domingo, 8 de março de 2015

Evolução em Castelo Branco da Raposeira Bubbles Racing Team

Rita Vieira

A cidade de Castelo Branco recebeu hoje a caravana do campeonato nacional de enduro para a segunda prova do campeonato 2015. Na terceira edição da sua prova elegível para o campeonato de enduro a Escuderia de Castelo Branco preparou uma percurso com 42 quilómetros de extensão num terreno seco e duro tipico da região.

A equipa Raposeira Bubbles Racing Team esteve novamente presente na prova com Rita e Diogo Vieira, ambos à procura de repetir os bons resultados da abertura da época em Góis, com especial destaque para Rita que tinha ganho a competição feminina na abertura do novo ano desportivo. Com mais uma mês de treino e desenvolvimento das motos a equipa assistida pela Bianchi Prata Racing Service encarou com ambição a prova e as suas especiais, as duas mais longas (Cross e Enduro Test) com cinco quilómetros e a Extreme com uns mais curtos mas exigentes 800 metros de extensão.

Ao contrário da abertura da temporada Rita Vieira não venceu desta feita a competição feminina, terminando a prova albicastrense na segunda posição, mostrando-se no entanto bastante satisfeita com a sua prestação no final deste segundo dia de campeonato.

‘Apesar de ter ficado em segundo senti-me muito bem ao longo deste dia. Estou mais confortável com a moto e fisicamente senti-me igualmente bastante bem. Caí por duas vezes ao longo do dia e isso condicionou o resultado final, mas agora é tempo de trabalhar a pensar já na corrida da Lousã.’

Na quinta posição entre os concorrentes da classe Open terminou o seu irmão, Diogo Vieira, piloto que faz este ano a sua estreia na modalidade e que demonstrou no final da competição a sua satisfação pela evolução e consistência dos seus tempos especial a especial, mesmo competindo num terreno quase que desconhecido para ele. 

‘A prova não correu de acordo com os meus desejos. Senti que estava mais forte e com bom ritmo nas especiais, mas faltam ainda alguns ajustes na moto, que estava bem melhor nesta corrida face a Góis. O terreno estava bastante seco e duro, muito diferente do que tenho encontrado em treinos, com muita lama no norte do país. Mas senti-me bem, mais forte e tenho que continuar a trabalhar.’

Um resultado positivo para a jovem equipa, recorde-se que Diogo Vieira fez aqui a sua segunda prova de enduro em termos de carreira, que pensa já na terceira ronda do campeonato a realizar na Lousã no próximo dia 4 de Abril.

Hype Communications

Sem comentários: