sexta-feira, 18 de julho de 2014

Team Bianchi Prata com bom arranque em Aragón

Rui Oliveira

Começou hoje na cidade espanhola da Teruel a 31ª edição da Baja Aragón, prova que mais uma vez integra o calendário da Taça do Mundo de Bajas da FIM, jornada onde a equipa de Bianchi Prata está presente com o piloto espanhol Oriol Escalé, hoje o oitavo classificado no prólogo realizado junto à cidade anfitriã.

Com quase duas centenas de participantes, dos quais 35 estão nas categorias moto, a Baja Aragón arrancou com a realização do prólogo com 6.500 metros, escorregadio e bastante seco como é hábito nesta região espanhola junto à principal via rodoviária que liga a capital espanhola a Zaragoza. Um prólogo onde o jovem piloto não correu riscos e jogou de forma estratégica para arrancar para o segundo dia de prova numa excelente posição face aos adversários.

Amanhã os pilotos enfrentam duas especiais, a primeira com pouco mais de 217 quilómetros e a segunda com 116, naquele que será um dia certamente bastante duro no sempre árido deserto dos Monegros, a imagem de marca da Baja Aragón desde a sua primeira edição. As mesmas duas especiais serão repetidas no Domingo no fecho da edição 2014 da prova espanhola.

‘O Oriol fez um prólogo muito inteligente. Não arriscou para não prejudicar a sua ordem de partida e amanhã vai iniciar a prova numa excelente posição. Estou bastante confiante que ele vai fazer aqui um bom resultado.’ palavras de Pedro Bianchi Prata que está em Teruel a apoiar não apenas o jovem espanhol mas igualmente dois pilotos portugueses que contam com assistência da equipa do Porto, a estreante Rita Vieira que aos comandos da sua AJP PR5 conseguiu a 32ª posição no prólogo e também o experiente Rui Oliveira, 34º no final do prólogo depois de ter ficado sem travão da frente devido ao embate de uma pedra no mesmo.

Rita Vieira

‘A Rita fez um prólogo calmo e sem exageros. É a sua primeira prova internacional e o principal objectivo é levar até ao final a AJP PR5. O Rui teve azar mas irá certamente recuperar amanhã e depois. Tem experiência e andamento para tal.’ comentou igualmente Pedro Bianchi Prata.

Quanto a Oriol Escalé, que prepara a presença no Dakar 2015, tornou-se conhecido depois de no passado ano ter recebido o apoio de Nasser Alttiyah para participar na prova juntamente com o seu irmão Gilbert, seu irmão gémeo. Os dois tinham ficado sem um patrocinador e apenas um podia estar na prova, situação salva pelo piloto do Qatar. Agora Oriol está junto da equipa Bianchi Prata, com a qual poderá fazer o Dakar 2015 junto com o irmão, recordando-se que foi junto da equipa do Porto que ‘nasceram’ para as grandes maratonas africanas os dois campeões do mundo TT, Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves.

Hype Communications

Sem comentários: