domingo, 4 de setembro de 2016

Sebastian Bühler em 4º lugar na Grécia


Depois de duas importantes experiências, uma no Merzouga Rally em Marrocos e outra na Baja Aragón, disputada em Espanha, foi na Grécia, numa longa maratona de sete dias que Sebastian Bühler, o piloto que lidera o campeonato em Portugal, demonstrou, de forma mais evidente, os seus enormes progressos nas exigências da navegação, uma técnica que é fundamental para quem tem como objetivo vir a participar no Dakar em 2018.

Com apenas 21 anos o piloto da Yamaha terminou o Serres Rally na 4ª posição numa prova onde tinha como principais referências Stefan Svitko, o eslovaco da KTM que veio a ganhar esta prova depois de, em janeiro, ter conquistado o 2º lugar no Dakar, e Alessando Boturi, piloto oficial da Yamaha, a quem Sebastian Bühler se superiorizou por diversas vezes ao longo do rali.

“Foi um rali muito positivo, apesar de todas as penalizações que tive. Consegui aprender imenso. Aprendi muito em termos de navegação. Agora que a prova terminou sinto uma enorme diferença entre o meu andamento no início do rali e agora nesta parte final da prova. É para isto que os ralis internacionais servem neste momento. É aprender o máximo possível para estar sempre a evoluir”, salientou no final da prova o piloto inscrito pela equipa CRN Competition Pinhelworks.

Sebastian Bühler regressa amanhã a Portugal e já na próxima 6ª feira ruma até Idanha-a-Nova onde se disputa a 5ª jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. Que o piloto lidera depois de já este ano ter alcançado uma vitória, dois segundos e um terceiro lugar.

A2 Comunicação

Sem comentários: