segunda-feira, 25 de maio de 2015

Góis Moto Clube com duplo pódio na Figueira da Foz


A cidade “veraneante” da Figueira da Foz recebeu no passado fim-de-semana a quarta jornada pontuável para o Campeonato Nacional de Enduro´15. Mais de duas centenas de pilotos enfrentaram uma tórrida jornada, cumprindo um traçado misto com aproximadamente quarenta e cinco quilómetros, com três especiais cronometradas. Destaque para a enduro-test que decorreu no areal da praia, para delírio do muito público presente.

Este ano e com um calendário desportivo divido entre o enduro e o todo-o-terreno, a formação beirã apresentou-se na Figueira com os pilotos Pedro Duarte (Verdes 3), Carlos Lopes (SuperVet) e ainda Nuno Bandeira (Verdes 1). Um balanço francamente positivo pois entre os três participantes, Góis Moto Clube garantiu dois pódios nesta jornada.

Pedro Duarte tem demonstrado uma grande evolução prova após prova e mesmo sem se sentir muito à vontade na especial em areia, garantiu na Figueira um brilhante terceiro lugar da classe – igual classificação no trofeu Beta. Com este resultado o piloto Drenaline é agora 2º classificado da geral – Verdes3. A inexperiência de andar em areia fez-me perder bastante tempo em duas passagens, no entanto a regularidade ao longo do dia, deu-me o pódio. Estou satisfeito com o resultado e agora é voltar ao trabalho para na Régua tentar ganhar” concluiu satisfeito Pedro Duarte.

A militar nos SuperVeteranos, Carlos Lopes garantiu nesta quarta jornada o terceiro lugar da classe. Com este excelente resultado e beneficiando da ausência do seu colega de equipa José Alvoeiro – por lesão, o piloto de Góis ascendeu assim à quarta posição da geral. “Foi uma corrida dura mas que me correu bem. Quero lutar pela vitória da classe e aqui conquistei pontos importantes”.

A fazer a sua estreia no “Nacional” de Enduro desta temporada, Nuno Bandeira sentiu algumas dificuldades e com alguma falta de ritmo, não foi além do 23º lugar da categoria Verdes 1. “Não consegui ser rápido devido à falta de ritmo e também à inexperiência de andar neste tipo de terreno, no entanto consegui terminar a prova que era o meu principal objetivo. Valeu pelo treino e pela camaradagem que se vive na caravana nacional”.

Góis Moto Clube agradece desde já todo o apoio por parte da Drenaline, Alves Bandeira, CCAM, Sagres Zero, Crédito Agrícola, Wurth, Putoline, Góis Município, Psicológico Hot-Dog, Água do Luso, José Alvoeiro Construção Civil, Intermarche Alganil e J. Silvas Lda.

As competições da formação beirã prosseguem já no próximo fim-de-semana no Algarve, com a Baja Cidade Europeia do Desporto. Loulé será o centro nevrálgico da prova, que irá percorrer também os trilhos de Alcoutim, base da prova o ano passado, e ainda Almodôvar.

Texto: Evo-press
Fotos: Ladeiro Extreme Photography

Sem comentários: