quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Video - Um dia de treino de Graham Jarvis

Enduro será modalidade Olímpica nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012



É mais uma prova de que o Enduro não é uma modalidade qualquer.

Após anos de negociações, foi celebrado um acordo histórico entre a FIM e o Comité Olímpico Internacional, para incluir o Enduro nos Jogos Olímpicos que se irão realizar em Londres no próximo ano.
O Enduro, que é a competição mais antiga da FIM, será então a primeira modalidade olímpica com motor.
O facto de ser em Londres e em 2012 não é mera casualidade, pois é no próximo ano que fará 100 anos a primeira edição dos ISTD (mais conhecidos agora como os Internacional Six Days of Enduro), precisamente em Londres, em 1913.
Esta notícia tem uma importância tal, que os ISDE 2012 na Alemanha foram cancelados precisamente para se disputarem na semana olímpica, de 6 a 11 de Agosto em Silverstone, Inglaterra.

Viva o Enduro! 

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Paulo Miranda estará presente na The Tough One 2012


O piloto Turres Off Road- Gold Nutrition - Husaberg – Salgados Motas,  Paulo Miranda irá marcar presença na TOUGH ONE INTERNATIONAL EXTREME ENDURO 2012. Trata-se de uma das mais conceituadas provas de Hard enduro mundial e decorrerá em Inglaterra a 15 de Janeiro de 2012.
Nada melhor do que começar o ano com uma prova de caracter internacional aos comandos da Husaberg TE300, usando equipamentos first , botas Forma e capacete Airoh e claro produtos Gold Nutrition …Boa sorte Paulo


Turres Off Road

EnduroPro nº 27


Sumário

  • Opinión: Editoriales
  • Duelo en la playa: KTM 125 EXC vs KTM 250 EXC-F
  • Rabiosamente ligera: Husqvarna TE 250
  • Sentando cátedra: Entrevista Juha Salminen
  • Pre-Dakar 2012: Infórmate antes de que empiece el raid de raids
  • Actualidad: Fichajes y noticias de enduro
  • Entrenamiento: Atletismo
MXPRO:
  • Prueba: XMoto XZ 250, una motocross low cost.
  • Memorias del MX: Maggiora 1986, EE.UU arrasa en el MXdN
  • Kawasaki Team Grenn Cup

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Gas Gas 250-F 2012


A Gas Gas apresentou a sua nova 250-F que servirá de base para Gonçalo Reis desenvolver em competição.
A moto mantém o motor Yamaha e apresenta suspensões dianteiras de cartucho fechado Marzocchi com 48mm e amortecedor Ohlins. Os travões são compostos por novos discos Galfer "Wave" e bombas e pinças Nissin.

Novidades no Team Bianchi Prata para 2012

O Team Bianchi Prata apostou forte para 2012 e são várias as caras novas que farão parte da equipa.

O destaque vai para a contratação de Paulo Felícia, que terá como objectivo para o próximo ano, a revalidação do título de Campeão Nacional de Enduro.

Paulo Felícia
Diogo Ventura, uma das grandes promessas nacionais, ingressou agora numa equipa altamente profissional que lhe dará certamente as melhores condições para dar o "passo seguinte" na sua carreira.

Diogo Ventura
Carlos Alberto, piloto da ACMotos na temporada passada, também trocou de cores e tem como objectivo o topo da classe Elite 2.

De referir que Elias Rodrigues continuará no team, encontrando-se lesionado pelo que ainda não tem objectivos definidos para a próxima temporada.

Henrique Nogueira também foi contratado pela equipa e apesar da prioridade ser o motocross, também poderá estar presente em algumas provas de Enduro.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Luís Correia no Mundial de Enduro



Luís Correia foi contratado pela equipa Yamaha Oriol Pons, com a qual irá disputar os campeonatos Mundial e Espanhol de Enduro.
O campeão nacional de Motocross vê finalmente reconhecida a sua aptidão para o enduro, depois de duas edições dos 6 Dias (Portugal e Finlândia) onde mostrou todo o seu valor.


O português pilotará uma WR450-F na classe Enduro 2 e contámos com a sua presença em provas do Nacional, sempre que a sua agenda permitir.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Enduro Nacional - Propostas da Comissão para 2012


  • Época com 6 provas de Enduro sendo que duas serão de 2 dias de duração e as restantes quatro de 1 dia;


  • Utilização da totalidade do ano (Fevereiro a Novembro);


  • Não exclusão de nenhum resultado;


  • Mudança da Pontuação: 20-17-15-13-11-10-9-8-7-6-5-4-3-2-1


  • Super Especial nas provas de 2 dias e facultativa às organizações;


  • Nas provas de 1 dia, as verificações poderão ser feitas no próprio dia das 8h ás 9h30min (poderão ser efectuadas também no sábado à tarde). Nas de dois dias, continuará nos moldes efectuados até agora;


  •  Dividir a ELITE em Elite 1 e Elite 2 e acabar com a classe Absoluta bem como na OPEN em Open 1 e Open 2 – dar mais oportunidade a títulos para apelar mais pilotos nas Classes de Títulos Nacionais;


  • Criação de uma sub-classe incluída no Troféu VERDES denominada HOBBY - com percursos muito simples, só duas voltas diárias e com a Extreme facultativa (a cargo de avaliação da comissão) . A possibilidade de aquisição de licença no próprio local.


  • Eliminação da Classe 125cc (serão englobados nas Classe Verdes 1);


  • Não obrigatoriedade de utilização dos pneus ecológicos na Classe Verdes e Hobby – Obrigação da utilização de pneus homologados;


  • Criação do Campeonato Regional de Enduro (norte e centro do País) – 4 provas de um dia durante o ano – sendo preponderante a possibilidade de aquisição de licença no próprio local.


  • Valores de inscrição de 50,00€ para a classe Hobby; Preço de 55,00€ para provas de 1 dia; Preço de 80,00€ para provas de 2 dias



  • 

    quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

    GASGAS TROFÉU 2012 PORTUGAL


    A GASGAS oferece a todos os que quiserem participar no troféu de Enduro a oportunidade de fazer parte da sua equipe de corredores.

    Para este efeito foram gerados diferentes modos de proceder que irão proporcionar esta oportunidade seja a pilotos ou a fãs.

    1 - Aqueles que querem comprar uma moto irão beneficiar duns preços  muitos especiais:

    Para modelos do 2011 , ec 300 e 250 com ignição elétrica, o preço é de 6800 € (incluindo a legalização)

    Para modelos do 2012, o desconto aplicável é de 600 €.

    Nos dois casos, com a compra da moto proporcionar-se-á assistência no campeonato, uma camisola paddock, duas camisolas de corredor, umas calças, uma bolsa de cinto, peças substituição (alavanca de freio, embreagem, filtro de ar, kit de rolamentos dianteiros e traseiros).

    Assim como são oferecidos descontos especiais em Drenaline e capacetes Suomy.

    As inscrições nas provas desportivas irão ter um desconto. Inscrição será de   40 € nas provas de um dia e 65 € nas carreiras de dois dias.

    2 - Se já tem uma mota GasGas, e quer beneficiar dos serviços de assistência desta equipe oficial, por uma quantia de 180 € terá direito a uma camisola paddock, duas camisolas de corredor, umas calças, uma bolsa de cinto, peças substituição (alavanca de freio, embreagem, filtro de ar, kit de rolamentos dianteiros e traseiros).

    A assistência inclui a ajuda de um mecânico, alimentos e bebidas nas áreas de assistência, óleo e peças de substituição (as peças usadas serão pagas ao mecânico no final da prova desportiva, ou será cobrado para concessionários do piloto).

    O piloto tem de trazer a gasolina num recipiente aprovado para tal efeito.

    Também podem beneficiar de descontos especiais em Drenaline e capacetes Suomy. As inscrições na prova vão ter um desconto. A inscrição será de 40 € nas provas de um dia e 65 € nas carreiras de dois dias.

    Se só quiser participar numa prova, e deseja usufruir do serviço de assistência o custo é de 45. Esta quantia da direito o piloto a uma camisola.

    Para qualquer um destes diferentes modos de participação deve preencher o formulário em anexo, assim como tramitar a entrada no troféu por meio dos concessionários seguintes:
    MOTODREAMS    Tlfno 253552187,  9611809984
    MOTOEXTREME  Tlfno 234655039,  914904394
    AFONSOMOTOS  Tlfno: 258373414,  964362583
    YAMOESTE  Tlfno 261919310
    ARJONESMOTOS Tlfno 0034 986482698
    Os inscritos são obrigados a participar nas provas com a camisola da equipa e as calças Drenaline.


                          REGULAMENTO
    GASGAS TROFÉU 2012 PORTUGAL

    • Haverá duas categorias, open e verde, na segunda incluiri-se-a também os hobby. São preciso um mínimo de 6 participantes por categoria, caso contrário, haverá uma única categoria.
    • Os prémios serão entregues para cada uma das provas e no final do campeonato. Será utilizado o mesmo sistema de pontuação que na regulação do enduro.
    • Todos aqueles que completarem 6 das 8 provas de que consta o campeonato terão direito a um cheque de 500 €.
    • Para obter os pontos é obrigatória a utilização do equipamento fornecido.

    GasGas

    VIII Resistência TT – Casal Maria – Santa Comba Dão - Viseu


    No próximo dia 18 de dezembro de 2011, (domingo), a associação de Casal de Maria, (concelho de Santa Comba Dão,distrito de viseu) irá realizir o VIII evento "RTT-CM", consiste numa prova de resistência para motos4 (1h) a realizar-se na parte da manha,e motos2(1h30) da parte da tarde, onde iram participar alguns dos melhores pilotos nacionais, não só de "enduro" como também de "motocross" e "resistencia extreme" , todos estes pilotos juntos numa única prova de resistência tt.


    Descrição

    As INSCRIÇÕES começam as 8h.
    Seguindo-se os treinos.

    A prova de Moto4 terá a duração de 1h, com início às 10:30.
    A prova de Motos de 2 rodas terá a duração de 1h:30, com início às 14h.

    A Contagem será realizada pela empresa: Sportchip - Cronometragens Desportivas


    Trofeus e Prémios monetários até ao 10º Lugar (Motos)
    e até ao 5º Lugar (Moto4)


    Para mais informações:

    http://cmresistenciastt.blogspot.com/

    ccsdrcasalmaria@hotmail.com

    912906613 / 967169196 / 939776161

    Organização

    1º Passeio TT Outono - Moto Clube do Porto


    (Clique nas imagens para ampliar)

    Kimoto vence corrida e CRE 2011 em Chaves!


    Realizou-se no passado fim de semana a última prova do campeonato regional de enduro 2011 na cidade de Chaves.
    O trajeto da prova contou com duas voltas com cerca de 40 kms divididos entre um excelente percurso que agradou a maioria dos pilotos presentes, uma ET e CT com terreno bastante pesado e escorregadio e uma EX com uma parte inicial bastante rápida natural e uma final artificial.
    Nuno Oliveira esteve mais uma vez ao seu melhor nível nesta prova e voltou a estar muito rápido e regular ao longo do dia tendo ganho algumas especiais e feito sempre tempos dentro do top3 nas restantes, o que lhe valeu a vitória nesta prova e o titulo de campeão no CRE 2011 com dois segundos lugares nas provas iniciais e duas vitórias nas ultimas duas.
    Nuno Oliveira

    Nuno Oliveira: “Entrei para esta corrida bastante cauteloso, pois as condições do terreno não eram as melhores e sabia que ao mínimo deslize podia deitar tudo a perder, entrei a perder na 1ªespecial mas depressa consegui colocar-me na frente da corrida conseguindo acabar com 6 segundos de vantagem sobre o 2º classificado. Aproveito para dar os parabéns ao clube organizador do campeonato regional enduro (CRE), foi um campeonato com muita aderência por parte dos pilotos e equipas o que evidencia o bom trabalho dos mesmos, estou muito contente por conseguir este título, mas principalmente por conseguir atingir os meus objectivos.
    Obrigado a toda a equipa Kimoto pelo apoio prestado.”

    João Pimenta também marcou presença nesta prova com o objetivo de manter a sua boa classificação no campeonato na classe E1, objetivo cumprido uma vez que terminou no 2º lugar da classe, um bom resultado final premeia a sua regularidade ao longo do campenato.
    Nesta prova terminou no 5ºlugar da classe E1 e 36º da geral.
    João Pimenta

    João Pimenta: “A corrida do ponto de vista desportivo correspondeu ao objectivo definido que era de ficar no podium da classe do campeonato, no qual fiquei na 2ª posição final.
    A prova em si correu bastante bem sentia me bem fisicamente e entrei na prova para atacar a posição e não ficar á espera dos meus adversários na 1ª volta estava a corresponder ao esperado mas na 1ª passagem pela xt uma queda fez me perder muito tempo. Na 2ª volta arranquei ao ataque e na CT consegui manter um bom andamento mas na ultima ET e EX as coisas não voltaram a correr de feição e algumas de quedas não permitiram um resultado melhor para a minha equipa, KIMOTO Enduroportugal.
    De referir que a prova estava muito bem montada, tanto a nível de percurso, especiais e indicações e que chaves é um sitio fabuloso para a nossa modalidade.
    Nesta que foi a ultima prova do CRE resta agradecer a toda a gente que me apoiou, a Kimoto, ao Enduroportugal, aos meus amigos que tiveram em todas as provas e em especial à minha mulher por aturar este “vicio” que a tanto sacrifício nos obriga.”


    Kimoto

    António Faria sagra-se campeão - Team Bilracing novamente em foco


    (Clique na imagem para ampliar)

    Paulo Miranda no Enduro de Chaves


    (Clique na imagem para ampliar)

    Henrique Nogueira a evoluir no Enduro - CRNEA 2011 - Chaves


    (Clique na imagem para ampliar)

    segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

    1º Enduro de Chaves - Videos Onboard











    Assembleia-Geral da FMP - Principais novidades no Enduro

    • O Campeonato terá quatro provas de um dia e duas provas com dois dias de duração, todas pontuáveis sem exclusão de resultados

    • Nova tabela de pontos: 20-17-15-13-11-10, e assim sucessivamente até ao 15.º classificado.

    • Nas provas de um dia, as verificações poderão ser feitas na manhã do evento, das 8h às 9h30.

    • Extinção da classe "Absoluto".

    • Existirão as classes Elite 1 e 2, assim como a "Open" também se subdivide em 1 e 2.

    • No Troféu Verdes será introduzida a classe "Hobby", com percursos muito simples, só duas voltas diárias e "Extreme" facultativa (a decidir caso a caso pela Comissão).

    • Nos "Verdes", deixa de haver obrigatoriedade de usar pneus ecológicos, embora seja sempre necessário utilizar pneus homologados.

    1º Enduro de Chaves - Resultados


    sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

    Giovanni Sala e Alain Blanchard visitaram local do Mundial de Enduro em Torres Vedras


    A Comissão de Enduro da FIM e os promotores do Campeonato do Mundo de Enduro estiveram em Torres Vedras onde fizeram o reconhecimento dos locais onde se vai realizar, no próximo ano, a etapa portuguesa do Mundial da modalidade.

    A comitiva foi composta pelo Presidente da Comissão do Mundial de Enduro, Jean Guillaume Meiller, pelo promotor do campeonato Alain Blanchard e pela estrela do Enduro, o italiano Giovanni Sala.

    Os organizadores do mundial de Enduro estiveram em Portugal para a Gala FIM 2011, onde foram galardoados os melhores atletas do mundo do motociclismo, e aproveitaram a ocasião para visitar o Padock e os percursos definidos para as duas especiais do GP de Torres Vedras. O piloto Giovanni Sala encabeçou esta visita, enquanto inspector dos percursos de todas a provas do mundial, e salientou: “gosto particularmente do facto desta prova ter muito Single Track. Penso que a Extreme Test também vai ser muito interessante e, se o percurso não for muito sinuoso, vai proporcionar um grande espectáculo ao público. Também gostei da Enduro Test e da Cross Test por serem bastante próximas uma da outra e notei que alguns aspectos de percurso são brilhantes. Os bons acessos às especiais também serão um excelente contributo para fazer desta prova um sucesso”, referiu o piloto que foi por seis vezes campeão do mundo de Enduro e que na gala da FIM, que decorreu recentemente no Estoril, foi galardoado com o prémio lenda FIM.

    O promotor da prova, Alain Blanchard, ficou satisfeito com a estrutura da prova e distingiu a excelência do percurso e da organização do padock “gostei muito das condições da prova. O padock, que é uma área muito importante para este tipo de provas, tem condições excepcionais e as super especiais, que vão ter lugar no final do primeiro e segundo dia de prova, são também uma mais-valia, principalmente por se realizarem junto ao padock”, acrescentou.

    Torres Vedras foi a cidade escolhida para receber, em Maio de 2012, a etapa portuguesa do mundial. Serão 55 quilómetros de trilhos, com duas especiais juntas e a Extreme, que vai ser natural, a 1200 metros. Em ambos os casos, as especiais ficam junto ao asfalto e os locais estão dotados de parque de estacionamento.
    A2 Comunicação

    RESISTE! - Vitória de Luís Oliveira numa prova que foi um sucesso


    Resultados:

    (Clique nas tabelas para ampliar)


    O2 Pursuit - Uma moto ecológica que funciona com ar comprimido


    Um estudante australiano desenvolveu, com apoio da yamanha, uma nova alternativa ecológica aos motores de combustão. Trata-se de uma moto que funciona a ar comprimido. Actualmente estão a tentar reduzir o peso da mota mas esta já atinge os 100 km/h.


    Podem visitar o blog do criador desta invenção, Dean Benstead:


    Outro video:

    Notícia Befurious com a explicação do funcionamento do motor no final:
    http://www.befurious.com/o2-pursuit-una-moto-de-enduro-que-se-alimenta-de-aire-comprimido/

    quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

    1º Enduro de Chaves - Informações


    Local: Junta de Freguesia da Madalena
    •    8:00h às 10:00h – Abertura Secretariado (Verificações administrativas, técnicas e documentais.)
    •    10:00h – Fecho Secretariado (Publicação da lista de participantes.)
    •    10:00 às 10:30h – Colocação das motos em parque fechado
    •    10:30h – Briefing
    •    11:00h – Partida do 1.º concorrente
    •    16.30h – Fim do Enduro
    •    17.00h – Início do Lanche
    •    17.30h – Afixação de resultados e Entrega de prémios

    Video - Algumas dicas do Meo..

    Cpto Britânico de Enduro Extreme 2012 - Vitória para Walker frente a Knight e Jarvis


    (Clique na tabela para ampliar)


    
     A próxima prova realiza-se a 8 de Janeiro.

    segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

    Super Enduro Challenge



    Tem início no próximo fim-de-semana um novo campeonato em Espanha, o Super Enduro Challenge.
    Esta competição junta 3 clássicas espanholas que apresentam formatos e filosofias similares: A Endu-Roc, a Bassella Race 1 e a Motorland X-Race.




    As provas têm como principal registo o grande número de inscritos, desde profissionais a amadores. Neste aspecto, a Bassella Race 1 é a referência com mais de 1000 pilotos na edição de 2011.
    O organizador do campeonato anuncia 15.000 euros em prémios.





    domingo, 4 de dezembro de 2011

    EnduroPro nº26


    Sumário:

    • Salón EICMA de Milán 2012: Todas las novedades off road
    • Prueba Enduro: Husaberg TE 250 2012, la reina de la mina
    • Presentación: Husqvarna TE 449 ABS 2012
    • Prueba Trail: KTM 690 Enduro R
    • Prueba Fun: Segway X2
    • ISDT 1970: El Escorial, los primeros seis días
    • Entrenamiento: Escalada
    • Copa TT 4 Estaciones: Crónica Rafa Torres
    • Actualidad
    • MXPRO
    • Memorias del MX: La mejor carrera de la historia SX de Anaheim ‘86
    • Prueba Cross: Suzuki RM-Z 250 2012
    • Kawasaki Race School: Los Dubbies con Jonathan Barragán
    

    quarta-feira, 30 de novembro de 2011

    Video oficial de Ivan Cervantes

    El Torito continua a ser uma referência do enduro.
    O simpático piloto espanhol, agora aos comandos da sua Gas Gas, é um dos grandes responsáveis por manter as dois tempos no topo da competição mundial. Aqui fica o seu video oficial:

    Enduro de Caminha 2011 - Video 2


    Instruções de visualização:
    1- Caso não apareça o botão vermelho no centro, clique no canto superior esquerdo do video.
    2- De seguida clique no botão vermelho (irá surgir uma publicidade do servidor do vídeo) para o botão se tornar verde.
    3- Finalmente clique no botão verde.

    sexta-feira, 25 de novembro de 2011

    EWC 2012 - GP de Torres Vedras - 100% Enduro

    Torres Vedras recebe pela primeira vez uma etapa do Campeonato Mundial de Enduro


    Torres Vedras foi a cidade escolhida para acolher o Grande Prémio de Portugal, etapa integrada no Campeonato do Mundo de Enduro. Uma prova que deverá contar com 130 pilotos, oriundos de 30 países e que será vista através da televisão em mais de 120 países.

    Portugal já tem grande experiência no que diz respeito a provas de Enduro, mas é a primeira vez que a etapa portuguesa do mundial se realiza tão próximo de Lisboa. Pedro Mariano, o RACE DIRECTOR de todas as provas do Mundial de Enduro (cargo exercido na FIM) e Director desportivo e Presidente da Comissão de Enduro em Portugal (cargo exercido na FMP), explicou acerca desta novidade no GP de Portugal que ”a realização desta prova em Torres Vedras nasceu de uma proposta que fiz ao Clube Ecomotor. Sei que terá algum risco associado, pois é a primeira vez que se realizará a prova naquela cidade, ainda para mais com um aval de confiança da direcção da FMP. No entanto, acredito que a organização vai proporcionar um espectáculo muito interessante ao nível do que tem vindo a ser feito em Portugal ao longo dos últimos nove anos. Torres Vedras conta com infra-estruturas hoteleiras muito boas e tem uma excelente capacidade para albergar toda a comitiva das equipas dos pilotos incritos”.

    A organização da etapa portuguesa do mundial de Enduro, que está a cargo do Clube Ecomotor, anunciou que a prova já está totalmente delineada: "Para termos mais passagens por especiais e assim haver mais espectáculo, vamos fazer uma prova com 55 quilómetros de trilhos, que já estão totalmente levantados. Queremos fazer desta prova uma grande festa do enduro, por isso os pilotos portugueses vão ter um desconto de 50% na inscrição e para os pilotos do concelho de Torres Vedras a inscrição é gratuita", referiu Licinio Aniceto, presidente do Clube Ecomotor, que acrescentou, "vamos ter duas especiais juntas, enquanto a terceira, a Extreme, que vai ser natural, dista a 500 metros. Em ambos os casos, as especiais ficam junto ao asfalto e os locais estão dotados de parque de estacionamento".

    Para fazer do Mundial de Enduro uma grande festa para os amantes do off road, a organização vai disponibilizar um parque de campismo gratuito, dotado de balneários e que irá ficar situado junto às especiais. Mais surpresas estão ainda por revelar, mas a devido tempo o Clube Ecomotor divulgará.

    A prova de Torres Vedras vai também contar para o Campeonato do Mundo de Enduro Feminino, estando já prevista a participação de, pelo menos, 12 senhoras. A organização anunciou também que no caso de alguma concorrente feminina portuguesa queira participar a inscrição será gratuita.


    O Fórum ENDUROPORTUGAL celebrou um acordo com o Clube Ecomotor, o clube que vai organizar a etapa portuguesa do Mundial de Enduro de 2012, no qual o troço mais emblemático WEC GP Portugal 2012 – Torres Vedras terá a designação oficial Vale Escuro/ENDUROPORTUGAL.
    Trata-se de um single-track de puro enduro, com dificuldade e distancia acima da média, ao longo do qual os pilotos terão de transpor zonas com bastante pedra e numerosos obstáculos naturais. Numa iniciativa que vai levar por esse mundo fora o nome do ENDUROPORTUGAL, desafiam-se os elementos do Fórum a ajudarem os melhores pilotos do mundo e a assistirem à sua passagem naquele que vai ser um dos “track” mais longos e difíceis de sempre do Campeonato do Mundo de Enduro.

    A2 Comunicação / Ecomotor / ENDUROPORTUGAL

    quinta-feira, 24 de novembro de 2011

    1º Enduro de Chaves - Informações

     

    A competição terá o seu início e fim junto ao rio Tâmega – Madalena (Junta de Freguesia da Madalena).
    Abertura das inscrições - 16 de Novembro de 2011
    Fecho das inscrições - 7 de Dezembro de 2011
    Local: Junta de Freguesia da Madalena

    Programa da Prova
    8:00h às 10:00h – Abertura Secretariado (Verificações administrativas, técnicas e documentais.)
    10:00h – Fecho Secretariado (Publicação da lista de participantes.)
    10:00 às 10:30h – Colocação das motos em parque fechado
    10:30h – Briefing
    11:00h – Partida do 1.º concorrente
    16.30h – Fim do Enduro
    17.00h – Início do Lanche
    17.30h – Afixação de resultados e Entrega de prémios

    Mais informações em: http://www.meliciasteam.com

    quarta-feira, 23 de novembro de 2011

    Kimoto vence no 5º Enduro Open de Caminha!

    Foi um sábado com o sol a brilhar, após muita chuva que caiu durante a semana na zona onde se disputou o enduro, em terrenos próximos da bonita cidade de caminha.
    Com um parque fechado lotado, com cerca de 200 motos, os pilotos Kimoto iam com boas espectativas para a prova, Nuno Oliveira com o objectivo de ganhar finalmente a classe consagrados após dois segundos lugares nas rondas anteriores e assim confirmar a liderança no campeonato. Joaquim Costa também com intenções de vencer a classe E2 para assim chegar à liderança do campeonato. João “Benduro” Pimenta estreou-se como piloto Kimoto com vontade de melhorar os seus últimos resultados. Leonel Mendes bem classificado até ao momento na E2 e Hélder Oliveira na mesma classe partiam também com boas expectativas. Por último Pedro Oliveira que se estreou nos enduros com objectivo de participar e evoluir assim o seu nível.
    Nuno Oliveira foi desde a primeira especial o líder da classificação na classe consagrados chegando ao fim da primeira volta com mais de 20 segundos sobre o segundo classificado. Na classificação geral o vencedor foi Gonçalo Reis, sendo que Nuno Oliveira ainda conseguiu surpreender ao dar bastante réplica durante a primeira volta, cometendo alguns erros na segunda, o que deitou por terra as suas aspirações.
    Nuno Oliveira

    Nuno Oliveira: “Este enduro foi sem dúvida dos mais exigentes do campeonato CRE, posso mesmo dizer que as especiais principalmente a enduro teste estavam a nível mundial. Na primeira volta entrei rápido e comecei logo a ganhar alguns segundos de vantagem, que me colocaram logo na frente da corrida, a segunda volta ja não foi tão produtiva pois arrisquei desnecessariamente acabando por cometer alguns erros que originaram quedas. No geral considero um resultado positivo, visto que vou com uma boa margem para o próximo e ultimo enduro do CRE que se realiza em Chaves.”
    
    João Pimenta

    João “Benduro” Pimenta também conseguiu um excelente resultado após uma primeira volta muito difícil onde penalizou algum tempo. Mesmo assim após a assistência recuperou forças para enfrentar a última volta e no final a recompensa foi muito boa, o seu melhor resultado até agora, terceiro lugar.
    João Pimenta:“A corrida do ponto de vista desportivo correu bastante bem, já que alcancei o meu 1º pódio na 3ª posição, por isso a nível de campeonato foi muito bom, nesta que foi a prova de estreia na estrutura da KIMOTO.Pessoalmente esta prova foi um desafio e foi preciso um grande sacrifício,para chegar ao fim, tendo pela primeira vez penalizado num enduro. As pesadas chuvas deixaram o terreno num estado lastimável, e andei muito tempo desconcentrado originando quedas e penalizações. Só na Crosstest é que estive minimamente á altura dos meus adversários ficando em 2º na 1ª passagem e em 1º da 2ª passagem na minha classe. Na XT e na ET nunca consegui imprimir um ritmo consistente apanhando muitos concorrentes empancados na especial. Em resumo gostei da dureza da prova embora estivesse claramente num dia negativo. Resta agora treinar para a prova de Chaves e levar a Kimoto mais uma vez ao pódio.”
    Hélder Oliveira

    Dentro dos pilotos que conseguiram terminar Hélder Oliveira acabou em 26º da classe E2, resultado influenciado pela penalização de 7 minutos com que acabou no final da segunda volta.
    Hélder Oliveira: “No que respeita à organização, o percurso de ligações entre especiais foi bem conseguido, bons traçados com vários tipos de terreno, uns mais exigentes outros mais acessíveis. O facto de durante a maior parte do percurso não ter-mos que passar em estradas foi uma excelente opção, apesar de não concordar com a localização do parque fechado e da ZA, deveriam ser mais próximos e numa zona mais apropriada.
    Na minha opinião há ainda alguns pontos que podem ser melhorados em termos organizacionais…
    No que diz respeito à minha prestação, tanto na 1ª como na 2ª passagem não me senti à vontade na ET e na XT acabando por cometer vários erros no decorrer das 2 especiais, no entanto gostei bastante da CT, apesar de não ter conseguido ser rápido acho que me correu bem. Em termos físicos acho que foi um bom teste, senti-me bem durante o percurso, consegui gerir bem o meu esforço e como recompensa, apesar de ter penalizado 7 minutos na 2ª passagem, consegui terminar a prova atingindo o objetivo principal a que me propus. ”
    Joaquim Costa desistiu no final da primeira volta devido a problemas com a embraiagem da sua moto assim como Leonel Mendes que após uma queda danificou o escape. Pedro Oliveira acabou por completar apenas uma volta, não partindo para a segunda devido a um excesso de penalização.
    
    Joaquim Costa
    
    Leonel Mendes

    Aproveitamos para agradecer a todos que nos apoiaram e ajudaram até agora, próxima paragem Chaves! 11 de Dezembro onde se disputará a final do CRE 2011 e decidirão os campeões nas várias classes.
    Kimoto

    Alexandre Carvalhais no Enduro de Caminha

    (Clique na imagem para ampliar)