segunda-feira, 2 de março de 2015

Ivo Fernandes vence no dilúvio de Caminha

Ivo Fernandes

Foram perto de 270, os bravos pilotos que enfrentaram as duras condições do Enduro de Caminha no passado fim-de-semana, 2ª prova do Troféu Luso Galaico Mota de Monte, desta feita também a contar para a Liga Galega Mota de Campo. A chuva não deu tréguas e brindou os pilotos que se fizeram ao percurso delineado pela organização, nos belos trilhos da região.

Ivo Fernandes repetiu a vitória conseguida na primeira prova disputada em Valongo, com uma vantagem de 1 minuto e 54 segundos sobre o segundo classificado, o espanhol Daniel Mayan. O piloto da Sherco venceu 5 das 9 especiais cronometradas.
No lugar mais baixo do pódio, terminou Daniel Carracedo, à frente de Adelino Sousa, que ficou a apenas meio segundo do espanhol.
Ivo Fernandes, Adelino Sousa e Alexandre Mendes, foram os 3 primeiros classificados na classe Pro.

Na classe Expert, apenas 3,58 segundos separaram os dois primeiros. João Vieira garantiu a vitória e André Mouta foi o segundo classificado. Celso Moreira terminou em terceiro, a 1 minuto e 19 segundos do vencedor.

Norberto Teixeira voltou a vencer na Enduro 1. O piloto da Yamaha garantiu o primeiro lugar, com 1 minuto e 46 segundos de avanço sobre Pedro Silva. Na terceira posição, terminou Emanuel Costa.

Norberto Teixeira, vencedor da classe Enduro 1

Na Enduro 2, Tiago Ferreira, Gerardo Sampaio e Márcio Barbosa envolveram-se novamente numa grande luta pela vitória, com Nuno Matos e Miguel Fernandes sempre por perto.
Depois de ter sido 4º classificado em Valongo, Tiago Ferreira usou a regularidade como principal trunfo e conquistou o lugar mais alto do pódio, mesmo sem ter ganho qualquer especial. Na segunda posição terminou Gerardo Sampaio, a 10 segundos de Ferreira, igualando assim o resultado conseguido na primeira prova. Na terceira posição ficou Márcio Barbosa, o vencedor de Valongo, a 24,19 segundos do 1º classificado.

Na classe das motos de maior cilindrada, a Enduro 3, Sandro Pinto foi mais um piloto que tirou partido da regularidade. Com apenas uma vitória em especiais, na Enduro Teste 2, garantiu o primeiro lugar com 31,74 segundos de vantagem sobre Pedro Aluno. Na terceira posição e a apenas 3,14 segundos de Aluno, ficou o vencedor da primeira prova, Luís Oliveira.

Nos Júniores, Gerson Pinto foi o melhor, com 56,89 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, Leandro Pereira.

Nuno Freitas foi o vencedor nos Veteranos, Paulo Carvalhido venceu nos Veteranos Séniores e, na classe Promoção, Ivo Cardoso foi o mais forte.

Águeda será o próximo ponto de encontro, mais especificamente Belazaima do Chão, que receberá a 3ª prova no final do mês, no dia 29.

NDR: Apesar de ter terminado em 3º da geral e 2º da classe Pro, Filipe Vilarinho (Joaquim Rodrigues) sofreu uma penalização de 2 minutos, perdendo assim várias posições na classificação final.

Todos os resultados

Extreme Teste

Fotos: Vasco Morais

Sem comentários: