quarta-feira, 8 de julho de 2015

Sabores distintos em Alcanena para a Raposeira Bubbles Racing Team


Poucos dias depois da vitória conseguida na Baja Itália pelas mãos de Rita Vieira, o Raposeira Bubbles Racing Team regressou no passado Domingo ao campeonato nacional de enduro para enfrentar a sexta prova do campeonato. Alcanena foi a localidade anfitriã do evento, trazendo de regresso à vila uma modalidade com bastante história na localidade para mais uma etapa que se previa bastante exigente e competitiva.

Para a equipa do Porto foi uma prova com dois sabores totalmente diferentes, pois logo no início da competição Rita Vieira foi vitima de uma queda que a levou mesmo ao abandono na segunda especial com um entorse num pé. Uma lesão que não deverá demorar muito tempo a recuperar mas impediu a lider do campeonato feminino de discutir mais uma vitória.

‘Caí logo no início do percurso e magoei-me num pé. Cheguei à primeira especial e depois de fazer optei por abandonar devido ás dores. Foi pena, mas ainda estou na frente do campeonato e vou começar já a pensar na próxima Baja e no campeonato nacional de trial.’

Diogo Vieira voltou a ser uma dos protagonistas da classe Open e fechou esta ronda, que contou com um percurso com pouco menos de quatro dezenas de quilómetros desenhado no concelho de Alcanena, na segunda posição da sua categoria após um dia em que sentiu algumas dificuldades com a Enduro Test. 

‘Senti-me muito bem ao longo da prova mas continuo sem conseguir encontrar o meu ritmo nas Enduro Test onde perco sempre algum tempo. Na derradeira passagem mudei um pouco o meu estilo de condução e ao melhorar o meu tempo deu para perceber qual o rumo do meu trabalho nesta pausa do campeonato. O segundo lugar é muito bom em termos de campeonato.’

Diogo Vieira mantem-se na luta pelo título na categoria Open após esta sexta prova do campeonato, num nacional que regressa em Setembro para as suas derradeiras duas provas do ano, sendo a de encerramento marcada pelas duas pontuações em discussão. Uma prova com um balanço positivo por parte do responsável da equipa, Pedro Bianchi Prata.

‘Foi pena a Rita ter-se magoado. Mas o Diogo fez uma prova regular e continua a discutir o campeonato. O segundo lugar é muito positivo e a vitória em algumas especiais mostrou a sua rapidez. Perdeu algum tempo na Enduro Test mas isso é reflexo do trabalho que tem que continuar a ser feito com alguém que está a fazer a sua primeira época na modalidade. Foi mesmo pena a Rita se ter aleijado, mas durante este longo intervalo vamos continuar a trabalhar para estarmos ainda mais forte no regresso em Setembro.’

A equipa vai continuar a sua época desportiva com a presença já no próximo fim-de-semana na segunda prova do campeonato nacional de trial, modalidade em que o título nacional está nas mãos de Diogo Vieira, ele que venceu a primeira prova da especialidade.

Hype Communications

Sem comentários: