quarta-feira, 16 de julho de 2014

Lorenzo Santolino repete a dose


Em Águeda, 180 pilotos enfrentaram um percurso na ordem de 50 Km – no caso das classes principais, em quatro voltas consecutivas – e um total de onze passagens por troços especiais cronometrados. Muito calor e pó intenso, em terreno seco e duro, acompanharam os concorrentes neste Domingo.

Lorenzo Santolino construiu a sua vantagem essencialmente na primeira metade da prova, na qual foi o mais rápido em cinco “especiais, tantas como Luís Correia e a restante para Gonçalo Reis. O espanhol ganhou com 9,7s de vantagem sobre Correia, mas este só alcançou a 2.ª posição mesmo no último troço, quando se impôs a Reis para uma diferença final entre eles de 2,1s.

Diogo Ventura foi 4.º absoluto, diante dos melhores representantes da Elite 1, Joaquim Rodrigues, João Ribeiro e Fábio Pereira. Bruno Santos penalizou 19 minutos, e Mário Patrão foi desclassificado por excesso de penalização, para reparar um problema na embraiagem.

No Campeonato, quando restam dois dias pontuáveis por disputar – a dupla jornada em Alcanena, a 20 e 21 de Setembro – Luís Correia está muito encaminhado para a conquista dos títulos absoluto e na classe Elite 2, enquanto Joaquim Rodrigues só precisa de somar mais 2 pontos para ser campeão na Elite 1, na qual permanece invicto.

Na categoria Open, as penalizações tiveram influência nos resultados, a maioria registada na passagem inaugural pelo segundo e mais apertado controle. Independentemente disso, os mais rápidos no percurso na classe 1, João Vivas e Carlos Pedrosa, foram desclassificados por falharem controles horários. João Hortega foi o menos penalizado (4 minutos) e venceu, diante de José Pimenta, (11m), Aníbal Botelho (16m), e Jorge Leite (24m). Este último, todavia, apesar de problema com a moto numa “especial”, recuperou o comando do Campeonato.

Na Open 2, assistiu-se a novo duelo ao segundo entre Filipe Sampaio e Diogo Valença, com diferença final de 1,7s favorável a Sampaio. Porém, como penalizaram 3 minutos e Ivo Pinto apenas 1m, foi este último o vencedor.

Quanto aos Troféus, em Verdes 1 João Lourenço renovou com a vitória, ficando João Araújo a 20,6s, e em Verdes 2 Rui Almeida superiorizou-se a Gonçalo Gomes por 1m36s. Mais de 20 segundos fizeram a diferença entre os dois primeiros nas classes Veteranos e Super Veteranos, respectivamente com Arsénio Miranda e Rodolfo Sampaio a levarem a melhor sobre Albano Mouta e João Saraiva.

Nas Senhoras houve novidades, pois Flávia Rolo conseguiu pela primeira vez bater Rita Vieira, o que aconteceria mesmo sem as penalizações sofridas, de 2m e 17m, respectivamente. Na Enduro Cup ganhou João Amado, com 56s sobre Rodrigo Belchior.



(Clique para ampliar)

Texto e tabelas: FMP
Foto: Luís Pedro Norte

Sem comentários: