocar a SHERCO no patamar de notariedade que merece, e que possui em todo o mundo.
Marca campeã do Mundo de Raids 450 em 2010 com David Casteau, vencedora do REDBULL ROMANIACS em 2009 com Graham Jarvis, da THE RACE em 2010 com Fabian Planet (Ex-Gilles Lalay Classic)...muitas são as vitórias da SHERCO nas mais reputadas, distintas e exigentes provas internacionais.
A nível comercial em Portugal, a estratégia passará sobretudo por vender a partir da competição e para a competição (ENDURO E TRIAL), não descurando no entanto a criação da essencial rede de concessionários. Já para Cabo Verde o mercado dos ciclomotores (50´s e das 125 4T) será sem dúvida a grande aposta.
Falando de competição, será entretanto divulgado o CHALLENGE ENDURO SHERCO 2011, desafio que dará condições muito especiais e exclusivas a todos aqueles os que queiram realizar competições federadas aos comandos de uma SHERCO.
Para terminar restanos ainda dizer que neste momento estamos a ponderar juntamente com a casa mãe a possibilidade de FABIAN PLANET ou JORDAN CURVALLE (Pilotos Oficiais SHERCO FACTORY) virem disputar parte do nosso campeonato Nacional de Enduro em 2011, aos comandos das suas habituais 300 e 250 RACING.

Mais novidades para breve em http://www.shercoportugal.com/

SHERCO IS BACK!

SHERCO PORTUGAL

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

IEWC 2011 - Cancelada a prova no Brasil

A segunda ronda do Campeonato Mundial de Enduro Indoor, que estava prevista para o dia 15 de Janeiro de 2011 na localidade de Itapema, foi anulada, pelo facto do organizador local não ter encontrado apoios suficientes para a sua realização.
Assim, a próxima prova será em Barcelona, no estádio de Sant Jordi, no dia 6 de Fevereiro 2011.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Campeonato de Enduro 2011

A nova Comissão de Enduro já deu a conhecer as novidades para 2011, que apresentámos de seguida:


CALENDÁRIO

- 29/30 Janeiro - Braga (CAM) - 1 dia
- 19/20 Fevereiro - Gois (Gois Moto Clube) - 2 dias
- 12/13 Março - Ourém (Natureza Acer) - 2 dias
- 28/29 Maio - Peso da Régua (Clube TT Pedras santanas) - 2 dias
- 25/26 Junho - Vale da Fraga (Extreme Lagares) - 2 dias
- 16/17 Julho - Loures - 2 dias


ALTERAÇÕES AO REGULAMENTO DE ENDURO

Número de provas – existirão 6 provas, perfazendo 11 resultados (5 provas com dois dias de duração e 1 com um dia de duração) para a ABSOLUTO, OPEN e VERDES.
Um dos resultados (o pior resultado) será retirado da classificação final.

As Classes para 2011 serão:
- ABSOLUTO (Motociclos 2t/4t com cilindrada livre)
- JUNIORES (Pilotos integrados no ABSOLUTO; Idade inferior a 23 anos no dia 1 Janeiro 2011; Motociclos 2t/4t com cilindrada livre; Resultado da ENDURO JUNIOR será extraído da classificação da ABSOLUTO)
- OPEN (Motociclos 2t/4t com cilindrada livre)
- VERDES I e II
- VETERANOS (Motociclos 2t/4t com cilindrada livre)
- TROFÉU 125cc-2T (Pilotos inscritos na classe VERDES E1; Pilotos com idade inferior a 23 anos (no dia 1 Janeiro 2011); Motociclos 2T com cilindrada ≤ 125cm3.

(Clique no quadro para ampliar)

Os pilotos inscritos no troféu 125cc 2T e todos os que tirem uma licença de enduro pela 1ª vez, pagam uma taxa de inscrição de 50 euros nas provas de um e dois dias.

Será obrigatório uma Bracelete para todos os pilotos. O piloto que perca ou danifique esta fica obrigado a solicitar/informar no Controlo Horário seguinte. Se o piloto identificado não corresponder com o inscrito na corrida implicará a desclassificação.

O nível máximo de ruído permitido de cada motociclo será de 112 Dba e verificado conforme os regulamentos técnicos da F.I.M., Anexo “Enduro”, antes do silencioso ser marcado. Haverá uma tolerância de 1 Dba no decorrer e final do evento (poderá ir até 113,9 Dba).

Os motociclos colocados em Parque Fechado são obrigados a possuir descanso lateral próprio bem como estarem em cima de um Tapete Ambiental aprovado (conforme artigo 6.1 do código ambiental da FIM). As operações de abastecimento devem ser feitas com o motor parado e com a utilização de um tapete ambiental aprovado conforme o mesmo artigo supra mencionado. A penalização por o não respeitar esta regra é de 30 seg.


PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2011

Para 2011, a Comissão de Enduro propõe levar a efeito os seguintes eventos:

- Seminário para Directores de Prova de Enduro
- Seminário para Verificadores Técnicos de Enduro
- Estágio Nacional de Enduro (aberto a todos os participantes de Enduro)
- 6 provas do Campeonato Nacional de Enduro (1 de um dia e 5 de dois dias)
- 2 a 3 Pilotos a disputar o EEC (4 provas) e algumas do WEC – Seniores/Juniores , na continuação do projecto de 2010
- Equipa Nacional para disputar o ENDURO DAS NAÇÕES (FRANÇA) e ISDE 2010 – kOTKA – FINLÂNDIA.

COMISSÃO

- Pedro Mariano (Presidente)
- Nuno Lemos (percurso)
- João Daniel (percurso)
- Antonio Pego (Comissário Técnico)
- João Simão (Comissário Técnico)

Todos os membros da comissão estiveram envolvidos na preparação dos ISDE na Figueira da Foz, portanto com experiência suficiente para o desempenho da função.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Adelino Sousa Campeão do Troféu Nacional de XC 2010

Realizou-se no passado fim-de-semana a última prova do Nacional de Crosscountry 2010 em Castelo Branco. A prova teve como novidade o facto da mesma se realizar num período nocturno.
Foi uma prova muito bem organizada e com um percurso variado, de destacar as secções de bastante lama e como único ponto negativo o facto da iluminação se revelar insuficiente, em algumas partes do percurso, dificultando a progressão dos pilotos.
Com estas características, a prova teve mais interesse e veio revelar bastantes surpresas com o decorrer da mesma, baralhado mesmo as contas dos principais pilotos que disputaram a Classe Nacional.
O piloto Adelino Sousa, a competir na Classe Nacional, manteve na primeira parte da corrida, um bom andamento, ocupando o 3º lugar da geral, mas devido às condições adversas, o pinhão de ataque da sua moto teve um desgaste prematuro e desta forma a única solução encontrada foi baixar o ritmo de forma a finalizar a prova e ocupar um lugar entre os pontos.
Mas, como nas corridas surgem, por vezes, momentos inesperados, o principal adversário veio a ter problemas mecânicos na sua moto e desta forma não conseguiu finalizar a mesma. Com isso, deu-se uma reviravolta na classificação final do troféu e o piloto Adelino Sousa acabou, mesmo, por ser Campeão do Troféu Nacional de Crosscountry 2010.
No final, o piloto Adelino Sousa mencionou: “Sinceramente, não estava à espera deste desfecho, as minhas expectativas não eram tão altas, apenas vim para esta prova confirmar o meu segundo lugar, mas, como se diz, o campeonato só acaba no fim. Apesar de estar, perfeitamente, consciente do meu adversário directo mostrar um maior andamento ao longo do campeonato teve um momento de azar que eu aproveitei da melhor forma.”
“Foi um ano excelente de corridas e acabar este ano com este título foi o momento mais alto da minha carreira de piloto amador.”
“Para finalizar, quero agradecer a quem me apoiou e motivou ao longo deste ano, com destaque para a equipa CRN/MOTOFUNDADOR, Rui Oliveira, Celso Moreira e a minha esposa.”


Elite
1º luis ferreira
2º Fernando Sousa (Pai)

Prova Nacional
1º Celso moreira
2º Pedro Vitorino
3º Fernado Sousa (Filho)
4º Adelino Sousa

Troféu Nacional
1º Adelino Sousa
2º Celso Moreira
3º Elias Rodrigues

Press Adelino Sousa

CNE - 100 Nada Eventos interrompe actividade de promoção

Depois de um ano em parceria com a Federação de Motociclismo de Portugal na promoção do Campeonato Nacional de Enduro, foi quebrado o elo de ligação existente entre as duas entidades. As exigências impostas por parte do órgão máximo responsável foram alvo de contra propostas por parte da empresa 100 Nada Eventos que, inerente às medidas impostas, foi forçada à renúncia.
Depois de uma temporada de 2010 repleta de positivismo, que denotou a presença de parceiros de grande ênfase e um brilhantismo digno de provas de carácter superior, a F.M.P. volta a marcar pela diferença que lhe é característica, impondo barreiras numa altura de crescimento da modalidade. Afinal, para onde tendem a caminhar?
No que respeita ao trabalho desempenhado por parte da empresa promotora, no decorrer da época que agora terminou, as Organizações viram surgir um trabalho rigoroso, compactuando com todo um aglomerado de logística - desde a divulgação das provas ao equipar dos percursos e paddock, passando ainda pelo financiamento de algumas despesas - com a contrapartida de espaços para publicitar a auxiliarem o crescimento da empresa. Certo é que o Campeonato ganhou uma identidade, com uma imagem uniforme e cuidada, na opinião de muitos dos pilotos e respectivos organizadores.
O sucesso do trabalho conseguido em 2010, perspectivava uma forte aposta da empresa da Figueira da Foz para a temporada seguinte, motivando uma maior parceria com os Media. Numa base idêntica à do ano ‘cobaia’, a 100 Nada Eventos pretendia conseguir a presença de mais público nas provas, fortalecendo ainda mais a capacidade das Organizações suportarem os eventos com medidas apropriadas, como a redução dos custos dedicados à Cronometragem, tendo em conta a possível contratação de uma equipa responsável para toda a época.
Seriam estas medidas prejudiciais para o Campeonato Nacional de Enduro? O sucesso foi alcançado na base de uma conduta desportiva exemplar em 2010. Corrigir aspectos negativos e melhorar os pontos fortes para 2011, no campo de visão retrógrado da F.M.P., requeria um valor significativo que levasse a empresa a comprar um lugar para a prática de um trabalho que, acima de tudo, pretendia o favorecimento do desporto. Todavia, fica desde já a promessa de realização de eventos a partir de 2011, alguns dos quais, ligados ao motociclismo. Um agradecimento especial a todos os parceiros da 100 Nada Eventos, nomeadamente, Kia Motors, Husqvarna, Crédito Agrícola e Voltagem Publicidade.

Texto: Hugo Oliveira Santos

sábado, 11 de dezembro de 2010

KIT CELCRU ENDURO

(Clique na imagem para ampliar)

A partir da próxima segunda feira já poderá encontrar na Celcrumotos a sua Kawasaki pronta a competir no campeonato nacional de enduro 2011!

A Celcrumotos, Concessionário oficial Kawasaki no Litoral Alentejano, vem por este meio colocar ao dispor dos seus clientes uma oportunidade única de participar no campeonato nacional de enduro 2011. Na compra de uma Kawasaki KXF 250 ou 450 na Celcrumotos equipamos a moto com um kit Enduro, colocando novos mapas de injecção adequados para enduro, kit de Luzes, kit plásticos, Escape Leovinci, Protecção de cárter, descanso, Equipamento oficial kawasaki, descontos especiais em peças originais Kawasaki, acessórios, equipamentos e pneus desde 15% a 30%. Oferecemos ainda a licença desportiva de Enduro 2011. Para além do kit garantimos transporte e assistência para todas as provas do campeonato nacional 2011. Para mais esclarecimentos os interessados deverão entrar em contacto connosco através do nosso site http://www.celcrumotos.com/ ou pelo e-mail celcru-motos@hotmail.com

Celcrumotos

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Final do Campeonato Nacional de Cross-Country em Castelo Branco

Realiza-se este próximo sábado, dia 11 de Dezembro, a última prova do Campeonato Nacional de Cross-Country 2010 em Castelo Branco. Esta, integra motos e quads.
As verificações administrativas e técnicas serão efectuadas das 9h às 10h30 para motos. A prova tem como início marcado as 18h30 com a duração de duas horas mais uma volta, numa pista com obstáculos naturais e com a característica dificuldade de passagem.
A Equipa Bianchi Prata / Vodafone vai competir, aos comandos da BMW G 450X, com os pilotos Paulo Gonçalves na Classe Consagrados e Elias Rodrigues na Classe Nacional.
Com nove pontos de distância do primeiro lugar, o piloto Paulo Gonçalves pretende vencer a prova, ambicionando também vencer o campeonato. O piloto de Esposende refere: “ Esta será a última prova do Nacional de Cross-Country. Vou fazer de tudo para a vencer mas não depende de mim sagrar-me campeão na minha classe. No entanto, vou dar o tudo por tudo para ganhar, esperando sempre que o meu adversário mais directo se possa atrasar para meu benefício na prova. “
O piloto Elias Rodrigues menciona quais são as suas expectativas relativas à última prova do Nacional de Cross-Country: “ Esta prova vai ser a minha última corrida do ano de 2010. Estive a treinar bastante nestas semanas, como é já habitual. Quero acabar bem a minha época desportiva e o ano com o título de campeão de cross-country 2010. ”

O team manager da Equipa Bianchi Prata / Vodafone, Pedro Bianchi Prata, reforça a confiança na capacidade dos pilotos da sua equipa obterem um bom resultado nesta última prova: “é a última prova do ano…. Foi um ano de muito trabalho e alegrias, e quero acabar com mais 2 vitórias, o Elias tudo indica que vai ser campeão nacional e o Paulo ainda o pode ser matematicamente, temos a prova bem preparada e tenho a certeza que vamos ter um bom resultado.”
No Cross-Country de Castelo Branco, organizado pela Escuderia Castelo Branco, espera-se a afluência de muito público à pista da Recta do Lanço Grande.

Texto: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata – Beatriz Martins
Fotos: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata – José Carlos Silva

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Team NNMotos – Clube Seita – Husqvarna – Consagração Final.


A época de 2010 do Campeonato Nacional de Enduro chegou ao fim. É hora de fazer um balanço final da prestação dos pilotos da maior equipa representada.

Loures acolheu a última ronda do CNE, num fim de semana onde a chuva e a lama foram uma constante acompanhando os pilotos do Team de Oliveira do Hospital e Tábua.
Com 47 presenças à partida e com alguns títulos por discutir, os nossos pilotos entraram para esta corrida, com muita vontade de voltar a mostrar que a aposta por todos aqueles que nos acompanham - patrocinadores, assistência, família e amigos - é mais do que merecida e ganha.

O Team NNMotos-Clubeseita-Husqvarna, que se faz representar por 8 pilotos, teve nesta última corrida, apenas 5 presentes, dadas as lesões dos pilotos DuplaFace Bruno Garcia, JMF Automatismos Ricardo Pereira e João Oliveira, piloto Tabuateste. Para eles votos de boas melhoras e rápida recuperação.

Na Elite 1
Gonçalo Bandeira #2, piloto Drenaline-Valvoline, esteve uma vez mais à altura, mostrando que o resultado obtido no Troféu das Nações, ao ganhar um dos dias, não foi ao acaso. Este piloto voltou a confirmar a aposta do Team e em Loures foi 3º em ambos os dias na classe Elite1. Grande luta existiu no lugar para a geral, conseguindo um excelente 5º lugar.

No final do campeonato, o piloto obteve o 2º lugar da classe Elite 1 e o 4º lugar da geral, assim como o melhor piloto fábrica Husqvarna. No Troféu Extreme obteve o 3º posto.

Verdes 1
Esta classe, onde o Team NNMotos-ClubeSeita-Husqvarna tem mais pilotos, apenas teve dois presentes: Jorge Gouveia #230 e Miguel Domingos #227.

Com o campeonato já conquistado na penúltima corrida na Figueira da Foz, o piloto Gouveiatel-Vodafone Jorge Gouveia levava para a última corrida o objectivo de lutar pela liderança dos outros 2 troféus que estava a disputar: Troféu Husqvarna e Troféu Extreme Kia Motors. Decorridos os dois dias de prova, o piloto Alves Bandeira, conseguiu mesmo uma plena vitória e tornar o objectivo que levava numa realidade….. Vencer a classe, vencer o Troféu Husqvarna e juntamente o Troféu Extreme…. Um final de campeonato em grande!

Já o piloto Padaria Abrantes, Miguel Domingos tinha como principal objectivo amealhar o maior número de pontos, para conseguir subir ao 2º lugar da classe que ainda estava ao seu alcance. Mas desde cedo, a sua Husqvarna wr 125, teve problemas de carburação, o que deixou a disputa com os restante adversários aquém do esperado. Mesmo assim conseguiu ser 3º no final desta corrida.

No final do campeonato, as classificações são:

Jorge Gouveia:
1º Campeonato Nacional de Enduro
1º Troféu Husqvarna
1º Troféu Extreme Kia Motors

Miguel Domingos
3º Campeonato Nacional de Enduro
3º Troféu Husqvarna
5º Troféu Extreme Kia Motors

Ricardo Pereira
6º Campeonato Nacional de Enduro
7º Troféu Husqvarna
33º Troféu Extreme Kia Motors

Bruno Garcia
10º Campeonato Nacional de Enduro
6º Troféu Husqvarna
35º Troféu Extreme Kia Motors

João Oliveira
12º Campeonato Nacional de Enduro
9º Troféu Husqvarna
49º Troféu Extreme Kia Motors

Veteranos
Luís Gouveia #422,piloto Construções Gouveia e Filho, o elemento mais experiente do Team, mostrou ao longo desta temporada, que a idade não conta mas sim o espírito com que se encara a aventura da adrenalina. Em Loures conseguiu 3º lugares em algumas especiais e não fossem algumas quedas sofridas, consequência do mau piso em que as mesmas se encontravam estaria de certo no top 3 desta concorrida classe. No somatório dos dois dias, o piloto Inwood obteve o 6º lugar.

No final do campeonato e troféu Husqvarna, o 4º lugar mostra o verdadeiro valor deste piloto e não fosse algumas desistências ao longo do ano o pódio estava dentro dos seus objectivos.

Promoção
O piloto Moita e Monteiro, Rodrigo Moita #526, esteve em Loures apenas para conseguir amealhar mais alguns pontos para um campeonato bastante competitivo, como o que se desenrolou ao longo do ano. Refira-se que este piloto conseguiu ganhar uma corrida e ficou quase sempre no top 3. Aqui, Rodrigo não conseguiu encontrar o ritmo que lhe é característico, e o 5º lugar final não mostra o potencial que este piloto ainda tem para dar.

No final do Campeonato o 4º lugar é merecido, assim como o 5º lugar no Troféu Husqvarna e o no 17ºTrofeu Extreme.
Por último, um GRANDE obrigado, a todos os Patrocinadores, Husqvarna, à fabulosa assistência organizada pelo Nuno Nunes, à força de Amigos e Fãs e a toda nossa Família.
Em breve, o balanço final da equipa com entrevista a cada piloto.

Team NNMotos – Clube Seita – Husqvarna

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Notícias EWC


(Clique nas imagens para ampliar)

Alguns destaques:
- Caselli irá participar em dois ou três GP´s em 2011, para realizar a totalidade da temporada em 2012 (Finalmente!)
- Taddy Blazusiak irá disputar 3 GP´s, entre os quais o GP de Portugal.
- Salminen confirmado na E1 com Husqvarna.