quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Video oficial de Ivan Cervantes

El Torito continua a ser uma referência do enduro.
O simpático piloto espanhol, agora aos comandos da sua Gas Gas, é um dos grandes responsáveis por manter as dois tempos no topo da competição mundial. Aqui fica o seu video oficial:

Enduro de Caminha 2011 - Video 2


Instruções de visualização:
1- Caso não apareça o botão vermelho no centro, clique no canto superior esquerdo do video.
2- De seguida clique no botão vermelho (irá surgir uma publicidade do servidor do vídeo) para o botão se tornar verde.
3- Finalmente clique no botão verde.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

EWC 2012 - GP de Torres Vedras - 100% Enduro

Torres Vedras recebe pela primeira vez uma etapa do Campeonato Mundial de Enduro


Torres Vedras foi a cidade escolhida para acolher o Grande Prémio de Portugal, etapa integrada no Campeonato do Mundo de Enduro. Uma prova que deverá contar com 130 pilotos, oriundos de 30 países e que será vista através da televisão em mais de 120 países.

Portugal já tem grande experiência no que diz respeito a provas de Enduro, mas é a primeira vez que a etapa portuguesa do mundial se realiza tão próximo de Lisboa. Pedro Mariano, o RACE DIRECTOR de todas as provas do Mundial de Enduro (cargo exercido na FIM) e Director desportivo e Presidente da Comissão de Enduro em Portugal (cargo exercido na FMP), explicou acerca desta novidade no GP de Portugal que ”a realização desta prova em Torres Vedras nasceu de uma proposta que fiz ao Clube Ecomotor. Sei que terá algum risco associado, pois é a primeira vez que se realizará a prova naquela cidade, ainda para mais com um aval de confiança da direcção da FMP. No entanto, acredito que a organização vai proporcionar um espectáculo muito interessante ao nível do que tem vindo a ser feito em Portugal ao longo dos últimos nove anos. Torres Vedras conta com infra-estruturas hoteleiras muito boas e tem uma excelente capacidade para albergar toda a comitiva das equipas dos pilotos incritos”.

A organização da etapa portuguesa do mundial de Enduro, que está a cargo do Clube Ecomotor, anunciou que a prova já está totalmente delineada: "Para termos mais passagens por especiais e assim haver mais espectáculo, vamos fazer uma prova com 55 quilómetros de trilhos, que já estão totalmente levantados. Queremos fazer desta prova uma grande festa do enduro, por isso os pilotos portugueses vão ter um desconto de 50% na inscrição e para os pilotos do concelho de Torres Vedras a inscrição é gratuita", referiu Licinio Aniceto, presidente do Clube Ecomotor, que acrescentou, "vamos ter duas especiais juntas, enquanto a terceira, a Extreme, que vai ser natural, dista a 500 metros. Em ambos os casos, as especiais ficam junto ao asfalto e os locais estão dotados de parque de estacionamento".

Para fazer do Mundial de Enduro uma grande festa para os amantes do off road, a organização vai disponibilizar um parque de campismo gratuito, dotado de balneários e que irá ficar situado junto às especiais. Mais surpresas estão ainda por revelar, mas a devido tempo o Clube Ecomotor divulgará.

A prova de Torres Vedras vai também contar para o Campeonato do Mundo de Enduro Feminino, estando já prevista a participação de, pelo menos, 12 senhoras. A organização anunciou também que no caso de alguma concorrente feminina portuguesa queira participar a inscrição será gratuita.


O Fórum ENDUROPORTUGAL celebrou um acordo com o Clube Ecomotor, o clube que vai organizar a etapa portuguesa do Mundial de Enduro de 2012, no qual o troço mais emblemático WEC GP Portugal 2012 – Torres Vedras terá a designação oficial Vale Escuro/ENDUROPORTUGAL.
Trata-se de um single-track de puro enduro, com dificuldade e distancia acima da média, ao longo do qual os pilotos terão de transpor zonas com bastante pedra e numerosos obstáculos naturais. Numa iniciativa que vai levar por esse mundo fora o nome do ENDUROPORTUGAL, desafiam-se os elementos do Fórum a ajudarem os melhores pilotos do mundo e a assistirem à sua passagem naquele que vai ser um dos “track” mais longos e difíceis de sempre do Campeonato do Mundo de Enduro.

A2 Comunicação / Ecomotor / ENDUROPORTUGAL

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

1º Enduro de Chaves - Informações

 

A competição terá o seu início e fim junto ao rio Tâmega – Madalena (Junta de Freguesia da Madalena).
Abertura das inscrições - 16 de Novembro de 2011
Fecho das inscrições - 7 de Dezembro de 2011
Local: Junta de Freguesia da Madalena

Programa da Prova
8:00h às 10:00h – Abertura Secretariado (Verificações administrativas, técnicas e documentais.)
10:00h – Fecho Secretariado (Publicação da lista de participantes.)
10:00 às 10:30h – Colocação das motos em parque fechado
10:30h – Briefing
11:00h – Partida do 1.º concorrente
16.30h – Fim do Enduro
17.00h – Início do Lanche
17.30h – Afixação de resultados e Entrega de prémios

Mais informações em: http://www.meliciasteam.com

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Kimoto vence no 5º Enduro Open de Caminha!

Foi um sábado com o sol a brilhar, após muita chuva que caiu durante a semana na zona onde se disputou o enduro, em terrenos próximos da bonita cidade de caminha.
Com um parque fechado lotado, com cerca de 200 motos, os pilotos Kimoto iam com boas espectativas para a prova, Nuno Oliveira com o objectivo de ganhar finalmente a classe consagrados após dois segundos lugares nas rondas anteriores e assim confirmar a liderança no campeonato. Joaquim Costa também com intenções de vencer a classe E2 para assim chegar à liderança do campeonato. João “Benduro” Pimenta estreou-se como piloto Kimoto com vontade de melhorar os seus últimos resultados. Leonel Mendes bem classificado até ao momento na E2 e Hélder Oliveira na mesma classe partiam também com boas expectativas. Por último Pedro Oliveira que se estreou nos enduros com objectivo de participar e evoluir assim o seu nível.
Nuno Oliveira foi desde a primeira especial o líder da classificação na classe consagrados chegando ao fim da primeira volta com mais de 20 segundos sobre o segundo classificado. Na classificação geral o vencedor foi Gonçalo Reis, sendo que Nuno Oliveira ainda conseguiu surpreender ao dar bastante réplica durante a primeira volta, cometendo alguns erros na segunda, o que deitou por terra as suas aspirações.
Nuno Oliveira

Nuno Oliveira: “Este enduro foi sem dúvida dos mais exigentes do campeonato CRE, posso mesmo dizer que as especiais principalmente a enduro teste estavam a nível mundial. Na primeira volta entrei rápido e comecei logo a ganhar alguns segundos de vantagem, que me colocaram logo na frente da corrida, a segunda volta ja não foi tão produtiva pois arrisquei desnecessariamente acabando por cometer alguns erros que originaram quedas. No geral considero um resultado positivo, visto que vou com uma boa margem para o próximo e ultimo enduro do CRE que se realiza em Chaves.”

João Pimenta

João “Benduro” Pimenta também conseguiu um excelente resultado após uma primeira volta muito difícil onde penalizou algum tempo. Mesmo assim após a assistência recuperou forças para enfrentar a última volta e no final a recompensa foi muito boa, o seu melhor resultado até agora, terceiro lugar.
João Pimenta:“A corrida do ponto de vista desportivo correu bastante bem, já que alcancei o meu 1º pódio na 3ª posição, por isso a nível de campeonato foi muito bom, nesta que foi a prova de estreia na estrutura da KIMOTO.Pessoalmente esta prova foi um desafio e foi preciso um grande sacrifício,para chegar ao fim, tendo pela primeira vez penalizado num enduro. As pesadas chuvas deixaram o terreno num estado lastimável, e andei muito tempo desconcentrado originando quedas e penalizações. Só na Crosstest é que estive minimamente á altura dos meus adversários ficando em 2º na 1ª passagem e em 1º da 2ª passagem na minha classe. Na XT e na ET nunca consegui imprimir um ritmo consistente apanhando muitos concorrentes empancados na especial. Em resumo gostei da dureza da prova embora estivesse claramente num dia negativo. Resta agora treinar para a prova de Chaves e levar a Kimoto mais uma vez ao pódio.”
Hélder Oliveira

Dentro dos pilotos que conseguiram terminar Hélder Oliveira acabou em 26º da classe E2, resultado influenciado pela penalização de 7 minutos com que acabou no final da segunda volta.
Hélder Oliveira: “No que respeita à organização, o percurso de ligações entre especiais foi bem conseguido, bons traçados com vários tipos de terreno, uns mais exigentes outros mais acessíveis. O facto de durante a maior parte do percurso não ter-mos que passar em estradas foi uma excelente opção, apesar de não concordar com a localização do parque fechado e da ZA, deveriam ser mais próximos e numa zona mais apropriada.
Na minha opinião há ainda alguns pontos que podem ser melhorados em termos organizacionais…
No que diz respeito à minha prestação, tanto na 1ª como na 2ª passagem não me senti à vontade na ET e na XT acabando por cometer vários erros no decorrer das 2 especiais, no entanto gostei bastante da CT, apesar de não ter conseguido ser rápido acho que me correu bem. Em termos físicos acho que foi um bom teste, senti-me bem durante o percurso, consegui gerir bem o meu esforço e como recompensa, apesar de ter penalizado 7 minutos na 2ª passagem, consegui terminar a prova atingindo o objetivo principal a que me propus. ”
Joaquim Costa desistiu no final da primeira volta devido a problemas com a embraiagem da sua moto assim como Leonel Mendes que após uma queda danificou o escape. Pedro Oliveira acabou por completar apenas uma volta, não partindo para a segunda devido a um excesso de penalização.

Joaquim Costa

Leonel Mendes

Aproveitamos para agradecer a todos que nos apoiaram e ajudaram até agora, próxima paragem Chaves! 11 de Dezembro onde se disputará a final do CRE 2011 e decidirão os campeões nas várias classes.
Kimoto

Alexandre Carvalhais no Enduro de Caminha

(Clique na imagem para ampliar)

Paulo Miranda no Enduro de Caminha

(Clique na imagem para ampliar)

Super Enduro WC 2012



Depois de na temporada passada terem sido anuladas três das cinco provas que compunham o campeonato mundial de Enduro Indoor (entre as quais Lisboa) , a FIM apresentada agora a competição de "cara lavada" com o nome FIM Super Enduro World Championship.

Para a edição 2012 está prevista a realização de 3 eventos, sendo o primeiro já no próximo fim-de-semana em Génova, Itália.

Quanto a inscritos, já vários nomes sonantes confirmaram a sua presença, entre os quais: Salminem, Fujinami (do trial), Ahola, Ricky Dietrich (nova contratação da Husqvarna), Cervantes, Alfredo Gomez, Guerrero, Gibert, Leon, Faja, Galindo entre outros.

Vamos esperar que este campeonato corra da melhor forma, para sonharmos com a realização de uma prova em Portugal, em 2012/2013.



Calendário

26/11/11 - Génova - Itália
10/12/11 - Lodz - Polónia
5/02/12 - Barcelona - Espanha

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Wilwood Rock Extreme 2011 - Jarvis venceu

Graham Jarvis venceu a Wilwood Rock Extreme antes de rumar à África do Sul para participar na Roof-of-Africa.
O britânico sucedeu assim a Stefan Merriman, vencedor em 2010.

(Clique na tabela para ampliar)


Henrique Nogueira surpreendente – Enduro Caminha 2011


O passado fim-de-semana ficou marcado por mais uma etapa do Regional Norte de Enduro Amador. Sem dúvida que o formato deste novo campeonato tem sido um sucesso e a jornada na cidade de Caminha não foi excepção, com mais de 200 pilotos inscritos - entre eles contávamos com a presença do jovem Henrique Nogueira.

O piloto Scorpion Exo está neste momento totalmente recuperado da fractura do pulso que ditou o abandono prematuro da época de Supercross, aproveitando agora para uma preparação polivalente com vista à época de 2012. Em boa hora o fez, pois com um forte andamento que imprimiu ao longo do dia, obteve o brilhante 3º lugar da geral e a 2ª posição na classe Consagrados. “Obviamente que estou bastante feliz. Usei a minha habitual Kawasaki KX250F com algumas alterações para Enduro e consegui rolar de uma forma consistente. O Enduro é uma das minhas modalidades preferidas e as coisas correram da melhor forma. Quero aproveitar desde já por agradecer à Escola de Condução - Projecto4 pela rápida disponibilidade e acessibilidade para a obtenção da carta” comentou bastante satisfeito o recruta da Rodasensor Motorsports.


Mediante as soluções e os patrocinadores com que a equipa está a negociar neste momento, alem da presença confirmada nos nacionais de Motocross e Supercross, poderemos ver Henrique Nogueira em algumas provas de Enduro durante a época de 2012. “Sem dúvida que gosto bastante da modalidade e consigo melhorar algumas técnicas para o Motocross. Já falamos com alguns apoios e se os calendários não coincidirem estou certo que irei fazer “uma perninha” ao Nacional de Enduro”.

Classificação Geral Enduro Caminha 2011: 1º Gonçalo Reis (GasGas Arjones), 2º Nuno Oliveira (Honda Kimoto – 126 p, 3º Henrique Nogueira (Rodasensor Motorsports), 4º Jacobo Mendez (GasGas Arjones)…

A próxima prova da equipa apoiada pela ENI será a última jornada pontuável para o Regional Norte de Enduro Amador a realizar em Chaves no próximo dia 11 de Dezembro.

Podem acompanhar estas e outras noticias em:

Texto: Evo-press
Fotos: ModoJ

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

BILRACING em destaque no Enduro de Caminha


Disputou-se no passado Sábado mais uma prova do Campeonato Regional de Enduro/Norte, desta feita com a cidade de Caminha a ser anfitriã. Mais uma vez, a Bilracing fez-se representar na sua máxima força e isso traduziu-se em mais um excelente resultado conjunto para a formação famalicense.

Dos 9 pilotos que a Bilracing apresentou nesta dura prova, marcada por pisos algo duros devido à chuva sentida nos dias anteriores, a sorte não teve com alguns, pois Daniel Pinto, Aníbal Soares, José Pires e Paulo Soares não lograram atingir o final deste Enduro.

Em excelente nível estiveram os restantes membros da equipa de Oliveira de Santa Maria, com a vitória em várias categorias a ficar bem perto. Ivo Brex foi o melhor representante da Bilracing, obtendo um 2º lugar na classe Enduro 2, sendo ainda o 7º em termos gerais. No final, o piloto mostrava-se bastante satisfeito e até algo surpreendido: “Entrei com alguma calma, até por ser a minha primeira prova da época. Dei sempre o meu melhor e fui ganhando confiança à medida que as especiais se iam desenrolando, e penso que melhor seria difícil”, revelou o piloto da KTM. Inserido também na classe Enduro 2, Manuel Carvalho foi o 27º, numa prova mais defensiva e sem correr grandes riscos por parte do piloto da Beta.

Boa prova também para António Faria, também ele aos comandos de uma KTM, que concluiu esta etapa no pódio entre os Veteranos, para além do 25º lugar absoluto. “Foi uma prova bastante dura, mas estava ao meu gosto e isso deu me moral para a enfrentar. Consegui mais um pódio nesta categoria e ainda estou na luta pelo título, pelo que na última prova vou com o objectivo de vencer”, afirmou António Faria. Bem se pode dizer que foi nos Veteranos que a Bilracing mais brilhou, com Amadeu Almeida e Paulo Moreno conseguiram terminar no Top-10, classificando-se em 7º e 10º, respectivamente.

O Enduro de Caminha teve em Gonçalo Reis o grande vencedor, estando agora novo confronto marcado para Chaves, a derradeira etapa do Regional de Enduro/Norte.

Classificações Bilracing:

Ivo Brex (KTM) – 7º Geral/2º Enduro 2
António Faria (KTM) – 25º Geral/3º Veteranos
Amadeu Almeida (KTM) – 44º Geral/7º Veteranos
Paulo Moreno (KTM) – 61º Geral/10º Veteranos
Manuel Carvalho (Beta) – 69º Geral/27º Enduro 2
Daniel Pinto (KTM) – Não terminou
Aníbal Soares (KTM) – Não terminou
José Pires (KTM) – Não terminou
Paulo Soares (KTM) – Não terminou

Bilracing

Enduro de Caminha 2011 - Fotos MODOJ


EnduroCross 2011 - Las Vegas - Taddy conquista o 3º título consecutivo

1ª Final

1. Taddy Blazusiak KTM
2. Justin Soule Kawasaki
3. Cory Graffunder Husqvarna
4. Mike Brown KTM
5. Cody Webb Beta
6. Jonny Walker KTM
7. Taylor Robert Kawasaki
8. Bobby Prochnau KTM
9. Kyle Redmond Honda
10. Geoff Aaron Honda-Christini


2ª Final

1. Taddy Blazusiak KTM
2. Taylor Robert Kawasaki
3. Mike Brown KTM
4. Justin Soule Kawasaki
5. Kyle Redmond Honda
6. Geoff Aaron Honda -Christini
7. Bobby Prochnau KTM
8. Cory Graffunder Husqvarna
9. Cody Webb Beta
10. Jonny Walker KTM


Hot Laps dos 3 primeiros

Highlights



Video - Ironman Xtreme Scarborough 2011

terça-feira, 15 de novembro de 2011

CNE 2012 - Calendário


Góis - 05 de Fevereiro
Torres Vedras – 11 de Março
Fafe – 19/20 de Maio
Figueira da Foz – 17 de Junho
Rio Maior –  9 de Setembro 
Ourém – 27/28 de Outubro  

Quatro provas de 1 dia e duas de 2 dias.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

II Louzan Classic Enduro

Decorreu ontem a segunda edição do Louzan Classic Enduro, um encontro de motos clássicas que fizeram furor no passado. Apesar do forte vento que se fez sentir no Aeródromo da Lousã, o sol e uma temperatura amena, abrilhantaram ainda mais esta festa do TT nacional.
Com organização a cargo do Montanha Clube, Pedro Hogan assumiu as funções de Director de Prova, cargo que é ocupado todos os anos por uma pessoa diferente, como o objectivo de homenagear figuras emblemáticas da modalidade.O percurso contou com duas voltas a um circuito, uma prova de aceleração, uma prova especial de motocross, com um controlo horário, e uma zona de assistência, os ingredientes suficientes para os mais de duzentos inscritos passarem uma óptima tarde de sábado.
À geral, o mais rápido foi Miguel Fernandes (Honda CR 250cc) da equipa Auguscar/Augusmoto, que bateu os experientes Paulo Marques e António Oliveira.

 

Na Classe 1 destinada a motos até 50cc e até ao ano 1995, Ricardo Gomes levou de vencida Osvaldo Garcia e Sérgio Padilha.
O consagrado Eugénio Cação, Tiago Caetano e Nuno Cação fizeram o pódio das motos 125cc série e 80cc, enquanto que nas Livre até ano 1980, Luis Guerra numa Suzuki RM 250 classificou-se em primeiro, sendo as restantes posições ocupadas por André Garcia e Cristovão Teixeira.
A Classe 4 premiou os mais rápidos nas motos Livre entre 1981 e 1987, foram eles Nuno Rocha, Mané Teixeira e Luis Correia.Nas 4 tempos até ao ano 1995, venceu mais um nome sonante da história do enduro nacional, nada mais que João Lopes (Husaberg 350 4T) a provar que quem sabe, nunca esquece. Gil Carmo e Rui Mendonça, foram respectivamente segundo e terceiro nesta classe.
Finalmente, os mais pequenos competiram na Classe até aos 14 anos, com o primeiro lugar a ficar na posse do jovem António Ferreira, seguido por Gonçalo Amaral e Manuel Hortega, já que o segundo classificado tinha 15 anos, pelo que cedeu o seu lugar ao terceiro.

 

Foi ainda atribuído o prémio Pic-Nic, destinado à melhor assistência presente no local, que pertenceu à Jobi Motards.
Os Troféus mais aguardados, homenagearam dois pilotos que já nos deixaram. O Troféu José Mendonça, premiou a moto e piloto mais “elegante” à época, que na opinião do júri foi o participante Miguel Faria, recebendo o Troféu das mãos da Leonor, filha de José Mendonça.
O pequeno Alexandre Mendonça, entregou a João Fragoso, o prémio de homenagem Troféu Alexandre Mendonça ao  "Piloto mais “combativo”, presente em prova.
A cerimónia de prémios terminou com as declarações do Presidente da Câmara Municipal da Lousã, Dr. Luis Antunes que deixou expresso o apoio da autarquia a este evento, que já está anualmente agendado no calendário de todos.
O Montanha Clube agradece ainda a colaboração de todos os patrocinadores, em especial nesta prova, da Câmara Municipal Lousã, Telomir e Bomcar, por todo o apoio prestado.
Classificações disponíveis em: 


Organização
Fotos: Maria João Gouveia e João Martins

Scorpion Masters 2011


 A versão 2 rodas da célebre Corrida dos Campeões, juntou diversos pilotos das mais variadas modalidades, numa competição que teve provas de trial, enduro, supermotard e pista. O vencedor foi Serge Nuques. Lembram-se dele? 
Resultados:

1-Serge Nuques
2-David Knight
3-Adrien Chareyre
4-Fred Bolley
5-Julien Da Costa
6-Marc Germain
9-Pela Renet
11-Yves Demaria
12-Takahisa Fujinami
17-Seb Guillaume


Knighter Show!!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Hélder Rodrigues é o atleta do ano


O campeão do mundo de todo-o-terreno Hélder Rodrigues foi considerado, ontem, na 16ª Gala da Confederação do Desporto de Portugal, que decorreu no Casino Estoril, Atleta Masculino do Ano. Para esta categoria estavam nomeados desportistas de diversas modalidades, tais como, Cristiano Ronaldo no Futebol, João Pina no Judo, João Silva no Triatlo e Fernando Pimenta na Canoagem. Hélder Rodrigues foi o atleta que mais votos recolheu numa eleição que decorreu entre 27 de Outubro e 7 de Novembro. O motard recebeu 60 por cento da votação do público e os restantes 40 dos presentes na gala.

Para o piloto da Red Bull Yamaha TMN Team este galardão é o culminar de uma época feliz “estou muito contente por ter recebido este prémio e é um enorme orgulho ser distinguido como melhor Atleta Masculino do Ano. Quero agradecer a todos os que me ajudaram ao longo do tempo e que me permitiram chegar a este ponto da minha carreira. Refiro-me a todos os meus patrocinadores que me têm apoiado particularmente a Red Bull, a TMN e a Yamaha que estiveram ao meu lado neste ano tão positivo. Agradeço à minha família e amigos que sempre me ajudaram em todos os momentos da minha vida. Também não me esqueço de todos os portugueses que votaram e acreditam em mim. O meu muito obrigado a todos”, referiu o piloto no final da Gala.


Hélder Rodrigues está a ultimar os preparativos para a sua participação no Dakar 2012, que tem início no dia 1 de Janeiro do próximo ano na América do Sul. Prova que, desta vez, cruza a Argentina, o Chile e o Peru. O motard faz parte de uma comitiva de nove portugueses que estarão presentes na 34º edição do Dakar. Para Hélder Rodrigues, que vai partir com o nº3, a grande ambição é fazer melhor que o terceiro lugar obtido este ano.

A2 Comunicação