segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Bianchi Prata em segundo na Hungria


Após ter inicialmente divulgado resultados finais que colocavam Bianchi Prata na terceira posição final da Baja Hungria 2014, segunda prova do campeonato europeu de Bajas, a organização da competição realizada na localidade de Pápa reviu os resultados finais da competição e como consequência o piloto do Porto ascendeu uma posição na classificação geral para ser segundo classificado na prova.

Uma revisão de resultados anunciada já ao final do dia na Hungria e que colocou alguma verdade desportiva na competição, apesar de se manter a anulação da segunda especial do derradeiro dia. Para Bianchi Prata a vitória ficou a pouco mais de uma mão cheia de minutos, o que deixou o piloto do Porto mais animado em termos de campeonato, mas desiludido com os acontecimentos.

‘Foi pena toda esta confusão com uma especial anulada e os resultados revistos passadas muitas horas. Subir a segundo é bom naturalmente, mas em condições normais sei que a vitória era minha sem contestação. Na especial anulada ganhei mais de cinco minutos ao vencedor e na derradeira passagem pela mesma perdi 12 minutos fruto de estar com o amortecedor traseiro com a mola partida. Por tudo isso sei que podia mesmo ter conseguido a terceira vitória consecutiva na prova.’

Bianchi Prata vai lutar até ao final pela revalidação do título europeu, cuja última prova se desenrola em Idanha-A-Nova, mas sabe que não depende apenas de si para se sagrar de novo campeão, já que depois do campeonato ter perdido duas provas anteriormente previstas será complicado anular a diferença.

‘Não vai ser fácil, mas até ao final da corrida tudo pode acontecer. Com o campeonato mais curto é complicado recuperar a diferença, mas vamos lutar e aproveitar ao máximo o facto de estarmos em Portugal.’

Juntamente com Bianchi Prata terminou igualmente a prova Rita Vieira, que venceu novamente entre as Senhoras e conseguiu também a primeira posição entre os júniores. 


A jovem piloto aos comandos da portuguesa AJP PR5 assumiu assim a liderança do campeonato do mundo feminino e também dos júniores, após as vitórias conseguidas em Espanha e na Hungria. Recorde-se que Rita Vieira está a fazer em 2014 as suas primeiras provas a nível internacional, com resultados notáveis que começam mesmo já a merecer atenção de algumas equipas estrangeiras.

Hype Communications

Sem comentários: