domingo, 23 de julho de 2017

Diogo Ventura do céu ao inferno em Castelo Branco


Depois de uma fantástica oitava posição no dia de ontem na sexta prova do mundial de enduro em Castelo Branco, Diogo Ventura foi hoje forçado ao abandono no segundo dia da competição devido a um problema com o radiador da sua moto. Uma avaria que originou um ponto final prematuro na prova do piloto de Góis.

"Foi pena ter abandonado porque estava a sentir-me bem mesmo se mais cansado que no dia de ontem. Mas um tubo do circuito de refrigeração não resistiu ao esforço e a melhor opção foi mesmo parar. Gostava de poder ter continuado porque podia repetir o bom resultado do dia de ontem, mas fiquei satisfeito por mostrar mais uma vez que posso estar entre os melhores."

Comentou o piloto da Lousãmotos que ao longo das especiais que realizou esteve sempre entre os dez melhores naquela que é a classe maior do campeonato do mundo de enduro. Antes do final da época Diogo Ventura irá aproveitar o período de pausa nos calendários para um curto período de férias e de seguida preparar a presença nos ISDE aos comandos da Honda com as cores do Góis Moto Clube.

Hype Communications

Sem comentários: