domingo, 20 de abril de 2014

Mais de duzentos pilotos rolaram na Lousã


A festa aconteceu na Lousã, sete anos depois da última edição da prova, e 25 anos após a edição pioneira. O Montanha Clube conseguiu superar por boa margem a cota das duas centenas de pilotos, ficando este Enduro para a história como uma dos mais participados de sempre em Portugal.

Sob condições climatéricas favoráveis, pois só chuviscou durante a primeira volta, os concorrentes enfrentaram um percurso com cerca de 40 Km, num terreno com abundância de escorregadia pedra xistosa, em quatro voltas consecutivas para as classes principais e três troços cronometrados por volta.

A nível absoluto, os quatro primeiros classificados foram precisamente os mesmos da ronda anterior. Luís Correia estava imparável, sendo o mais rápido em dez das doze passagens cronometradas, para conquistar uma vitória folgada, com 1m15s sobre Gonçalo Reis. Este conseguiu impor-se a Diogo Ventura na luta pelo 2.º posto, que esteve mais equilibrado durante a primeira metade da prova. Joaquim Rodrigues terminou no 4.º lugar absoluto, e vitorioso na Elite 1, batendo por 1m25s Mário Patrão. Na 3.ª posição da classe acabou Fábio Pereira, seguido de João Ribeiro, este a registar alguns contratempos.

Em termos de Campeonato, Luís Correia é agora comandante isolado nas tabelas absoluta e Elite 2, com 3 pontos de vantagem sobre Gonçalo Reis, e Joaquim Rodrigues permanece invicto na Elite 1.

Animado foi o confronto na classe Open 1, na qual cinco pilotos diferentes inseriram o nome entre os mais rápidos nos troços. À entrada para a derradeira volta apenas um décimo de segundo separava Jorge Leite de Hélio Santos, mas nessa passagem Leite imprimiu um ritmo superior, ganhando mais de meio minuto ao rival. No 3.º lugar ficou João Hortega, enquanto o crossista João Vivas, que inicialmente esteve envolvido na discussão da vitória, acabou por ter de abandonar a meio da prova, com o carter da moto partido.

Tal como Jorge Leite na Open 1, também Filipe Sampaio segue invicto no Campeonato da Open 2. Mais rápido em oito troços, comandou a sua classe desde o início da jornada, para terminar com mais de um minuto de avanço sobre Diogo Valença. Nos lugares seguintes ficaram Ivo Pinto e Fernando Sousa.

No Troféu Verdes, classe 2, Nuno Pereira bateu André Almeida por 22,4s, enquanto na classe 1 a diferença foi de 1m25s entre o vencedor João Araújo e o 2.º colocado, Marco Lopes. Nos Super Veteranos, João Saraiva impôs-se a Paulo Viana por 37,5s. Nas restantes classes as diferenças entre os dois primeiros foram sempre superiores a 1m15s, com António Oliveira a ganhar nos Veteranos diante de Jorge Peixoto, André Martins a levar a melhor sobre João Amado na Enduro Cup, e Rita Vieira a bater Flávia Rolo nas Senhoras. O Campeonato Nacional de Enduro irá prosseguir com a sua quarta jornada no dia 18 de Maio, em Castelo Branco.


(Clique para ampliar)

FMP

Sem comentários: