sábado, 16 de agosto de 2014

Pódio na Hungria para Bianchi Prata


Bianchi Prata conseguiu hoje em Pápa na Hungria a terceira posição na Baja Hungria, segunda prova do campeonato europeu de Bajas. Após dois dias de competição e mais de 440 quilómetros ao cronómetro divididos pelas cinco especiais do programa, duas delas repetidas neste derradeiro dia, o piloto do Porto fecha no pódio a competição, com a anulação de uma das especiais a ditar a descida ao degrau mais baixo do pódio.

Após um início mais cauteloso nos pouco mais de 55 quilómetros do dia de ontem, marcado por muita chuva, lama e uma especial bastante perigosa, o piloto do Porto atacou decidido a dupla passagem pelas especiais de hoje com o objectivo claro de lutar pela terceira vitória consecutiva na competição.

‘O dia de ontem não foi nada de especial. Devido à chuva o piso estava demasiado encharcado e a especial tinha muitas armadilhas em especial nos sectores onde andámos entre árvores e com muita erva. Andei rápido na fase inicial mas depois tive uma saída de pista a alta velocidade e baixei o ritmo para chegar ao final já com o pensamento no dia de hoje pois com duas especiais podia recuperar.’

Neste segundo dia Bianchi Prata cumpriu os seus objectivos e logo na primeira volta ás duas especiais atacou a liderança que acabou por conquistar no final da primeira metade do dia. Mas a organização anulou precisamente a especial em que o piloto da Husqvarna tinha conseguido ascender à posição de líder e com um problema no amortecedor traseiro na derradeira especial, a mais longa da prova, foi impossível conseguir melhor que o terceiro posto.

‘O resultado final é de alguma forma agri-doce. Com a anulação de uma das especiais acabei por perder a corrida e descer ao terceiro posto. Ataquei forte nessa especial e ganhei muito tempo aos meus adversários, mas com a anulação da mesma fiquei em terceiro. Cheguei ao final da corrida com alguma sorte pois a mola do amortecedor traseiro partiu-se e tive que fazer a derradeira especial em ritmo mais lento depois de uma ‘bricolage’ de emergência com a ajuda do Marco.’

Bianchi Prata consegue mais um excelente resultado na prova húngara e com apenas uma prova no calendário 2014 por realizar, a Baja TT Idanha-A-Nova, o objectivo de conquistar o título europeu pelo terceiro ano consecutivo continua presente pois em Pápa o piloto do Porto recuperou pontos para os adversários que o tinham batido em Itália aquando da primeira prova do campeonato.

Juntamente com Bianchi Prata estiveram na prova mais dois portugueses, com o figueirense Rui Costa a abandonar ainda na fase matinal deste segundo dia e a jovem Rita Vieira a conseguir aos comandos da sua AJP PR5 mais uma vitória na Taça FIM de Bajas ao repetir o sucesso conseguido na Baja Espanha.

Hype Communications

Sem comentários: