terça-feira, 1 de setembro de 2015

Problemas elétricos na Honda atrasam Paulo Gonçalves na primeira etapa do Atacama Rally


A primeira etapa do Atacama Rally 2015, quinta prova do calendário do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, decorreu hoje entre Viña del Mar e La Serena. Devido às fortes chuvas que têm abatido a região nas últimas semanas, a organização acabou por reduzir o percurso do dia a apenas dois setores cronometrados de quinze quilómetros, cancelando assim o segundo setor projetado em mais 180 quilómetros a contrarrelógio.
Depois da vitória no prólogo desta segunda-feira, Paulo Gonçalves teve o privilégio de escolher a posição de partida para a primeira etapa mas ainda no decorrer da primeira volta, numa zona exigente de dunas acabou por sofrer um problema elétrico na sua Honda CRF450 Rally que o faria perder cerca de uma hora para os principais adversários e fechar o dia no 15.º lugar a 1h00m11s do vencedor da primeira tirada, o chileno Pablo Quintanilla.
“Hoje a prova começou da forma que menos queríamos. Depois de vencer o prólogo de ontem, pude escolher uma boa posição de partida. Tivemos a etapa de hoje com o percurso reduzido a dois ‘loops’ de quinze quilómetros numa zona de dunas. Infelizmente, tive um problema elétrico no primeiro setor cronometrado e acabei por estar parado mais de uma hora. Agora, resta-nos seguir em frente aproveitando os quilómetros que temos pela frente para preparar da melhor maneira possível a participação da equipa na próxima edição do Rali Dakar”, explicou Paulo Gonçalves.
Amanhã, na segunda etapa do Atacama Rally, a caravana terá pela frente uma única “especial” cronometrada na ordem dos 367.30 quilómetros entre La Serena e o imponente deserto chileno do Atacama.
Conceito Media

Sem comentários: