terça-feira, 25 de abril de 2017

Rali do Qatar 2017 - Resultados finais

Sam Sunderland venceu a edição 2017 do Rali do Qatar. Paulo Gonçalves terminou na 2ª posição.

(Clique para ampliar)

Paulo Gonçalves:
"Segundo lugar final...Terminámos a segunda prova do Mundial de Ralis e terminar no pódio é sempre muito positivo. Foi uma prova muito boa a todos os níveis: navegação, físico, competitividade. Estou muito satisfeito!
Consegui manter um nível muito alto ao longo de todo este rali no Qatar. A lota esteve perfeita e o trabalho da equipa também. Continuamos no bom caminho!
Obrigado pelo vosso apoio!"

Foto: FB Sam Sunderland

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Rali do Qatar 2017 - 3ª Etapa - Resultados

Paulo Gonçalves recuperou hoje mais de 3 minutos em relação ao líder do Rali do Qatar, Sam Sunderland. Matthias Walkner foi o vencedor do dia.


3ª Etapa:
(Clique para ampliar)

Geral:
(Clique para ampliar)


Paulo Gonçalves: "Seguimos em segundo! Hoje foi mais uma etapa exigente, inicialmente perdi algum tempo mas acabei por recuperar até apanhar o Sunderland e acabei por abrir a pista durante 40 quilómetros.
Vamos continuar a lutar nos últimos dias para conseguir o melhor resultado nesta jornada do Qatar."

Foto: FB Paulo Gonçalves

quarta-feira, 19 de abril de 2017

BEC 2017 - Elgin - Dupla vitória para Mccanney

Dupla vitória para Danny Mccanney no arranque da temporada 2017 do Campeonato Britânico de Enduro.

1º dia:
(Clique para ampliar)

1º dia:
(Clique para ampliar)

Video:

Foto: Ashleigh Blunt Photography

Rali do Qatar 2017 - 2ª etapa - Resultados

Paulo Gonçalves subiu ao 2º lugar do Rali do Qatar. Sam Sunderland venceu a etapa e está na liderança da prova.

2ª Etapa:
(Clique para ampliar)

Geral:
(Clique para ampliar)

Paulo Gonçalves: "Subimos ao 2.° lugar no Qatar! Foi a primeira etapa, exigente e difícil ao nível de navegação. Optei por seguir tranquilo sem cometer erros, no final consegui recuperar algum tempo e isso deixou-me muito satisfeito.
Amanhã vamos voltar a procurar seguir num bom ritmo e manter a luta pelo melhor resultado final."

Foto: HRC

segunda-feira, 17 de abril de 2017

CNTT 2017 - Baja de Loulé - Videos




CNTT 2017 - Animação total na Baja de Loulé


Com uma luta emocionante nas motos, que terminou favorável ao campeão António Maio, cumpriu-se no Algarve a terceira jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Nas duas rodas foi necessário que os três primeiros pilotos em pista terminassem a corrida para se apurar o vencedor. O trio que subiu ao pódio terminou separado por apenas 21 segundos com vantagem para António Maio que bisou esta temporada e reforçou a liderança do campeonato.

Depois de ter entrado de forma dominadora no prólogo Sebastian Buhler não conseguiu estar tão forte como noutras ocasiões e terminou a 12 segundos do 'capitão' Maio. Pelo contrário Mário Patrão entrou demasiado à defesa, mas terminou fortíssimo a 21 segundos do vencedor.

Luís Teixeira foi o vencedor na classe TT3 enquanto o triunfo na também disputadíssima TT1 pertenceu a Fernando Ferreira. Os restantes vencedores nas duas rodas foram Martim Ventura na Promoção, Luís Cunha em Veteranos e Flávia Rolo entre as Senhoras.

FMP

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Europeu Enduro 2017 - Gouveia recebe 150 pilotos


Centena e meia de pilotos oriundos de diversas nações da Europa vão estar em Gouveia, junto à Serra da Estrela, naquela que será a primeira das quatro provas do campeonato Europeu de Enduro neste ano de 2017. A prova irá realizar-se entre os dias 28 e 30 de Abril e marcará a presença pelo terceiro ano consecutivo de uma prova internacional da especialidade na localidade junto á Serra da Estrela.

O percurso foi preparado do pormenor e com cerca de meia centena de quilómetros por prova o responsável pelo mesmo, Daniel Jordão, promete um traçado com "...muita pedra, algo massacrante mas com um degrau de dureza adequado ao campeonato. Vamos ter trialeiras bastante bonitas e uma grande parte do percurso junto ao Rio Mondego. As especiais serão novamente muito próximas e desenhadas no Parque da Senhora dos Verdes, sendo ambas muito longas, com a Enduro Test a demorar cerca de 15 minutos a percorrer para os mais rápidos e a Cross Test cerca de uma dezena de minutos."

A caravana irá enfrentar três voltas ao percurso em cada um dos dias, com o Parque-Fechado e Paddock a estarem instalados no magnifico recinto do Parque da Senhora dos Verdes que mais uma vez será o centro nevrálgico da prova.

Hype Communications

terça-feira, 11 de abril de 2017

Cpto Italiano 2017 - Viverone

Matteo Cavallo alcançou um feito único no Campeonato Italiano de Enduro, no passado fim-de-semana, ao ser o primeiro Junior a vencer a Geral.

Resultados:
(Clique para ampliar)

Videos:



Foto: Cristiano Morello

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Joaquim Rodrigues vence a India Baja 2017


Joaquim Rodrigues conquistou a sua primeira vitória em ralis ao vencer a India Baja 2017, oferecendo a sua equipa Hero Motosports aquele que foi também o primeiro triunfo da marca indiana.
Na segunda posição terminou Aravind enquanto que Tanveer foi o terceiro classificado.
O piloto de Barcelos referiu no final da prova: "Para nós que fizemos o Dakar ,estas distâncias são curtas, mas claro que é uma prova diferente e gostei muito desta região (Rajasthan). É um excelente local para pilotar"

Foto: FB Joaquim Rodrigues

sábado, 8 de abril de 2017

Apresentação do Enduro de Gouveia no Motoshow 2017


No arranque da edição 2017 do Motoshow que decorre nos pavilhões da FIL em Lisboa até ao próximo Domingo, o clube Talentos e Objectivos apresentou, em conjunto com as restantes organizações que levam a cabo provas elegíveis para campeonatos da Europa e do mundo em 2017, o Enduro de Gouveia.

Depois de dois anos a acolher o campeonato do mundo da especialidade o Enduro de Gouveia será em 2017 a primeira prova do campeonato da Europa da especialidade que terá quatro rondas entre o mês de Abril e Outubro.

Com dois dias de duração (29 e 30 de Abril), a prova terá mais uma vez como base o Parque da Senhora dos Verdes junto à cidade das 'Estrelas' e será no interior do mesmo que estarão desenhadas as duas especiais (Enduro Test e Cross Test) que poderão ser facilmente acompanhadas pelo público que se espera mais uma vez em número considerável. O 'paddock' e parque-fechados estarão igualmente no centro nevrálgico da prova que terá um percurso com cerca de 55 quilómetros que será percorrido por três vezes em ambos os dias de competição.


Na cerimónia de apresentação da prova - onde além da imagem da prova figurou igualmente a moto do actual líder do campeonato nacional e ex-campeão europeu Diogo Ventura - estiveram presentes elementos do clube organizador, da Federação de Motociclismo de Portugal e ainda o Vereador da CM de Gouveia, Jorge Ferreira, cuja edilidade mais uma vez apoia a organização da prova à semelhança dos dois anos em que a mesma foi elegível para o mundial de enduro.


Hype Communications

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Gonçalo Reis cada vez mais perto do topo do pódio


(Clique para ampliar)

Fotos: Team Solposto e One Shot Foto

ADDC 2017 - 5ª Etapa - Resultados finais

Sam Sunderland venceu o Abu Dhabi Desert Challenge. Paulo Gonçalves terminou na 4ª posição.

Resultados

Etapa:
(Clique para ampliar)

Geral final: 
(Clique para ampliar)

Foto: FB Abu Dhabi Desert Challenge

Team Ecmoto em destaque no Enduro de Vila de Rei


Vila de Rei acolheu a terceira prova do Campeonato Nacional de Enduro, com mais de duzentos participantes a enfrentarem um percurso com aproximadamente 50km.
O Team Ecmoto voltou a apresentar uma formação numerosa, que esteve em grande destaque na luta pelo pódio.

Depois do azar sofrido em Valpaços, Pedro Rodrigues entrou ao ataque na categoria Veteranos, conseguindo terminar no 8º posto, registando ainda um espetacular 3º posto no Troféu Beta, somando o seu primeiro pódio da temporada, mesmo terminando lesionado.
Também na categoria de Veteranos, Gabriel Seco sofreu um problema na fase inicial da prova que levou ao abandono.

Nos Super Veteranos, o piloto apoiado pela Vistaulux - Ulisses Rossa – esteve em destaque, conseguindo evoluir ao longo de toda a prova, para terminar no 4º posto. Este resultado deixa Rossa a somente 4 pontos do Top3 do Campeonato.
O outro Super Veterano em ação foi Mário Simões, registando o seu primeiro Top10.

Entre os mais jovens, Pedro Leitão começou bem, mas teve uma quebra na fase final da prova, concluindo em 8º da Youth Cup. Em termos de campeonato é 7º.

Nota positiva para a prestação de João Marques, sendo o 15º classificado do Troféu Beta, com Alberto Carvalho a terminar em 19º, conseguindo completar todo o percurso sem qualquer penalização.

A equipa que conta com o apoio da Remax White, somou assim mais um pódio no Campeonato Nacional de Enduro, subindo na classificação nas diversas classes em que está presente, focando-se agora na preparação da próxima prova na Lousã.

Comunicado de Imprensa Ecmoto

Pedro “Botas” sofre queda e desiste no Enduro Vila de Rei


Realizou-se no passado fim de semana em Vila de Rei, centro de Portugal, a terceira prova do Campeonato Nacional de Enduro – CFL, depois de um interregno de mais de um mês, devido ao cancelamento do Enduro da Figueira da Foz. 

Pedro “Botas” aos comandos da Sherco 300 SEF-R Six Days,  inserido na Classe Verdes 2 e no Troféu Sherco 2017, esteve presente nesta prova onde teria de percorrer o percurso de cerca de 50Km’s, com as 3 especiais incluídas, por 3 vezes, mas devido a uma violenta queda isto não viria a acontecer.

“Vim a Vila de Rei com o objectivo de lutar por um lugar no pódio na Classe Verdes II, fiz o reconhecimento das especiais no Sábado e fiquei bastante satisfeito, pois todas elas eram do meu agrado, especiais rápidas e com um piso onde me sinto bastante à vontade” começou por refeirir o piloto de Amarante.

“No Domingo, arranquei para a prova bastante confiante, fiz a primeira especial, Cross Test, sem arriscar e fiquei a cerca de 12 segundos do 3º lugar, decidi então atacar na especial seguinte, mas não correu como esperado, numa zona rápida a descer, travei tarde de mais, quando inseri a mota para a curva não consegui evitar um violenta queda, fiquei a pensar que me tinha magoado “à séria” pois dei uma pancada bastante seca e necessitei de ajuda para sair de baixo da moto, mas após uma deslocação a uma unidade dos bombeiro locais, o pior não se confirmou e foram apenas muitas nódoas negras.” conclui o piloto.

Pedro Botas já só pensa na próxima prova, e já está a tratar de colocar a Sherco 300 no seu melhor estado, para dia 7 de Maio lutar por um lugar do pódio no Enduro da Lousã, prova organizado pelo Montanha Clube.

Comunicado de Imprensa Pedro “Botas"

quarta-feira, 5 de abril de 2017

ADDC 2017 - 4ª Etapa - Resultados

Paulo Gonçalves recuperou o 1º lugar no Abu Dhabi Desert Challenge

Resultados

Etapa:

(Clique para ampliar)

Geral:

(Clique para ampliar)


Declarações de Paulo Gonçalves:
"Voltámos à liderança!
Hoje foi um dia onde já esperava recuperar o tempo perdido para os meus adversários diretos, tudo correu muito bem, desde a vitória da Honda na etapa com o Benavides ao meu regresso ao primeiro lugar da geral.
Amanhã termina a prova aqui em Abu Dhabi, vamos procurar terminar da melhor forma possível neste que está a ser um começo de época fantástico com a equipa HRC!"

Foto: FB Paulo Gonçalves

João Lourenço regressou à competição em Vila de Rei


João Lourenço não terminou da melhor forma o ano de 2016, o Piloto Algarvio contraiu uma lesão grave, fratura total do radio e do cubito, quando se preparava para o Campeonato Mundial de Super Enduro. Antevia-se uma recuperação demorada e difícil, o que na realidade acabou por se confirmar. Apesar de ter iniciado os treinos com moto recentemente e ainda não estar a 100%, João Lourenço chegava a Vila de Rei focado em amealhar preciosos pontos para o Campeonato. “Foi o meu regresso ao campeonato, estava ansioso por regressar à competição e por poder representar todos os meus patrocinadores que apostaram em mim no princípio da época.” 

“Entrei bem na corrida, mas com o decorrer do dia senti algumas dificuldades em manter o ritmo, o meu pulso não se encontra a 100% e ainda senti dores quando forçava o andamento. Não estava habituado à mota de corrida, pois não tive oportunidade de ter contacto com ela antes de prova e senti muitas dificuldades na condução. Acredito que para a próxima corrida tudo será melhor e voltarei a encaixar na minha Sherco. Fisicamente não me sinto cansado, o que é um fator muito importante depois de estar tanto tempo parado e só recentemente ter voltado a trinar de moto.”

O Piloto de Vila do Bispo já se encontra focado na próxima corrida, apostado em preparar-se da melhor forma para a próxima jornada do Campeonato Nacional de Enduro e recuperado da sua lesão. “Algumas alterações vão ser feitas para a próxima corrida e acredito que dentro em breve voltarei ao nível com que acabei o Campeonato Nacional de Enduro em 2016.”

João Lourenço deu agora inicio ao Campeonato Nacional de Enduro 2017, não pontuando nos 3 dias de competição, que antecederam esta prova.

ELITE 1
1º Daniel Carracedo – Honda (74 pontos); 2º André Mouta – KTM (56 pontos); 3º Fernando Ferreira – Yamaha (54 pontos); 4º André Martins – Suzuki (43 pontos); 5º Lorenzo Santolino – SHERCO (20 pontos); 6º Fábio Pereira – Yamaha (11 pontos); 7º João Lourenço – SHERCO (11 pontos); 6º Luis Ferreira – KTM (10 pontos);

O Piloto Algarvio estará de volta à competição a 28 de Abril, aquando da jornada inaugural do Campeonato Europeu de Enduro, em Gouveia.  

Comunicado João Lourenço 

Paulo Amado com azar inesperado em Vila de Rei


Foram mais de duzentos, os participantes que este fim-de-semana rumaram até ao centro de Portugal para em Vila de Rei disputarem a terceira jornada da temporada 2017. Com organização a cargo do Esganados TT Moto Clube, esta etapa contou com um percurso com cerca de 50 Km’s por volta (especiais incluídas) e três especiais cronometradas. 

Inserido na animada classe de Veteranos, Paulo Amado apresentava-se bastante motivado, no entanto ainda no decorrer da primeira volta sofre contratempo. Com mais de vinte minutos de penalização, o piloto da Offtrack viria terminar esta jornada na 15ª posição. 

“Um misto de alegria e frustração à mistura, fruto de um problema com o elo de engate e a consequente penalização de 20 minutos. Após esta situação ingrata, consegui imprimir um ritmo bastante regular. Gostei bastante das especiais, à excepção da extreme artificial onde pelo segundo ano consecutivo tenho algumas dificuldades. O percurso estava bastante bem delineado, sendo que as dificuldades acabaram por ser os tempos apertados e algum pó. No cômputo geral foi uma grande jornada” concluiu no final Paulo Amado.

Classificação Campeonato – Classe Veteranos: 1º Nuno Freitas; 2º António Oliveira; 3º Albano Mouta; 4º Javier Quintas; 5º Óscar Teixeira;…18º Paulo Amado

Texto: Evo-press
Fotos: OneShotFoto

terça-feira, 4 de abril de 2017

ADDC 2017 - 3ª Etapa - Resultados

Paulo Gonçalves desceu à 4ª posição da Geral e agora é Sam Sunderland que lidera. O piloto inglês venceu a etapa de hoje.

Resultados

Etapa:
(Clique para ampliar)

(Clique para ampliar)


Declarações de Paulo Gonçalves:
"Como esperado, os pilotos que partiram atrás conseguiram apanhar-me e chegamos ao final em grupo. Amanhã tenho de compensar o tempo perdido hoje. Fiz o que pude e terminei sem problemas, pelo que estou satisfeito com a etapa de hoje. A moto está boa mas é difícil pilotar com temperaturas tão altas. Temos de continuar a lutar!"

Foto: Honda Racing Corporation

Enduro de Vila de Rei concluído com boas sensações para João Dias


Este fim de semana o campeonato Nacional de Enduro marcou presença em Vila de Rei e João Dias esteve presente.
Felizmente a meteorologia esteve a favor dos pilotos e organização e isso faz muita diferença em pisos com as características de Vila de Rei.

“Foi um domingo que me deixou bastante satisfeito, ainda não consegui não penalizar nesta nova classe, mas sinto que as melhorias são visíveis uma vez que desta vez penalizei apenas 6 minutos, sendo que 4 foi logo no primeiro controlo, tinha uma subida que apenas a consegui superar a 7 tentativa e comprometi logo ai parte da corrida.
As restantes passagem nesse mesmo local já decorreram de forma tranquila, assim como o restante percurso, exigente, bem bonito mas fazível.
O calor foi algo que também se fez sentir, numa altura que ainda não estamos habituados, cria algum desgaste extra, mas felizmente tudo superado.
As especiais tinha cada uma suas características o que anima o publico, e a mim agrada-me.
Foi uma corrida que entendo positiva, de lamentar algumas lesões fruto de algumas quedas, que desde já aproveito para desejar a todas as rápidas melhoras, parabenizar os vencedores, e um reconhecimento especial, para os mais de 10 pilotos e amigos, aqui da região que marcaram presença neste enduro.
Também aos amigos que estiveram por fora a ajudar e apoiar, assim como a assistência da AGmotosport, o meu muito obrigado por todo o apoios em mais de 6h30 de corrida.
Venha a Lousã ;)"

Equipa Escuderia de Castelo Branco - Equipa de Enduro ProTT

RACESPEC|KTM|CFL a crescer com vitória de Clemente


Após duas jornadas já cumpridas e o cancelamento da etapa delineada para a Figueira da Foz, o Campeonato Nacional de Enduro regressou à competição no passado domingo com a segunda edição do Enduro de Vila de Rei. Com organização a cargo do Esganados TT Moto Clube, a prova contou desta feita com um percurso com cerca de 50 quilómetros, tendo os cerca de 200 pilotos inscritos enfrentado três exigentes especiais. 

Nesta jornada, a formação RACESPEC|KTM|CFL fez-se representar pelos jovens Tomás Clemente (classe Open) e Bruna Antunes (classe Senhoras).

Tomás Clemente demonstrou em Vila de Rei, bastante rapidez e uma toada muito consistente. A brilhante prestação garantiu-lhe a vitória na competitiva classe Open, encurtando desta forma a classificação no Campeonato. Satisfeito, o piloto que conta agora com apenas 3 pontos de diferença para o líder da classe, comentou: “Foi uma corrida dura com especiais técnicas e um pouco enroladas. Senti-me bem e com vontade de atacar, no entanto tenho de continuar a trabalhar para poder estar ao mais alto nível. Contente por conseguir esta vitória. Obrigado a toda a minha equipa”.

Já Bruna Antunes na categoria Senhoras garantiu em Vila de Rei a 2ª posição. A jovem natural de Sesimbra demonstrou rapidez em algumas especias, no entanto não conseguiu repetir a vitória conquistada na jornada passada. “Estou contente com o resultado, no entanto não me senti à-vontade nas especiais durante toda a prova. Não conseguindo impor o meu ritmo o que se veio a refletir no tempo das especiais. O trabalho continua, vou esforçar-me para conseguir mais e melhor”

O Nacional de Enduro regressa agora a 7 de Maio, com a quarta jornada pontuável a decorrer na Lousã. Antes disso, a formação RACESPEC|KTM|CFL marcará ainda presença na primeira ronda do Campeonato Europeu de Enduro a realizar em Gouveia nos próximos dias 29 e 30 de Abril.

Calendário Europeu 2017:
29/30 Abril – Gouveia, Portugal
08/09 Julho – Paikuse – Estonia
05/06 Agosto – Burg – Alemanha
13 a 15 Outubro – Gelnica – Eslovaquia

Texto: Evo-press
Fotos: Nphotoevents

Góis Moto Clube segue invencível com Diogo Ventura


O jovem Diogo Ventura – piloto do Góis Moto Clube mantém a invencibilidade, isolando-se assim na frente do Campeonato 2017.Destaque ainda para Francisco Alvoeiro que garantiu no pódio na Enduro Cup.
Após um mês de pausa devido à anulação da jornada figueirense, o Nacional de Enduro regressou à competição com a 2ª edição do Enduro de Vila de Rei. Com organização a cargo dos Esganados TT Moto Clube, a prova realizada ontem contou com um bonito traçado com aproximadamente 50 km´s e três especiais de grande nível. Com as cores do Góis Moto Clube, alinharam nesta terceira jornada (segunda de um dia), o atual líder do Campeonato – Diogo Ventura (Elite2), Pedro Duarte (Verdes 2) e ainda o jovem Francisco Alvoeiro (Enduro Cup).

Numa jornada marcada por uma maior competitividade, Diogo Ventura demonstrou uma vez mais todo o seu potencial, dilatando desta forma a sua vantagem na liderança do Campeonato. No final, o piloto GMC comentou: “Esta corrida foi um pouco mais renhida e disputada que as anteriores mas consegui vencer e cumprir com o principal objectivo a que me tinha proposto. Não foi um dia fácil devido a uma queda na última volta e algumas dificuldades com o amortecedor traseiro, mas venci e dilatei a vantagem no campeonato, o que é muito importante. Quero aproveitar para agradecer ao Góis Moto Clube por todo o apoio”.

Cada vez mais habituado às “lides enduristas” está Francisco Alvoeiro aos comandos da sua 50cc. O jovem piloto garantiu nesta terceira jornada novo segundo lugar da classe, sendo agora 4º classificado no Campeonato. “Estava a tentar impor um bom ritmo, mas a partir do CH1 a minha mota começou a falhar. Tive de parar imensas vezes e o meu objetivo passou a ser terminar. Obrigado ao meu pai, pois sem o apoio dele não tinha conseguido terminar”.

Já Pedro Duarte faz o seu regresso ao Enduro (este ano apenas esteve presente no TT de Góis), nesta jornada em torno do centro geodésico de Portugal. O piloto GMC agora na classe Verdes2 garantiu a 8ª posição final. “Ainda tenho poucas horas com esta mota, no entanto as sensações têm sido positivas. Foi um bom enduro, com verdadeiras especiais e uma organização aplicada. A próxima jornada é na Lousã, onde pretendo estar na luta pelos lugares cimeiros, à semelhança do que fiz na época transata” concluiu Pedro Duarte.

O Nacional de Enduro prossegue agora a 7 de Maio, com a quarta jornada pontuável a decorrer na bonita vila beirã da Lousã. 



Texto: Evo-press
Fotos: Gonçalo Santa Cruz

segunda-feira, 3 de abril de 2017

ADDC 2017 - 2º dia - Resultados

Paulo Gonçalves lidera o Abu Dhabi Desert Challenge

Resultados

2º dia:
(Clique para ampliar)

Geral: 
(Clique para ampliar)


Declarações de Paulo Gonçalves: "Hoje foi uma boa etapa, toda ela fora de "estrada", somente de dunas. Consegui apanhar cedo os pilotos que saíram na minha frente e terminar com o segundo melhor tempo do dia, passando agora a líder da classificação geral. 
Tudo está a ir perfeitamente bem, quer comigo quer com a mota, vamos continuar a fazer o melhor trabalho possível até ao final aqui em Abu Dhabi."

Foto: FB Paulo Gonçalves

Quem agarra Diogo Ventura?


Após ter ganho as duas primeiras provas elegíveis para o campeonato nacional de enduro 2017, Diogo Ventura conseguiu em Vila de Rei assegurar a quarta pontuação máxima do ano ao vencer aquela que foi a terceira prova do ano, quarta pontuação da época depois da dupla jornada anterior.

Bem no centro de Portugal - ou não fosse perto de Vila de Rei que está localizado o centro geodésico do país - o piloto da Lousãmotos assinou mais uma vitória no campeonato nacional para manter a invencibilidade no mesmo. Aos comandos da Honda CRF 450R o piloto de Góis levou de novo ao topo da classificação as cores do clube beirão depois de vencer seis das doze especiais realizadas e liderar desde a primeira até à derradeira especial do dia.

"Esta corrida foi um pouco mais renhida e disputada que as anteriores mas consegui vencer e cumprir com o principal objectivo a que me tinha proposto. Não foi um dia fácil devido a uma queda na última volta e algumas dificuldades com o amortecedor traseiro, mas venci e dilatei a vantagem no campeonato, o que é muito importante."

Palavras do piloto da Alves Bandeira que após quatro pontuações encara a segunda metade da época de forma mais tranquila mas sem descurar o empenho que lhe valeu vencer para já quatro dos nove dias pontuáveis para o campeonato em 2017, ele que na próxima ronda do CNE vai estar na Lousã, de novo bem próximo do seu público e de alguns dos seus principais patrocinadores.

Hype Communications

Luís Oliveira vence a primeira etapa da Copa EFX


Luís Oliveira, da equipa Honda Racing foi o vencedor da primeira etapa da Copa EFX, realizada este domingo (2/4), no CETH (Centro Educacional de Trânsito Honda), em Indaiatuba (SP). O piloto português ganhou a classificação Geral e na categoria Elite. 

“A Copa EFX começou da melhor forma possível. O resultado foi muito importante para mim e para a equipa. Vamos continuar a trabalhar e a ganhar corridas. A vitória é um trabalho que vem de casa e não apenas o que se faz na pista. Temos de continuar a treinar, pois a moto (Honda CRF 250 R) está perfeita e vamos lutar para conquistar o campeonato, que é o mais importante para mim”, afirmou Oliveira, que em 2014, quando correu no Brasil pela primeira vez, foi campeão da Copa EFX e do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM.

Felipe Zanol, chefe da Equipe Honda, destacou o bom resultado. “Foi uma corrida muito disputada desde a primeira especial até o final. Conseguimos vencer com o Luís Oliveira. O Júlio Ferreira ficou em quarto lugar, um resultado muito bom para a equipe também”, declarou.

Fonte: Vipcomm

domingo, 2 de abril de 2017

CNE 2017 - Vila de Rei - Resultados

Diogo Ventura mantém-se invicto em 2017, registando nova vitória em Vila de Rei. Gonçalo Reis termina em 2º a 14,12 segundos.

- Fernando Ferreira venceu na Elite 1 com 9,75 segundos de vantagem sobre Daniel Dominguez;
- Tomás Clemente conquistou a vitória na Open;
- Renato Silva venceu nos Verdes Absoluto e Youth Cup;
- Vitória para António Oliveira nos Veteranos;
- Pedro Sarreira venceu nos SuperVeteranos;
- João Pedro venceu na Enduro Cup;
- Rita Vieira foi a melhor das Senhoras;
- 1º lugar para Tiago Henriques na Hobby;

Resultados

Foto: Arquivo | FB Diogo Ventura

CNE 2017 - Vila de Rei - Tempos Online


sexta-feira, 31 de março de 2017

Entrevista a Rita Vieira


Entrevista realizada pela Comissão Feminina da FMP

Rita Vieira, de 22 anos e piloto de motas profissional, dá-nos a conhecer um pouco mais da sua história nas duas rodas.

FMP: Desde quando a paixão pelas duas rodas?
RV: A paixão pelas duas rodas começou desde que me lembro de existir; desde muito cedo, o meu pai, incutiu-me a mim e ao meu irmão o gosto pelas motas.

FMP: E as corridas, como começou?
RV: Começei a competir aos 8 anos de idade, em 2003 na classe infantis no Campeonato Nacional de Trial. Depois começei o Nacional de Enduro em 2014, e fiz o mundial de Bajas em 2014 também.

FMP: Que mota tinhas? E que mota tens agora?
RV: Tinha uma AJP 240 e AJP 250. Agora corro com uma Beta X trainer 300 2t.

FMP: Fala-nos de algumas experiências que tiveste (boas ou más) e o que aprendeste.
RV: Tive muitos momentos marcantes, e várias lições também. Acabar o XL Lagares numa equipa com o meu irmão foi espectacular e inesquecível. Ele ajudou-me bastante e "gritou" muito comigo para me levantar do chão (já não podia comigo) hehe. A maior lição que a vida me deu foi nunca desistir, nunca baixar os braços e lutar até ao fim.
Em 2014, numa altura difícil em que tentava reunir apoios para realizar o campeonato nacional de Enduro na integra com a AJP, decidi desenhar e confeccionar t-shirts para vender através do Facebook e com um cartaz que colocava em todas as provas, revertendo todo o dinheiro para as despesas do campeonato. Foi assim que conheci uma pessoa fantástica, Diogo Graça Moura, que depois de me comprar uma t-shirt, me patrocinou e me possibilitou também fazer o Mundial de Bajas (sem quase tempo para preparação) e claro que aceitei o desafio. Foi uma competição muito dura, acordar cedo, muito pó, muito calor, mas eu queria provar que conseguia e ver o apoio da minha família e de todos ao longo do percurso fazia-me ganhar forças e cheguei ao fim. Vê-los todos de braços abertos a gritar e aplaudir a minha chegada, vieram-me as lágrimas aos olhos, de felicidade obviamente.
Se já era uma pessoa que sorria bastante, desde ali começei a sorrir ainda mais, para a vida e para as pessoas que me rodeiam. O meu sucesso de hoje devo-o em grande parte a este grandioso ser humano, o Diogo.

FMP: Falando de sucessos, qual foi o maior até hoje?
RV: Na minha opinião foi mesmo o mundial de Bajas em 2014, pois não tinha quase experiência nenhuma em Todo o Terreno e embarquei numa grande aventura, que começou logo pela Baja de Aragon com 1000km pela frente, felizmente acabou por correr da melhor forma e tornei-me Campeã do Mundo Feminina e Junior.

FMP: Conselhos para alguém que tenha muita vontade, mas não saiba onde começar...
RV: É preciso nunca desistir! No inicio é difícil, custa muito, parece tudo muito difícil e que nunca vamos ser capazes, mas a verdade é que o treino e a experiência acabam por falar mais alto e os resultados começam a aparecer. Falo por experiência própria, no inicio penalizava bastante em todas as provas, o suficiente para ser desclassificada, mas isso não me importava muito, eu só queria era andar de mota, e aprender. 
Em relação a apoios, é procurar em todo o lado, com os amigos, pequenas empresas, à mercearia da esquina, ao cafe do Zé ou à loja da Maria. Ter uma boa imagem, ser simpática, levar um portefólio engraçado e não pedir valores exagerados, apenas o necessário para a época.

FMP: Quais os planos para esta época e o futuro?
RV: Os meus objectivos para esta época é vencer o Campeonato Nacional de Enduro feminino e fazer um bom resultado no Europeu de Enduro Feminino, aprender e evoluir muito! 
Para o futuro, acima de tudo conseguir viver deste desporto, conseguir tirar rendimentos dedicando-me apenas ao desporto motorizado (se os outros atletas de outras modalidades podem porque é que eu como atleta não tenho esse direito?!) e já agora entrar para uma equipa oficial.

FMP Comissão Feminina

quinta-feira, 30 de março de 2017

Cpto Alemão 2017 - Dahlen

Dennis Schroter voltou a vencer, desta feita em Dahlen.

Resultados:
(Clique para ampliar)

Video:



Foto: FB Dennis Schroter 

quarta-feira, 29 de março de 2017

CNE 2017 - Regresso a Vila de Rei


Após mais de um mês de paragem o Campeonato Nacional de Enduro - CFL ruma no próximo fim-de-semana ao centro de Portugal onde em Vila de Rei se realiza a terceira prova da temporada, a quarta em termos de pontos depois dos dois dias realizados em Valpaços.

Com partida agendada para as 10 horas da manhã de Domingo (2 de Abril) a caravana enfrentará uma prova desenhada pelo Esganados TT Moto Clube Vila de Rei com o seu início e fim no Parque de Feiras de Vila de Rei, situado em Vila de Rei.

O percurso com cerca de 50 Km’s por volta (especiais incluídas) decorrerá no concelho de Vila de Rei com três provas Especiais Cronometradas: Enduro Test (E.T), Cross Test (C.T.), Extreme (E.X.), três Controlos Horários (C.H.) e uma Zona de Assistência (Z.A.) em Vila de Rei, no parque de feiras. Todas as Provas Especiais poderão ser previamente reconhecidas pelos pilotos, situando-se a CT na Zona Industrial do Souto em terreno com pequenos relevos e uma parte na pista do crossódromo existente (5 Km) , a E.T na Urbanização do Vale Galego em terreno misto com pequenos saltos e curvas bem delineadas (5 Km) e a E.X. junto à estrada N2 em Vila de Rei em Vila de Rei com 700 metros para todas as classes, sendo devidamente sinalizado o trajecto até às mesmas.

O percurso será percorrido 3.5 (três vezes e meia) pelos pilotos da ELITE e do OPEN, 3 vezes para Verdes e Veteranos. Senhoras, Hobby e restantes classes 2 vezes.

Diogo Ventura chega a esta quarta ronda do ano ainda invicto no campeonato e em Vila de Rei a concorrência terá que reagir para não deixar que o piloto de Góis dilate ainda mais a sua vantagem pontual.


Texto: FMP
Foto: One Shot Foto