quarta-feira, 13 de julho de 2016

Correia melhor na festa de Águeda

Luís Correia

Um total de 149 pilotos marcaram presença naquela que foi a sexta prova do campeonato nacional de Enduro 2016, no que foi igualmente um regresso do campeonato até uma das cidades com mais tradição, cultura e história na modalidade.

Com organização a cargo do ACTIB, clube local com gente com muita experiência em eventos de importância maior no motociclismo, a prova foi desenhada entre o centro da cidade de Águeda e o Crossódromo do Casarão, onde estava a especial de motocross, com as restantes duas especiais localizadas mesmo junto à cidade. Num dia de bastante calor foram muitos os milhares que acompanharam as diversas passagens dos pilotos tanto pela zona do paddock localizado junto ao recinto do Agitagueda, como pelas especiais mais próximas da cidade banhada pelo rio que lhe dá o nome, sendo igualmente motivo de romaria a passagem pelo Crossódromo do Casarão, durante muitos anos o cenário do GP de Portugal do mundial de motocross.

No total a caravana tinha que cumprir um percurso com cerca de meia centena de quilómetros, onde estavam incluídas as três especiais, com as categorias principais a terem que efectuar um total de três voltas e meia para um total final de 12 especiais cronometradas que decidiram a classificação final desta sexta ronda do campeonato nacional.

Luis Correia entrou ao ataque e liderou durante a primeira volta da corrida vencendo as primeiras passagens pela Enduro Test e Cross Test. Apenas na primeira visita à Extreme Test o piloto da Moçarria foi batido, por Gonçalo Reis, que tentava reagir ao ataque inicial muito forte de Correia e Luis Oliveira, que eram os dois primeiros na geral no fecho da volta de abertura, com Joaquim Rodrigues a conseguir na primeira Extreme subir a terceiro por troca com Diogo Ventura, posição essa que o piloto de Barcelos nunca mais largou, até ao fecho do dia.

Luís Oliveira

Luis Oliveira venceu pela primeira vez na segunda ronda pela Enduro Test e assumiu o comando da geral absoluta, iniciando-se a partir desse momento uma sucessão de divisão de vitórias nas especiais entre Oliveira e Correia, mantendo Oliveira o comando da corrida até à penúltima especial do dia - a quarta passagem pela Cross Test - quando Luis Correia lhe ganhou mais de sete segundos e regressou ao comando da corrida que soube agarrar na última passagem pela Extreme para fecharem o dia separados por menos de dois segundos após um intenso duelo que valeu a Luis Correia a terceira vitória do ano.

Joaquim Rodrigues levou até ao final a terceira posição e fechou o pódio em termos absolutos, seguido por Gonçalo Reis e Diogo Ventura. Na classe Open foi João Vivas que assinou mais uma vez a primeira posição, num dia em que todos os vencedores tiveram que enfrentar não apenas um piso bastante seco e com muito pó, mas igualmente as temperaturas elevadas que se fizeram sentir na cidade da Bairrada.

João Vivas

Com duas provas duplas ainda por realizar, o campeonato tem agora a sua habitual paragem estival, regressando em Setembro com o Enduro da Lousã, que tal como a prova de fecho do campeonato agendada para Alcanena terá dois dias de duração, o que deixa todas as contas do campeonato totalmente em aberto, numa temporada onde para já Luis Correia é o piloto com mais vitórias.

Classificações

Absoluto
1º Luis Correia - Beta com 54m30.34s
2º Luis Oliveira - Yamaha a 1.43s
3º Joaquim Rodrigues - KTM a 1m18.54s
4º Gonçalo Reis - KTM a 1m22.50s
5º Diogo Ventura - Gas Gas a 1m44.75s

Elite 1
1º Luis Oliveira - Yamaha com 54m31.78s
2º João Lourenço - Sherco a 2m35.37s
3º André Martins - KTM a 4m00-59s
4º Fernando Ferreira - Yamaha a 4m42.74s
5º Fábio Pereira - Yamaha a 4m43.97s

Elite 2
1º Luis Correia - Beta com 54m30.34s
2º Joaquim Rodrigues - KTM a 1m18.54s
3º Gonçalo Reis - KTM a 1m22.50s
4º Diogo Ventura - Gas Gas a 1m44.75s
5º Diogo Vieira - Beta a 4m05.17s

Open
1º João Vivas - Beta com 57m41.30s
2º André Mouta - KTM a 1m43.21s
3º João Hortega - KTM a 2m13.76s
4º Joel Vieira - KTM a 3m42.58s
5º Enrique Vega - Husqvarna a 4m23.95s

Verdes Absoluto
1º Manuel Moura - Yamaha com 44m49.73s
2º Gerson Pinto - Yamaha a 3,75s
3º Tomás Clemente - KTM a 6.22s
4º Luis Ferreira - Husaberg a 33.54s
5º Renato Silva - TM a 50.62s

Verdes 1
1º Gerson Pinto - Yamaha com 44m53.49s
2º Tomás Clemente - KTM a 2.46s
3º Renato Silva - TM a 46.86s
4º Manuel Teixeira - KTM a 49.74s
5º Gil Carmo - Honda a 2m02.58s

Gerson Pinto

Verdes 2
1º Manuel Moura - Yamaha com 44m49.73s
2º Luis Ferreira - Husaberg a 33.54s
3º Filipe Saúde - Sherco a 3m17.17s
4º Marco Correia - Beta a 3m47.24s
5º Diogo Alves - KTM a 3m47.35s

Manuel Moura

Verdes 3
1º Diogo Lopes - KTM com 46m01.44s
2º Filipe Conceição - KTM a 10.76s
3º Rui Almeida - MotoExtreme a 36.57s
4º Jorge Ribeiro - TM a 2m14.83s
5º Pedro Makelele - Beta a 3m15.96s

Diogo Lopes

Veteranos
1º Nuno Freitas - KTM com 46,05.88s
2º Albano Mouta - KTM a 1.01s
3º Alcides Calçada - Honda a 1m57.47s
4º Mané Teixeira - KTM a 2m13.66s
5º Óscar Teixeira - Beta a 2m27.00s

Nuno Freitas

Super Veteranos
1º Fernando Teixeira - KTM com 33m24.06s
2º Fernando Sousa - KTM a 1m07.32s
3º Rui Costa - Husqvarna a 1m11.24s
4º Juan Cabellero - KTM a 3m49.75s
5º Carlos Ferreira - Yamaha a 5m03.35s

Fernando Teixeira

Senhoras
1º Rita Vieira - Beta com 50m53.01s
2º Flávia Rolo - KTM a 5m09.97s
3º Sofia Porfirio - Husqvarna a 5m14.56s
4º Bruna Antunes - KTM a 6m12.71s

Rita Vieira

Youth Cup
1º Tomás Clemente - KTM com 44m55.96s
2º Renato Silva - TM a 44.39s
3º Manuel Teixeira - KTM a 47.27s
4º André Marques - Yamaha a 2m18.94s
5º João Campos - Yamaha a 2m56.78s

Tomás Clemente

Enduro Cup
1º Nuno Barradas - AJP com 40m59.54s
2º João Pedro - Beta a 15.62s
3º Francisco Alvoeiro - Beta a 9m35.12s

Nuno Barradas
FMP

Sem comentários: