sábado, 31 de março de 2012

Enduro Marco de Canaveses - 2ª prova do CREN é já este fim de semana


Uma grande verdade no dia 1 de Abril, é certamente a realização da segunda prova do Campeonato Regional de Enduro Norte 2012, já este fim de semana, em Marco de Canaveses.


Mais uma vez a lista de pré-inscritos ronda os 300 participantes com vontade de enfrentar o percurso preparado pela organização e mais as 3 especiais cronometradas por volta.

Enduro para todos é a palavra de ordem neste Campeonato e prova disso foi a criação de uma classe feminina, porque as Mulheres também fazem Enduro, estando já 7 inscritas para a prova do Marco de Canaveses.

Mais uma festa do Enduro a não perder, este Domingo dia 1 de Abril em Marco de Canaveses.

Toda a informação sobre a prova em www.meliciasteam.com.

Texto: Joel Santos
Foto: ModoJ

quinta-feira, 29 de março de 2012

EWC 2012 - GP do Chile - Videos





Enduro Code - Open Days


Enduro Code - Open days com Expositores, Teste Drives e Enduro juvenil

O centro de estágios de Enduro, Enduro Code, vai promover no próximo dia 21 de Abril, um dia de portas abertas e uma prova de Enduro Juvenil.

Dia de portas abertas

O objectivo do dia de portas abertas além de dar a conhecer as instalações deste centro de estágios a quem visitar o evento, na localidade de Ferreirinha em Gondomar, passa também por promover uma exposição de artigos Offroad e a realização de Test Drives, ficando desde já o convite a todas as Marcas e expositores interessados em participar, de salientar que é totalmente gratuito, bastando apenas contactar a organização para confirmar a sua participação.

O Enduro Juvenil

Esta será uma prova dedicada aos mais novos, podendo participar nela todas as crianças com idades entre os 4 e 15 anos. O Enduro Code tem também como objectivo fomentar a pratica do Enduro pelas gerações mais novas. As instalações deste centro de estágios reúne condições para os mais novos poderem treinar, dando-lhes a possibilidade de evoluírem na modalidade.

A prova terá inicio às 11 horas, será feita uma volta a um pequeno percurso nas imediações do centro de estágios, sem ligações pela via publica, devendo os participantes ser acompanhados pelos pais ou alguém responsável pelos mesmos. Dentro das instalações do Enduro Code serão realizadas as 3 especiais, Enduro, Cross e uma pequena Extreme adequada aos mais novos.

Inscrições e informações:

Disponível através do email endurocode@gmail.com e do telemóvel 939535208.

Ficam todos convidados a participar e a visitar as instalações do Enduro Code, seja como Expositor, Piloto ou a fazer parte do publico, certos de que irão participar num excelente evento.

Localização das instalações do Enduro Code:



Texto: Joel Santos
Foto: ModoJ

Inscrições abertas para o Mundial de Enduro em Torres Vedras



A etapa portuguesa do Mundial de Enduro vai realizar-se nos dias 12 e 13 de Maio e Torres Vedras foi a cidade escolhida para acolher cerca de 130 concorrentes oriundos de 30 países.
A organização, a cargo do Clube Ecomotor, já anunciou a abertura das inscrições, sendo de salientar que os pilotos nacionais terão um desconto de 50%, pagando apenas 102,50 euros.
Com uma estrutura bastante idêntica àquela que foi utilizada com indiscutível sucesso na prova do Campeonato de Portugal, recentemente disputada, o GP de Portugal terá 55 quilómetros de trilhos, com duas especiais juntas e a Extreme a apenas 1200 metros. Todas as especiais ficam próximo do asfalto e os locais estão todos dotados de parque de estacionamento.
Disputado em três voltas o percurso será naturalmente mais extenso, difícil, técnico e exigente fisicamente, do que a prova do nacional.
A ficha de inscrição está disponível no site do clube organizador, em:



A2 Comunicação (Pedro Barreiros)

quinta-feira, 22 de março de 2012

Regional de Enduro segue para Marco de Canaveses



O Campeonato Regional de Enduro Norte 2012 (CREN) que se iniciou a 4 de Março em Valongo, segue agora para Marco de Canaveses já no próximo dia 1 de Abril, onde é esperada mais uma grande festa do Enduro.

Para esta segunda prova e após a enorme afluência de participantes no Enduro de Valongo, onde estiveram mais de 250 pilotos a correr, também são esperados mais de 200 participantes para esta prova.


Esta edição do CREN também abriu novas portas, tendo sido criada uma classe Feminina, incentivando assim a pratica do Enduro pelas Mulheres. No Enduro de Valongo já participaram três, foram elas Rita Vieira, Sofia Porfírio e Sofia Pereira, que certamente irão motivar outras a praticar esta modalidade e também a participarem nas provas. Para Marco de Canaveses já são esperadas mais participantes na classe Feminina.



O Enduro de Marco de Canaveses

Torre Nevões - Tabuado, é o centro nevrálgico da prova. Este ano Marco Canaveses vai surpreender os pilotos com passagens muito agradáveis, 3 especiais cronometradas, 2 voltas para todas as classes, exceto as Senhoras (apenas uma volta), prometem dar a todos muita emoção e adrenalina.



Inscrições e informações: http://www.meliciasteam.com/


Resumo da 1ª prova do CREN 2012:


Texto: Joel Santos e MeliciasTeam
Fotos e Video: ModoJ

quarta-feira, 21 de março de 2012

Yamaha/Pinhel Works/ Reiger Suspension apanhada na onda de acidentes

António Maio partiu o pulso na abertura do campeonato
Estreia do actor Rui Porto Nunes no Nacional de TT


Foi uma estreia para esquecer a da equipa Yamaha/Pinhel Works/Reiger Suspension no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. António Maio, que era a principal aposta para vencer o campeonato, foi apanhado pela má marcação do percurso da Baja Carmim, em Tavira, e, quando liderava a corrida de abertura do campeonato, acabou por sofrer um acidente que lhe partiu o pulso direito, condicionando, assim, o resto da época do vice-campeão nacional.
“Estou desolado. O prólogo tinha corrido muito bem. Fui mesmo o mais rápido nesse primeiro troço, de cinco quilómetros, no sábado. No domingo já estava na frente com quase dois minutos de avanço para o meu mais directo perseguidor quando, numa curva fechada que não estava marcada, após uma recta, acabei surpreendido pelo terreno. Tentei saltar mas aterrei num relevo e a pancada fracturou-me o pulso”, explicou Maio, que agora vai estar várias semanas de baixa.

Também Frederico Fino foi obrigado a desistir ainda na primeira Zona de Assistência, devido a uma grave indisposição.
O pior estava, no entanto, reservado para Paulo Amaral. O piloto da equipa Yamaha sofreu um Acidente Vascular Cerebral durante a corrida, que originou uma queda do piloto, da classe Veteranos.
Foi assistido no local e transportado de helicóptero para o hospital de Faro, onde ainda se encontra internado em estado grave, com prognóstico reservado.
A equipa Yamaha/Pinhelworks/Reiger Suspension deseja as rápidas melhoras ao piloto e amigo.
“Estamos todos muito abalados. É daqueles acidentes que não se conseguem prever. Esperemos que recupere rapidamente”, comentou Frederico Fino, que também lamentou a lesão de António Maio. “É uma pena porque vamos ter a segunda prova já dentro de três semanas. Fizemos um grande trabalho durante o Inverno, com vários testes, e estávamos confiantes numa grande temporada. O nosso objectivo era a conquista do título nacional absoluto e as coisas estavam a correr bem, porque o António Maio estava na liderança da prova”, concluiu.

No entanto, houve outros pilotos da equipa que deram boa conta de si nesta prova de abertura do Nacional de TT. Rui Ventura, em Yamaha 450F foi o 18º classificado, à frente de Rui Porto Nunes (Yamaha YZ250F). O actor de novelas como Rosa Fogo, actualmente em exibição na SIC, que é um apaixonado pelo TT, foi 19º classificado da geral na sua prova de estreia, sendo quarto na sua categoria, a Promoção.
“Estou muito satisfeito. Acima de tudo, diverti-me, que era o meu principal objectivo”, confessa.

Rui Porto Nunes
Miguel Navarro foi o 20ºclassificado.

O campeonato regressa no fim-de-semana de Páscoa, a 6 e 7 de Abril, para o raide da Ferraria.

Visite-nos no Facebook: http://www.facebook.com/ffino22

Team Bianchi Prata - Saldo positivo na 1ª prova do Nacional de TT

O Campeonato Nacional de Todo o Terreno 2012 teve início este fim de semana, dias 17 e 18 de Março na Baja Carmim.

Foram efetuadas duas etapas: um Prólogo / Super Especial de 5kms e um Setor Seletivo com um total de 220kms num piso bastante seco e pedregoso.

A Equipa Bianchi Prata KIA / Vodafone participou nesta prova com os pilotos Luís Teixeira na classe TT3, Paulo Felicia na classe TT2 e Luís Ferreira na classe TT1.

A competir em todas as classes, os pilotos do Team Bianchi Prata KIA / Vodafone mostraram a sua excelente performance desportiva com os resultados alcançados.

Aos comandos da Husqvarna TE511, o piloto de Alcoutim, Luís Teixeira, ganhou a classe TT3 e atingiu o 2º posto da geral: “ A prova correu-me muito bem! Apesar de ter tido alguma dificuldade, pois o percurso era um pouco perigoso devido à má sinalização. Mas dei o meu máximo, tal como a equipa e fiz um ótimo resultado. Vou trabalhar para o alcançar em todas as provas.
Luís Teixeira


O experiente piloto de Enduro, Paulo Felícia, provou também a sua aptidão para o TT ao conquistar o 2º lugar na classe TT2 e 7º da geral: “ Correu bastante bem! Superei as minhas expetativas, pois o objetivo era terminar a prova e obter um pouco mais de experiencia mas consegui um segundo lugar, o que é muito bom mesmo. Estava a precisar deste resultado para me moralizar e ficar mais forte na próxima prova. Nunca tinha feito nenhuma prova de TT no Algarve e pude constatar que é muito difícil mesmo. A minha mão está cada vez melhor, penso que daqui a duas semanas já estarei recuperado a 100%.
Paulo Felícia

O piloto Luís Ferreira venceu também a sua classe, TT1, e alcançou o 4º lugar da classificação geral. O piloto Evolution declarou: “ O resultado da prova foi acima das minhas expetativas, pois não tinha treinado muito. Cumpri o meu objetivo apesar de não ter ficado no pódio da geral, mas com algum treino tenciono alcança-lo já na próxima prova.
Luís Ferreira

Pedro Bianchi Prata, team manager da Equipa Bianchi Prata KIA / Vodafone, expressou a sua satisfação pelo resultado positivo de todos os pilotos da sua equipa na 1ª prova do Nacional de TT: “ Toda a equipa está de parabéns! Em três classes, duas vitórias e um segundo lugar é muito bom! Os dois “Luíses” da equipa estiveram irrepreensíveis, o Felícia só precisa de ganhar um pouco mais de experiencia no TT, para conseguir lutar pela vitória. Vamos continuar a trabalhar para conseguir vitórias e poder dar mais retorno publicitário aos nossos patrocinadores. Dedico esta dupla vitória á minha Avó, que hoje, do céu, a olhar para nós, deu muita sorte a toda equipa.

A próxima prova da Equipa Bianchi Prata KIA / Vodafone em Ferraria, dias 6 e 7 de Abril, também pontuável para o Campeonato Nacional de TT.
Texto: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata – Beatriz Martins
Fotos: Digiphoto

Mário Patrão entra a vencer no Algarve!


(Clique na imagem para ampliar)

CNTT 2012 - Baja Carmin

Patrão foi o vencedor da prova

Resultados:

(Clique na tabela para ampliar)


Videos:









terça-feira, 20 de março de 2012

Águeda Enduro Classic 2012 – Um enorme sucesso!

Com o S. Pedro a ajudar e com condições ímpares para a prática da modalidade, realizou-se no passado Sábado o 1º Águeda Enduro Classic. Foram 75 os participantes nesta primeira edição que em unanimidade consideram esta prova organizada pelo 1001 Motor Clube de Águeda, como uma das melhores realizadas no nosso país.


Entre todos os pilotos, muitas estrelas, antigas e actuais glórias do Enduro Português. Entre Paulo Marques, Joaquim Rodrigues Sr., Quim Rodrigues Jr., Jorge Silva, Nuno Ferreira entre outros, estavam contabilizadas algumas dezenas de Títulos Nacionais de Motociclismo. Entre as motas consideradas relíquias, com história e saudosismo foram percorridos os fabulosos trilhos junto às margens do rio Águeda.


O espetáculo começou com alguma chuva, durante as verificações administrativas e as técnicas, que decorreram durante a manhã, mas o sol deu um ar da sua graça e juntou-se à festa junto ao Estádio Municipal de Águeda.

Às 13.30h em ponto os motores fizeram as honras da casa, com os primeiros três pilotos a partirem para a zona de assistência nos Abadinhos, seguindo-se a especial cronometrada localizada nos terrenos cedidos pela Câmara Municipal de Águeda. A mesma oferecia condições naturais fantásticas para o muito público que ali se aglomerou e que foi “puxando” pelos bravos pilotos aos comandos das suas motas. Dos Abadinhos os pilotos seguiam em direção a Recardães, Espinhel, Óis da Ribeira, Casal de Álvaro, voltando a Águeda, numa percurso com aproximadamente 20 Km’s, a serem percorridos por três vezes. No final de cada volta, era efectuada uma Especial de Aceleração e de novo a Especial Cronometrada.


Para a classificação final, contavam os somatórios dos tempos efectuados nas “especiais” sendo de seguida retirados a esse somatório a idade de piloto somada com a da moto, traduzidos em segundos. Uma regra interessante e bastante usada nos enduro vintage pois equilibra os pilotos de outrora com os mais novos.

Nas sete categorias que competiam e começando pela classe mais pequena, a Categoria 1, destinada às pequenas 50 cc, o mais rápido foi Luís Oliveira, piloto de Belazaima do Chão, seguido pelo veterano Osvaldo Garcia e a fechar o pódio outro piloto de Águeda, André Caetano. De salientar que nesta categoria participaram entre as 12 motas, 10 motas de fabrico Nacional. 8 Macal, 1 Fundador e 1 Sachs.

Na categoria 2 (80cc e 125 de Série), três pilotos de Águeda, monopolizaram o pódio. Tiago Caetano (Macal) venceu destacado, Ricardo “Tátá” Gomes (Husaberg Proto) foi 2º e António Barbosa (Suzuki/Casal) foi 3º classificado respectivamente.

Nas categoria destinada às motas mais antigas (até 1980) o vencedor foi Cristóvão Teixeira, o segundo o ex-campeão Joaquim Rodrigues Sr. e o terceiro e vencedor do prémio para a moto mais “elegante” Carlos Pinto aos comando de uma Maico de 1978.

Na categoria 4, Nuno Ferreira em Yamaha venceu, seguido pelo piloto da casa Miguel Ala Silva em KTM e Nuno Carvalho em Honda encerrou o pódio.

Na classe mais participada a 5, assistiu-se a uma enorme luta pela vitória. Quim Rodrigues Jr. piloto que já competiu no Mundial de MX e no Campeonato Americano de Supercross, superiorizou-se ao Pluri-Campeão e participante em vários Rali Dakar, Paulo Marques. António Henriques foi terceiro, todos eles aos comandos de motas da marca Honda.

Classe 6, destinada a motas com motores a 4 tempos, nova vitória de um piloto de Águeda, também ele com muitos títulos nacionais no seu vasto currículo desportivo. Jorge Silva aos comandos de uma Suzuki, não deu hipóteses e levou de vencida Gil do Carlo em Honda e Sérgio Padilha (ex-campeão aos comandos de Macal), este a conduzir a bonita Husaberg TE 350.

Finalmente na classe 7, para as motas mais recente e/ou modificadas, Luís “Kamoeka” de Pedaçães venceu, seguido de Álvaro Matos em Macal e Carlos Rebelo de Tomar, também em Macal.

Em jeito de balanço a organização aproveitou para proferir as seguintes palavras: “Queremos aproveitar desde já para agradece a todas as entidades envolvidas e que tornaram possível a realização deste evento. Contamos com a Câmara Municipal de Águeda, GNR, Bombeiros Voluntários de Águeda e Grupo de Escuteiros de Águeda. Aos voluntários que estiveram impecáveis ao longo do percurso e aos patrocinadores, Sociedade Comercial do Vouga, HP Hélder Pires Lda, LitoPrint, Sotelha, Polisport e Região de Águeda. Agradecemos também a todos os pilotos presentes e ao muito público que fez com que já estejamos a pensar na edição de 2013. A todos o nosso muito Obrigado.”

Todas as classificações podem ser consultadas em: 



Texto: 1001 Motor Clube de Águeda
Fotos: Bikesales70

Cpto Espanhol 2012 - 2ª Prova - Antas

Gonçalo Reis terminou em 2º na classe E1
(Clique na tabela para ampliar)

Gonçalo Reis esteve em destaque na segunda prova do Campeonato Espanhol de Enduro tendo conquistado o segundo lugar da sua classe e o décimo da geral.
O piloto da Gas Gas afirmou no final da prova: " Estou muito contente com a forma como correu todo o fim-de-semana e tenho que agradecer a toda a equipa. Fizeram um grande trabalho com a mota e senti-me muito bem apesar de ser uma prova muito dura e difícil. Espero repetir mais provas assim e lutar por melhorar este resultado."
Luís Correia não participou pois esteve presente na jornada inaugural do Campeonato Nacional de Motocross.



quinta-feira, 15 de março de 2012

ACmotos|TM Racing no CNE Torres Vedras

A equipa Valecambrense ACMOTOS | TM RACING | ENI | AS&S | DRENALINE, esteve este fim de semana em Torres Vedras para a 2ª prova do Campeonato Nacional de Enduro 2012.




A organização preparou um excelente evento, servindo de teste para a etapa portuguesa do Campeonato Mundial de Enduro que se irá realizar em Torres Vedras no próximo mês de Maio. Os pilotos do Nacional de Enduro tiveram assim duas autênticas especiais à Mundial, a Enduro Test e a Cross Test colocaram à prova toda a técnica e resistência de pilotos e maquinas.
Recuperado da lesão de Góis, António Carmo entrou para esta corrida para tentar recuperar os pontos perdidos, mas com cautela para não, pois a lesão não permitiu muito treino até esta corrida. A classe Veteranos este ano está altamente competitiva, sendo muitos os pretendentes à vitória.

#300 - António Carmo - TM Racing 300 EN - Veteranos

Em relação à sua prestação em Torres Vedras, o líder da equipa ACMotos aos comandos da potente TM 300, tinha duas especiais a seu favor, pois eram rápidas e as motas de Enduro mais potente saiam em vantagem, mas uma queda na Enduro Test tirou a confiança ao piloto, que não quis arriscar voltar agravar a sua lesão. O resultado final não foi o pretendido, 6º posto da classe Veteranos, mas agora António Carmo terá até Maio para recuperar e treinar a 100%, para melhorar a sua prestação nos dois dias de Fafe.

Na classe Open, a equipa ACMOTOS | TM RACING | ENI | AS&S | DRENALINE, tem João Silva com a TM 250 Fi na Open 1 e Diogo Valença com a TM 300 EN na Open 2.
Esta classe prepara pilotos para a entrada na Elite do Campeonato Nacional de Enduro, logo é uma classe com maior exigência física e técnica, mas também de aprendizagem evolução e é isto que os dois pilotos estão a fazer, evoluir prova após prova para mais tarde colher frutos.

#110 - João Silva - TM Racing 250 Fi - Open 1

#155 - Diogo Valença - TM Racing 300 EN - Open 2

João Silva terminou a prova no 8º posto da Open 1, enquanto Diogo Valença terminou o dia no 7º posto da Open 2.

No troféu Verdes, a equipa Valecambrense tem este ano quatro pilotos, Stefan Pinheiro e Nuno Barros na classe Verde 1, Ricardo Vide e Pedro Vide na Classe Verde 2.

Stefan Pinheiro que tinha subido ao pódio na prova de Góis, entrou nesta prova para dar um pouco mais e alcançar a liderança da sua classe. No sábado fez um bom reconhecimento das especiais e começou bem a corrida, estando a fazer o 2º melhor tempo da classe à segunda passagem pelas especiais.

#211 - Stefan Pinheiro - TM Racing 250 Fi - Verde 1


Na ultima volta aquando da sua passagem pela Enduro Test, um percalço fez com que tivesse de abandonar a corrida. Mas ainda há muitos pontos a disputar até final do CNE e a próxima prova que é de dois dias pode já fazer a diferença.

Nuno Barros, o piloto de Ovar na Classe Verdes 1, tem como objectivo alcançar um pódio neste CNE. A prova de Torres Vedras podia ser já a sua oportunidade, pois tem vindo a treinar duro e a evoluir a sua pilotagem, estando mais rápido, mas as coisas não saíram como pretendido, "à dias assim" - comentou Nuno Barros. "A prova de Fafe certamente irá correr melhor e vou fazer por isso" - reforçou o piloto de Ovar.

#210 - Nuno Barros - Honda CRF 250 - Verde 1

Em termos de resultado, fez o 7º tempo da classe Verdes 1.

Na classe Verdes 2, temos os manos Vide. Ricardo Vide já experiente no Enduro de competição, sendo o seu forte as Especiais Extreme, esteve afastado dois anos do CNE e procura agora ganhar novamente ritmo para fazer melhores resultados. José Pedro Vide, é o primeiro ano no CNE, mas tem treinado para evoluir prova após prova e certamente iremos ter bons resultados por parte deste piloto até final do CNE.

#260 - Ricardo Vide - TM 250 EN - Verde 2

#264 - José Pedro Vide - GasGas 200 EC - Verde 2

Em relação às suas prestações, Ricardo Vide classificou-se no 9º posto e José Pedro Vide no 12º, ambos da Classe Verdes 2.

A classe Hobby trouxe à equipa mais um estreante no CNE, Rui Ferreira, que apesar de não ter concluído a prova devido a uma pequena lesão, não caiu no desânimo e vai treinar para estar preparado para prova de dois dias em Fafe.

#402 - Rui Ferreira - TM 300 EN - Hobby



 
ACmotos, Tm Racing, ENI, A.S.&S., Drenaline, Correntes AFAM, Pneus METZELER, EBC Brakes, Sport Clube de Cambra, Fotografia ModoJ.

Texto: Joel Santos
Fotos:  António Pedro Carmo