segunda-feira, 10 de março de 2014

Bianchi Prata - Regresso à Baja Itália


No arranque de mais uma época internacional de TT Bianchi Prata o portuense Pedro Bianchi Prata vai estar entre os próximos dias 14 e 16 de Março em mais uma edição da Baja Itália. A prova transalpina será a ronda de abertura do campeonato europeu de Bajas e também a abertura da Taça do Mundo de Bajas, campeonato que o piloto da Husqvarna quer igualmente discutir em 2014.

Campeão Europeu de Bajas desde 2012 e com um calendário muito semelhante entre ambas as competições o objectivo para a nova temporada desportiva é conseguir não apenas revalidar o título continental mas sagrar-se igualmente vencedor da Taça do Mundo de Bajas, campeonato que à semelhança do Europeu conta com uma prova em solo nacional, a Baja Idanha-a-Nova. 

‘É uma grande responsabilidade por vou defender um titulo que é meu desde 2012. Esta prova é normalmente muito dura devido ao frio intenso que se faz sentir e aos difíceis percursos nos leitos de rios secos. É a primeira prova de um campeonato logo que quero novamente vencer e por isso vou encarar a corrida com uma margem de segurança porque quero começar já a pontuar. Estaremos três pilotos portugueses na estrutura e isso é importante por mais uma vez mostramos que Portugal tem pilotos capazes de discutir títulos europeus e mundiais no TT.’

A prova italiana promete assim ser mais um duro desafio não só para os pilotos como para as máquinas e para fazer face ás esperadas baixas temperaturas e percursos demolidores a equipa nortenha esteve a preparar de forma intensa esta participação no norte de Portugal, aproveitando da melhor as extremas condições climatéricas que nos últimos meses afectaram o nosso país.

‘Vamos utilizar a mesma moto que participou no Dakar 2014 mas numa versão ‘Baja’, mais leve e com menos instrumentos de orientação. Todo o restante conjunto é igual ao que foi utilizado na América do Sul, sem evoluções a nível técnico. O muito frio e chuva que se fizeram sentir em Portugal nos últimos tempos serviram na perfeição para preparar a prova e chegámos mesmo a rodar em neve porque poderemos encontrar condições muito similares em Itália. Estamos prontos e queremos começar os campeonatos da melhor forma, com pontos que podem ser importantes no final do ano.’

A Baja Itália 2014 terá um percurso com quilometragem total superior aos 700 quilómetros, com os seus conhecidos leitos de rio a serem mais uma vez temidos por todos os pilotos.

Hype Communications

Sem comentários: