sábado, 3 de outubro de 2015

Ruben Faria com novas cores em Marrocos


Aos comandos da Husqvarna com que vai estar à partida do próximo Dakar, Ruben Faria está já em Marrocos para enfrentar a derradeira prova do Campeonato do Mundo de Cross-Country e Rallyes. Hoje foi um dia de muitas novidades com Ruben Faria a surgir nas verificações técnicas e administrativas – que apenas terminam amanhã – aos comandos da nova Husqvarna 450 Rallye ao lado de Pierre Alexandre Renet, que estará a seu lado no arranque desta nova aventura do construtor de origem sueca agora propriedade de um dos donos da KTM.

A prova marroquina, que terá um total de cinco etapas para ligar Zagora a Agadir, será o primeiro teste competitivo da nova aventura do centenário construtor e Ruben Faria irá colocar pela primeira vez à prova a máquina que os técnicos da marca construíram não apenas para esta prova mas igualmente para o próximo Dakar e demais rondas do campeonato do mundo em 2016. Esta primeira experiência será por isso encarada como um teste muito sério para o experiente piloto de Olhão – que venceu este Rallye de Marrocos em 2007 - e o seu novo colega de equipa, este a estrear-se neste tipo de provas.

‘Estou muito feliz por entrar numa nova fase da minha carreira desportiva. O convite da Husqvarna foi aliciante e por isso resolvi aceitar mais um desafio. Estamos a dar os primeiros passos com esta moto e a nossa presença aqui em Marrocos serve precisamente para testar em competição a nossa moto. Juntamente o ‘Pela’ estamos muito motivados para conseguir levar ao máximo a moto com que estaremos no Dakar, mas já com outro nível de evolução depois do que vamos aprender aqui.’

No total os pilotos vão cumprir 2260 quilómetros de prova ao longo dos cinco dias de duração da mesma, dos quais 1366 serão cronometrados em especiais que irão passar por locais emblemáticos do reino de Mohammed VI, como Zagora, o vale do Draa, M’Hamid ou Agadir, localidade aos redor das quais se realizam as especiais cronometradas. Mais de oito dezenas de pilotos marcam presença nas motos e moto 4, mostrando a importância da prova organizada pela NPO que mais uma vez atraiu as principais equipas e pilotos que pretendem estar no Dakar 2016.

Hype Communications

Sem comentários: