quarta-feira, 14 de setembro de 2016

João Lourenço a pensar nas contas do Campeonato


Foi a vez da Lousã acolher uma jornada pontuável para o Campeonato Nacional de Enduro. O Montanha Clube recebeu a caravana deste Campeonato, nesta que foi a 7ª prova, debaixo de temperaturas muito elevadas, o que aumentou a exigência para Máquinas e Pilotos, prevendo-se de antemão uma corrida muito dura. 

João Lourenço chegava à Lousã apostado em amealhar pontos preciosos para a classificação do Campeonato, sem grandes riscos e admitindo que não se encontrava na sua melhor forma. “Não tenho treinado como desejava, pois não sou Piloto Profissional, ao ponto de poder abdicar do meu trabalho. Estes últimos meses têm sido muito cansativos.”

Ao contrário do sucedido nas ultimas provas, fruto da sua preparação para o Super Enduro, o Piloto de Vila do Bispo efetuou bons “cronos” na especial Extreme Test. “Desta vez senti-me muito bem nas especiais Extreme, conseguindo registar boas marcas, já na Cross e na Enduro não fui suficientemente rápido para acompanhar o grupo da frente.”
Pelo facto de ser uma jornada de dois dias, a Lousã trouxe grandes dificuldades para a maioria dos Pilotos da Caravana Nacional. O Piloto Sherco Portugal fez uma gestão mais cautelosa da prova do que é habitual. “Lousã foi uma prova marcada pelo calor, os dois dias correrem-me de forma regular, sem grandes riscos, ainda que não me tenha sentido bem à vontade com a moto dentro das especiais ET e CT, por falta de horas de treino em cima da moto. Ainda consegui ser 2º classificado na Classe Elite 1 e 5º classificado Absoluto, no somatório dos dois dias.”

Alcanena irá receber a última jornada do Campeonato Nacional de Enduro, até lá o Piloto NDGraphic afirma “vou continuar a esforçar-me para cumprir o objetivo de garantir um bom lugar no Campeonato.” 

João Lourenço vai ainda deslocar-se a Vila Nova de Santo André para aquela que será a última prova pontuável para o Campeonato Nacional de Super Enduro, a 17 de setembro de 2016.

O Piloto Algarvio mantém o 2º lugar da sua classe ELITE 1 e o 5º lugar Absoluto, após esta 7ª jornada.

ELITE 1
1º Luís Oliveira – Yamaha (133 pontos); 2º João Lourenço – SHERCO (118 pontos); 3º André Martins – MotoExtreme (95 pontos); 4º Fábio Pereira – Yamaha (86 pontos); 5º Jorge Leite – Honda (37 pontos)

Sherco Portugal

Sem comentários: