sábado, 9 de maio de 2015

GP de Portugal Gouveia 2015 apresentado em Lisboa


A sede da Federação de Motociclismo de Portugal foi o local escolhido para a derradeira apresentação do GP de Portugal Gouveia 2015. Com a presença de Luís Tadeu Marques, Presidente da Câmara Municipal de Gouveia, Manuel Marinheiro, Presidente da FMP e José Brito, o director de prova, foi revelado o formato da prova que vai receber os melhores pilotos do mundo da especialidade.

Gouveia receberá durante três dias um extenso programa de competição por trilhos serranos com vista para o deslumbrante cenário da Serra da Estrela. A ação central da prova terá a particularidade inédita de se concentrar no Parque Senhora dos Verdes, propriedade local com cerca de 2000 hectares, dos quais 22 vedados para receber público e participantes.

Fruto de um esforço e uma aposta clara na promoção da sua região, a Câmara Municipal de Gouveia aceitou desde o primeiro momento o desafio de trazer ao seu concelho uma prova de cariz mundial que irá projectar esta bela região junto à Serra da Estrela por todo o mundo fruto das muitas horas de transmissão televisiva que todas as provas do campeonato atingem anualmente, não esquecendo os jornalistas de vários países da Europa que mais uma vez acorrem a um evento da especialidade. Um esforço que trará não apenas mais valias em termos de imagem mas igualmente em termos económicos para toda a região com a ocupação hoteleira quase que completamente esgotada num raio de 25 quilómetros a uma semana do início deste GP de Portugal Gouveia 2015.

O GP de Portugal de Enduro terá início no final de tarde de sexta-feira, 15 de Maio, com a realização de uma “Super-Especial”. Sábado e Domingo, 16 e 17 de Maio, os participantes farão 4 voltas a um percurso na ordem dos 40 quilómetros, onde estarão incluídas as passagens pelas três especiais cronometradas ‘Enduro-Test’, ‘Cross-Test’ e ‘Extreme-Test’, todas elas situadas no Parque Senhora dos Verdes e com fáceis e curtos acessos ao público, numa aposta de centralização de zonas de fácil acesso ao público que facilmente poderá acompanhar todo o evento sem ter sequer que se deslocar do centro nevrálgico da competição. Com diferentes quilometragens, as especiais diferem entre si também no seu tipo de percurso: a ‘Enduro Test’ com os seus oito quilómetros é totalmente natural, a ‘Cross-Test’ aproveita o terreno e alguns obstáculos construídos para o efeito, com a ‘Extreme-Test’ a ser totalmente construída para ser como é hábito a especial mais exigente para os pilotos e também a mais espectacular para o público.

Em prova estarão as categorias principais do Campeonato do Mundo de Enduro - E1, E2 e E3 - bem como os representantes das classes Juniores, Youth, a sempre espectacular classe reservada a Senhoras e ainda os pilotos portugueses que se inscreveram na classe Open, numa lista de inscritos a atingir a centena e meia de participantes que durante três dias enfrentam e descobrem os belos trilhos da região.

Entre os pilotos portugueses presentes estará em destaque o trio que este ano participa no campeonato do mundo a tempo inteiro, composto por Luís Correia, Diogo Ventura e Luís Oliveira, o primeiro na classe Enduro 3 e os outros dois na classe Júnior, apontando qualquer um deles um lugar de pódio em ambos os dias como principal objectivo. Juntamente com eles ainda alguns dos pilotos que habitualmente são protagonistas do campeonato nacional e que vão aproveitar a prova para entrarem em confronto com as ‘estrelas’ do campeonato.

A caravana deverá começar a chegar a Gouveia já na próxima terça-feira, vinda directamente da segunda prova do campeonato que se realiza este fim-de-semana em Jerez de La Frontera e depois de muito trabalho ao longo dos últimos meses Gouveia está preparada para receber uma prova que quer ser de forma declarada a melhor do ano neste mundial de enduro.

Hype Communications

Sem comentários: