quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Arranque positivo para o Team KTM/Municipio de Coruche

Bernardo Megre

Com o início de mais um campeonato nacional de enduro começou igualmente a temporada 2014 para o Team KTM / Municipio de Coruche. Com dois pilotos em prova, Bernardo e David Megre, a equipa ribatejana deu assim início à época no Enduro de Góis.

Dividida mais uma vez entre os campeonatos nacionais de enduro e TT, a equipa liderada por David Megre entrou no enduro de Góis com objectivos distintos para os seus dois pilotos. Bernardo Megre quer lutar pelas vitórias na categoria Open 1, enquanto que David Megre procura acima de tudo ritmo competitivo com vista a mais uma época de Nacional de TT, onde procura o regresso aos títulos.

Os dois fizeram por isso provas distintas, com Bernardo Megre a lutar pelo sucesso na sua classe, mas acabando este primeiro confronto da época no segundo posto depois um bom início de prova, prejudicado por um contratempo inesperado na segunda passagem pela ‘Cross Test’.

‘Estava a fazer uma boa prova, mas na segunda passagem pela ‘Cross Test’ fiquei preso num rego muito profundo e acabei por me atrasar de forma irremediável para o primeiro classificado. Mesmo assim estou satisfeito com o resultado mas temos que trabalhar mais para estarmos ainda mais consistentes na próxima corrida. Quero agradecer ao meu irmão e ao José Mira pelo apoio que me deram.’

David Megre chegou a Góis consciente que tería uma jornada complicada e exigente. Os 40 quilómetros de percurso estavam marcados pela lama e piso escorregadio fruto do inverno rigoroso que assolou o país e fruto das condições quase extremas as dificuldades seríam ainda maiores neste regresso à competição depois de um período de recuperação devido a um pulso fracturado.

David Megre

‘Sabia que o fim-de-semana sería complicado e foi o que aconteceu. Logo na primeira volta tive um problema com a bateria da moto e penalizei sete minutos. Imprimi um ritmo muito forte na segunda volta para recuperar e não penalizar mais e isso deixou-me bastante desgastado. Mas na terceira volta consegui um bom ritmo e fiquei satisfeito com os meus registos nas especiais, o mesmo se passando na quarta e última volta. De qualquer das formas temos que preparar ainda melhor a próxima corrida, na Régua.’

O balanço global acaba assim por ser positivo no arranque de uma temporada 2014 onde a equipa promete mais uma vez lutar pelos títulos nas suas classes, tanto no Enduro como TT.

Hype Communications

Sem comentários: