terça-feira, 12 de julho de 2016

JPR sofre escaldão em Águeda


O Team JPR Motos / Pedrinha Motor Clube foi representado nesta prova pelo piloto Marcos Ramos que compete no seu primeiro ano na modalidade. Integrado na classe Verdes 1, o piloto de Mira de Aire, veio para esta corrida com o objectivo bem definido de melhorar a classificação da última jornada e aproximar-se do top 10 da categoria. Com uma Enduro Test menos conseguida, Marcos conseguiu fazer um bom tempo na Cross Test, bem como na Extreme Test e os tempos nas especiais ditavam o 11º lugar no final da primeira volta. A arrancar motivado para a segunda volta, Marcos mantinha o mesmo lugar após as segundas passagens pelas especias Enduro e Cross. Durante o percurso ao subir uma das zonas mais técnicas (Poldras, Belazaima do Chão) a embraiagem da sua moto acabou por ceder. O piloto ainda continuou desistindo alguns quilómetros depois sem condições para enfrentar um dos ribeiros da prova.
"Gostei bastante do percurso, estava duro e exigente como eu gosto! Também encaixei bem nas especiais e estava a conseguir rolar com bom ritmo. Infelizmente a embraiagem aqueceu e cedeu a meio da segunda volta e não me permitiu continuar. É pena porque poderia ter feito a minha melhor classificação da época! Obrigado a todos os parceiros da equipa, para a próxima vamos fazer melhor!"

O campeonato vai sofrer agora uma pausa até Setembro para as duas derradeiras jornadas de competição, Lousã e Alcanena. Estas têm a particularidade de serem corridas com dois dias de competição, pelo que ainda faltam 4 dias pontuáveis.

JPR Racing Team 

Sem comentários: