segunda-feira, 21 de abril de 2014

Travão atrasa arranque de Ruben Faria


Começou hoje a edição 2014 do Qatar Sealine Rally. Aos comandos da sua KTM 450 Rally oficial Ruben Faria faz nas areias do Qatar a sua primeira prova internacional do ano, sendo esta a segunda a pontuar para o campeonato do mundo de rallies e cross-country. Após a ausência da primeira prova, discutida na passada semana no Abu Dhabi, o piloto de Olhão regressou assim novamente ás pistas internacionais.

‘É sempre bom estar de volta ás grandes competições. Após tanto tempo ausente deste tipo de corridas foi com natural expectativa que arranquei hoje para a primeira especial da prova. Soube muito bem estar de novo aos comandos da minha KTM.’

Ruben Faria foi hoje o primeiro piloto a entrar em pista, juntamente com o seu colega de equipa Sam Sunderland, por força de não ter ainda pontuado no campeonato. Uma saída na frente da corrida que acabou por ser de alguma forma preponderante para o resultado final, pois mesmo sendo uma especial curta, com pouco mais de 230 quilómetros, a navegação exigida acabou por não ajudar os dois pilotos da KTM, factor ao qual se juntou mais tarde um problema com o travão traseiro da moto que condicionou ainda mais o resultado final.

‘Sair na frente é sempre complicado numa prova como esta. Andamos sempre em dunas e a navegação é exigente, pois não temos muitos pontos visuais de referência devido à paisagem ser sempre muito semelhante. Dunas e mais dunas que limitaram este primeiro dia de competição e mais tarde com o problema no travão traseiro fiquei ainda mais limitado. Acabei por perder algum tempo para os pilotos da frente, mas nada que não possa recuperar já a partir de amanhã.’

Ruben Faria acabou por fechar este primeiro dia de prova na oitava posição, perdendo mais de 19 minutos para o primeiro líder da competição, logo atrás de Sam Sunderland. Mas amanhã, saíndo mais atrás o piloto de Olhão aponta como objectivos para a jornada recuperar algum do tempo perdido, sem no entanto descurar a navegação e a constante evolução da KTM 450 Rally, um dos principais objectivos da sua participação neste segunda prova do campeonato do mundo.

Hype Communications

Sem comentários: