quinta-feira, 29 de novembro de 2012

GetzenRodeo 2012 (12/11/2012)

Resultados GetzenRace:
(Clique na tabela para ampliar)

 Resultados GetzenChamp 
(Prova final com os 5 primeiros classificados da GetzenRace):
(Clique na tabela para ampliar)



quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Endu-Roc 2012


1. Jordi Figueras (GG)
2. Dani Gibert (Husaberg)
3. Gerard Farres (KTM)
4. Marc Sola (KTM)
5. Melcior Faja (KTM)


A Endu Roc é uma das provas que compõem o Super Enduro Challenge. Um campeonato com 3 provas onde se incluem também a Bassella Race 1 e a Motorland.
Aqui fica o video promocional da competição:

Troféu Husaberg | Turres OffRoad termina na lama


(Clique na imagem para ampliar)

(Clique na imagem para ampliar)

1º Enduro Celavisa | U.R.P. Celavisense com muita lama.



Uma verdadeira jornada de Enduro decorreu no passado fim-de-semana na localidade de Celavisa. A União Recreio e Progresso Celavisense aproveitou da melhor forma a pequena aldeia pertencente ao concelho de Arganil, em tempos foi local de passagem de importantes eventos como os Internacional Six Days ou mesmo os nacionais de Enduro e TT - para organizar uma excelente prova extracampeonato.

Apesar das condições atmosféricas adversas que assolaram o território nacional, em prova estiveram oitenta e cinco pilotos repartidos por três classes e o troféu monomarca Husaberg, em que todos foram unânimes, que o percurso era bastante acessível, no entanto devido à lama as especiais tornaram-se escorregadias e o percurso muito traiçoeiro, prova disso só 65 pilotos terminariam a prova.

Luís Correia um pluricampeão a brindar-nos com uma sempre espectacular condução, a levar a sua “Beta” ao topo da classificação e 1º da classe 2, e como se diz, que, velhos são os trapos, Paulo Miranda o veterano a levar a sua mota a 2º da geral e 1º dos veteranos, e na mesma classe o piloto de Gois Alexandre Vieira a ficar em segundo, na classe 1, o Piloto celso Moreira a ser o mais rápido, o piloto de Góis Bruno Cid “pelinho” a ser relegado para terceiro, devido a uma distracção no controle horário em que levou 1 minuto de penalização. No troféu Husaberg a ser o mais rápido o piloto Fernando Silva , seguido de Francisco Mota e Carlos Manuel.

Destaque ainda para os pilotos da “casa”, Paulo Alvoeiro, Romeu Madeira, Alexandre Vieira, Nuno Bandeira, Rui Ferreira “panda”, Ricardo Carvalho, Rui Duarte, Pedro Duarte “pitos”, Camané, que apesar de alguns não andarem habituados a estas lides se sobressaíram bem, terminando todos.

Sem apoios este tipo de prova não seria possível a sua realização. Agradecimento ao Município de Arganil, Junta de Freguesia de Celavisa que estiveram desde o inicio do nosso lado, ao Sr Presidente da C. M. Arganil Eng, Ricardo P. Alves e representante da J. F. Celavisa Álvaro Batista, pela presença na entrega de prémios. Agradecimento, as empresas; José Alvoeiro construção civil pela cedência de máquinas, Lousãmotos, Moto Castanheira e Serpins Moto pela oferta de material para o sorteio, a Masac e Irmãos Sousa,Sa, pela oferta de manga plástica, J. Silvas, Ldª, CTC Consultaria, Ldª, e a todos os colaboradores que estiveram no percurso, no assador, na cozinha, no bar etc, a todos os proprietários pela cedência de passagem seus terrenos.

Geral Celavisa: 1º Luís Correia; 2º Paulo Miranda; 3º Fernando Silva; 4º Celso Moreira; 5º Filipe Centeno

Classe E1: 1º Celso Moreira; 2º Filipe Saúde; 3º Bruno Cid; 4º Rodrigo Albuquerque; 5º Flavio Martins

Classe E2: 1º Luís Correia; 2º Fernando Silva; 3º Filipe Centeno; 4º Filipe Rei; 5º Marco Fidalgo

Classe Veteranos: 1º Paulo Miranda; 2º Alexandre Vieira; 3º Enrique Subiran; 4º Carlos Lopes;5º Carlos Gonçalves

Troféu Husaberg: 1º Fernando Silva; 2º Francisco Mota; 3º Carlos Manuel; 4º Ricardo Silva; 5ºHugo Afonso

Texto: Organização
Foto: Beta Portugal

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

The Race 2012

1. Julien Gauthier - Kawasaki
2. Fabien Planet - Sherco
3. Marc Bourgeois - Yamaha



Red Bull Sea to Sky 2012

136 pilotos; 20 países representados; início na cota zero (praia) e final na cota 2365.
São estes os ingredientes da Red Bull Sea to Sky 2012, que agora podem rever com o vídeo completo da prova.
São 43 minutos de enduro puro e duro..



Wide Ride - Moto Movie



Iniciativa Bianchi Prata

 Vamos todos pôr a Bandeira de Portugal a voar bem alto no Dakar 2013

Queres apoiar o projeto Bianchi Prata para o Dakar´13? 

Informa-te aqui!



Ajudem-nos a seguir com este sonho, e veja como o SEU NOME também pode fazer parte da ÚNICA equipa nacional, a participar no Dakar 2013!!


Podes contribuir para o nosso projeto através de:



Contamos com o vosso apoio! Viva Portugal!


CONTRAPARTIDAS:


1€ - Nome inscrito no camião de apoio.

5€ - Nome escrito na moto.

7€ - Nome escrito na moto, camião de apoio + Poster autografado pelo Pedro Bianchi Prata.

10€ - Nome escrito na moto, no camião de apoio e no equipamento + Poster autografado pelo Pedro Bianchi Prata.

20€ - Nome escrito na moto, equipamento e camião de apoio + Poster autografado pelo próprio Pedro Bianchi Prata + T-shirt personalizada com agradecimento e assinada:"A Bandeira de Portugal voou bem alto no Dakar 2013. Obrigado "João" pelo teu apoio" e autografada, estampada com foto do Dakar.


Mais de 100€ - Nome escrito na moto, equipamento e camião de apoio + Poster autografado pelo próprio Pedro Bianchi Prata + T-shirt personalizada com agradecimento e assinada:"A Bandeira de Portugal voou bem alto no Dakar 2013. Obrigado "João" pelo teu apoio" e autografada, estampada com foto do Dakar. Baptismo de Enduro e TT com duração de uma hora, em Lisboa ou nas instalações do Porto.

Mais de 500€ - Nome escrito de cor à escolha na moto, equipamento e camião de apoio + Poster autografado pelo próprio Pedro Bianchi Prata + T-shirt personalizada com agradecimento e assinada:"A Bandeira de Portugal voou bem alto no Dakar 2013. Obrigado "João" pelo teu apoio" e autografada, estampada com foto do Dakar. Baptismo de Enduro e TT com duração de uma hora, em Lisboa ou nas instalações do Porto.

Mais de 1500€ - Nome escrito de cor à escolha e com tamanho maior na moto, equipamento e camião de apoio + Poster autografado pelo próprio Pedro Bianchi Prata + T-shirt personalizada com agradecimento e assinada:"A Bandeira de Portugal voou bem alto no Dakar 2013. Obrigado "João" pelo teu apoio" e autografada, estampada com foto do Dakar. Baptismo de Enduro e TT com duração de uma hora, em Lisboa ou nas instalações do Porto.

Mais de 5000€ - Nome escrito de cor à escolha e com tamanho maior na moto, equipamento e camião de apoio + Poster autografado pelo próprio Pedro Bianchi Prata + T-shirt personalizada com agradecimento e assinada:"A Bandeira de Portugal voou bem alto no Dakar 2013. Obrigado "João" pelo teu apoio" e autografada, estampada com foto do Dakar. Oferta de um dia a acompanhar a equipa nas corridas no campeonato nacional 2013 de Enduro ou TT.


OFERTA DE UMA EXPEDIÇÃO A MARROCOS DURANTE O ANO DE 2013.

INFO: vamosajudar@bianchiprata.com

Texto: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata
Fotos: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Luís Correia será piloto ofical Beta em 2013


Está confirmado!
Luís Correia finalmente ganhou o lugar que merece no enduro mundial e no próximo ano será piloto oficial da Beta.
Resta agora saber com que moto correrá, sendo provável a escolha entre a 350RR e a 450RR para a classe E2. O piloto declarou: Depois de tantos rumores, tenho o prazer de vos anunciar que no próximo ano estarei a fazer o Campeonato do Mundo de Enduro aos comandos de uma Beta! Vai ser uma nova etapa na minha vida, com uma moto que vou agora começar a conhecer e a testar, mas sempre com o objectivo de evoluir e alcançar bons resultados...

Foto: Arquivo


quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Mário Patrão: «É a altura certa para testar as minhas capacidades no Dakar!»


(Clique na imagem para ampliar)


The Roof of Africa 2012 - Video - Highlights



Christophe Nambotin

Aos comandos da sua KTM 300 EXC, o piloto francês arrasou completamente nesta temporada. Aqui fica uma lista das sua conquistas em 2012 e um video em sua homenagem:

- Campeão do Mundo de Enduro E3
- Vencedor à geral do Mundial
- Vencedor do Troféu The Brave One
- Vencedor na classe E3 dos ISDE 2012
- Vencedor à geral dos ISDE 2012
- Vencedor do Troféu ISDE 2012 com a França
- Campeão de França na classe E3
- Campeão absoluto de França
- Vencedor da clássica francesa Treflè Lozérien

Palavras para quê?



terça-feira, 20 de novembro de 2012

Ama Endurocross 2012 - Las Vegas


1. Taddy Blazusiak – KTM
2. Cody Webb – Beta
3. Mike Brown – KTM
4. Geoff Aaron – Honda-Christini
5. Justin Soule – Kawasaki
6. Kyle Redmond Husqvarna
8. Colton Haaker – Kawasaki
9. Max Gerston – Beta
10. Taylor Robert – Kawasaki

Blazusiak sagrou-se tetra-campeão. Assim ficou o campeonato:

1. Taddy Blazusiak – 249
2. Cody Webb – 179
3. Taylor Robert – 154



segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Mário Patrão vai participar na mais dura prova de Todo-o-Terreno do mundo… O Rali Dakar!

Mário Patrão participará em estreia na mais mediática prova de Todo-o-Terreno do mundo. O Rali Dakar decorre de 5 a 20 de Janeiro de 2013 no continente sul-americano e contará com a presença do piloto de Seia por entre a elevada lista de concorrentes.

O piloto da RR-Motos/Suzuki/Cepsa/Crédito Agrícola/Lusocargo, Pluri-Campeão Nacional de Todo-o-Terreno, já deu início à sua preparação para o grande evento, que aguarda com expetativa.



RR-Motos/Suzuki/Cepsa/Crédito Agrícola/Lusocargo



domingo, 18 de novembro de 2012

The Roof of Africa 2012 - 3º dia (último dia)

Com apenas 16 anos, Wade Young, venceu surpreendentemente a 45ª edição da Roof of Africa. O jovem piloto bateu Altus de Wet e o vencedor do ano passado, Graham Jarvis, que terminaram nos lugares seguintes do pódio.



terça-feira, 13 de novembro de 2012

The Roof of Africa 2012

A edição 2012 da prova arranca já na próxima 5ª feira dia 15, terminando no sábado, dia 17.
Aqui fica o video de apresentação:



Promoção Eni Outono/ Inverno


Entre Novembro de 2012 e Fevereiro de 2013, através da compra dos lubrificantes eni de base sintética e semi-sintética, ganhe excelentes artigos de merchandising.


Troféu Husaberg / TurresOffRoad rumou a Caminha

(Clique na imagem para ampliar)



quinta-feira, 8 de novembro de 2012

1º Sprint Enduro - Castanheira de Pêra



Os Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera em conjunto com o “Grupo dos Sacaninhas”, vão organizar no dia 06 de Janeiro de 2013 o 1º Sprint Enduro.

Esta é uma prova com um conceito diferente do Enduro tradicional. O Sprint Enduro tem tido o seu maior desenvolvimento no Reino Unido, sendo uma prova mais simplificada e aberta tanto a Motos de Enduro como de Motocross. Podemos pensar nesta prova como sendo apenas uma enorme Especial de Enduro, que certamente irá cativar os Enduristas que gostam mais do percurso e até têm mais qualidades aí, pois o cronometro irá contabilizar todo um percurso e não só especiais espectáculo.

Neste 1º Sprint Enduro, todos os Pilotos irão percorrer um traçado com cerca de 30 km, partindo dois pilotos de minuto a minuto, no final de cada volta a este percurso têm a assistência onde podem parar até um máximo de 25 minutos para receber apoio mecânico e abastecer combustível,  após essa paragem facultativa, iniciam outra volta ao percurso, num total de três voltas. Todas as voltas ao percurso são cronometradas como se trata-se de uma Especial de Enduro.

Apontem na agenda esta data, pois certamente irá valer a pena participar neste evento, que promete ser uma nova e interessante experiência para todos os adeptos de Enduro e Motocross.

Para abrir o apetite, vejam este pequeno video que mostra um pouco do traçado que irá ser usado para este evento.


Texto: Joel Santos


Red Bull Moments by Ivan Cervantes




Vitórias Husaberg no Gotland Grand National e Ukupacha Extreme 2012

Graham Jarvis

(Clique na imagem para ampliar)




Maio fez história em Portalegre


António Maio

Está desfeito o empate. António Maio é mesmo o rei de Portalegre. O piloto da Yamaha/Reiger suspensions/ Pinhelworks voltou a impor a sua lei na maior prova do TT nacional, vencendo a Baja Portalegre 500, do Automóvel Clube de Portugal, pelo quinto ano, terceiro consecutivo. “Estou muito satisfeito. Queria entrar para a história, pelo menos para já, e consegui”, frisou o piloto alentejano no final dos cerca de 400 quilómetros de prova, em que também Frederico Fino (Yamaha/ Reiger Suspensions/ Pinhel Works) esteve em grande nível, terminando no oitavo lugar, apesar de alguns contratempos.

Com as previsões a apontarem para chuva, António Maio decidiu apostar numa jogada tática e rodar de forma tranquila no prólogo de cinco quilómetros, de forma a partir mais atrás do que os seus adversários na luta pela vitória e controlar melhor a corrida. Se bem o pensou, melhor o fez. Ao largar do 39º lugar, nove minutos atrás do primeiro, fez uma corrida de trás para a frente, chegando mesmo a ultrapassar toda a gente, terminando juntamente com Hélder Rodrigues, que fechou os lugares do pódio. Logo a seguir chegou Mário Patrão, o segundo classificado. Até lá, António Maio impôs a lei do mais forte e conseguiu ultrapassar o mítico António Lopes e Patrão, que também venceram a prova rainha do TT nacional por quatro vezes. Desta forma, o piloto oficial da Yamaha igualou Felipe Campos que, em automóveis, é o recordista de vitórias. “A segunda metade do percurso estava muito difícil devido à lama e aos carros já por lá terem passado, mas consegui divertir-me que era algo que também queria”, concluiu Maio, enaltecendo as condições que lhe foram proporcionadas pela equipa. “A moto estava espetacular, com as suspensões muito bem acertadas, assim como o motor, o que me deu imensa segurança e confiança. Pude atacar sem medo e divertir-me. Devo, por isso, agradecer aos preparadores e a todos os patrocinadores”, disse ainda o herói de Portalegre, que viu o seu campeonato arruinado por uma lesão logo na prova de abertura e que terminou esta derradeira jornada com quase nove minutos de avanço sobre toda a concorrência.

Também Frederico Fino esteve em grande, ele que começou por ser quinto no prólogo. “Arranquei na primeira fila de pilotos para o percurso de sábado mas, pouco depois, tive um problema com os óculos, que embaciavam. Fui obrigado a parar dois ou três minutos para resolver o problema. Depois comecei a recuperar e andei bem até à terceira zona de assistência. A partir daí apanhámos o percurso dos automóveis, que já estava muito destruído e se tornava perigoso. Optei por baixar o ritmo, pois o objetivo era terminar. Foi o que fiz e ainda fui oitavo, pelo que a estratégia deu frutos”, explicou Frederico Fino, que agradeceu o trabalho de toda a equipa.

Frederico Fino

Rui Ventura (Yamaha/Reiger Suspensions/ Pinhel Works) terminou na 44ª posição, enquanto Miguel Navarro (Yamaha/ Reiger Suspension/ Pinhelworks) foi 58º, excelentes resultados tendo em conta que estiveram presentes cerca de uma centena de pilotos e quase um quarto deles não resistiu até final.

Rui Ventura

Miguel Navarro


Visite-nos no Facebook: http://www.facebook.com/ffino22

Yamaha/ Reiger Suspensions/ Pinhel Works