sábado, 30 de dezembro de 2017

Braga vence Enduro das Regiões

Entre as cidades foi Braga que venceu, seguida por Penafiel e Gondomar.

A temporada 2017 do Troféu Luso Galaico Mota de Monte terminou com a realização do já habitual e emblemático Enduro das Regiões, cabendo novamente a Penafiel a recepção da prova. A edição deste ano revelou-se bastante exigente para os pilotos, sendo muitos aqueles que acabaram por penalizar.

Depois do terceiro lugar conquistado no ano passado, Braga venceu pela primeira vez, tendo sido a cidade com o menor registo no somatório dos tempos de todas as especiais dos seus três representantes mais rápidos: Márcio Antunes, Nuno Freitas e Vitor Oliveira. Na segunda posição terminou Penafiel (Gerson Pinto, Carlos Skinas, Marcelo Vieira), seguida por Gondomar (Diogo Parente, Tiago Oliveira, Filipe Silva). 

A nível individual, Gerson Pinto(2) voltou a vencer, juntando as vitórias na Geral e classe Pro, onde foi secundado nesta última por Nuno Oliveira e Albano Mouta. O título na classe ficou entregue a João Araújo.

Gerson Pinto

Na Expert, Márcio Antunes(13) foi o vencedor e a este triunfo na classe, juntou o segundo lugar na Geral. No segundo posto ficou Diogo Valente, seguido por Pablo Varela.

Márcio Antunes

A Enduro 1 era uma das classes que ainda tinha o vencedor do troféu por decidir. Miguel Fernandes e Marcelo Vieira partiram para esta prova separados por 4 pontos, estando assim tudo em aberto. Miguel Fernandes começou o dia da melhor forma, com uma vitória na primeira especial, vendo o seu rival perder 13,08 segundo. Mas Vieira mostrou na especial seguinte que estava na luta e arrancou a vitória na primeira passagem pela ET (ET1), conseguindo recuperar alguns segundos a Fernandes tanto nesta como na especial seguinte. Mas o "calcanhar de Aquiles" de Vieira era a CT e na segunda passagem por esta especial perdeu mais 19 segundos para Fernandes. A estocada final de Fernandes haveria de ser na ET2, onde ganhou mais 10 segundos e garantiu o triunfo na classe e no Troféu.

Miguel Fernandes

Carlos Skinas voltou a aparecer, ver e vencer na Enduro 2. Mas a emoção nesta classe estava reservada à luta pelo título, com os quatro primeiros pilotos do troféu separados por apenas 5 pontos. Tiago Oliveira partia em vantagem e motivado com a vitória alcançada na jornada anterior, em Capela. E de facto confirmou o seu favoritismo, sendo o único piloto a incomodar Skinas, e terminando na segunda posição e à frente dos seus rivais, o que lhe permitiu garantir o título com 8 pontos de vantagem sobre Filipe Vaz.

Carlos Skinas

Na Enduro 3, o título já estava entregue a Luís Vasconcelos. A vitória na prova foi para Filipe Silva que assim garantiu o seu primeiro triunfo na temporada.

Nos Juniores e pela segunda vez na temporada, Gonçalo Sabrosa ocupou o lugar mais alto do pódio, garantindo a segunda posição final no troféu, atrás de Daniel Branco que, com uma grande regularidade (desde Caminha que terminou todas as provas entre o primeiro e o segundo lugares), conquistou merecidamente o título.

Nuno Freitas venceu nos Veteranos, garantido desta forma o segundo lugar final no Troféu, ele que apenas esteve presente em algumas provas.

Nos Super Veteranos venceu Jorge Almeida, pela terceira vez na temporada. O título já estava entrega a Luís Oliveira.

Na Promoção, apenas um piloto não penalizou e foi ele Daniel Moreira que venceu nesta classe. A luta pelo título entre Rui Cunha e Sérgio Silva, terminou com vantagem para o primeiro que, apesar do 6º lugar devido a 3 minutos de penalização, conseguiu a vitória no troféu.


Fotos: One Shot Foto, PM-Images e Repórter Soneca

Filme - Ride United


Para quem não teve a oportunidade de ver, aqui fica a nossa sugestão para estes últimos dias de 2017, o filme completo "Ride United". 
Bom fim de ano e venha 2018!

sábado, 23 de dezembro de 2017

CNE 2018 - Mudanças para nova temporada



(Clique para ampliar)

Documentos e regulamentos disponíveis em: http://fmp-live.pt

Fonte: Comissão de Enduro da FMP
Foto: One Shot Foto

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Portugal Hard Enduro Series 2018 - Calendário


Pela mão da Melicias Team e no seguimento da crescente popularidade das provas de Hard Enduro em todo o mundo, surgirá em 2018 uma nova competição em Portugal, a Portugal Hard Enduro Series.

Está prevista a realização de 4 eventos com datas já pré-definidas.

Em termos de classes, serão 5: Consagrados, Expert, 2T, 4T e Veteranos.

Calendário:
18 Fevereiro - Valongo
11 Março - A anunciar
8 Abril - A anunciar
13 Maio - Lagares


CNE 2018 - Calendário provisório


Já foi divulgado o calendário provisório para 2018 do Campeonato Nacional de Enduro. Serão 7 provas, com 2 de 2 dias, em que contarão as oito melhores pontuações:

Calendário CNE:
28 de Janeiro - Vila Nova de Santo André
25 de Fevereiro - Góis
24 e 25 de Março - Régua (a confirmar)
22 de Abril - Lousã
19 e 20 de Maio - Valpaços (a confirmar)
17 de Junho - Souselas (a confirmar)
15 de Julho - Águeda (a confirmar)

No Super Enduro, serão 4 provas e contarão todas as pontuações:

Calendário CNSE:
21 de Julho - Castanheira de Pêra
4 de Agosto - Fafe
25 de Agosto - Mação
29 de Setembro - Vila Boa de Quires

Foto: One Shot Foto

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

SEWC 2018 - GP da Polónia - Taddy regressa com vitória

Com 3 segundos lugares, Tadeusz Blazusiak regressou ao SuperEnduro da melhor forma, depois de um ano sabático.

Resultados:

Prestige:
(Clique para ampliar)

Junior:
(Clique para ampliar)

Video:



Foto: Superenduro.org

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Nasce o World Enduro Super Series e a Porto Extreme XL Lagares será a primeira prova!


É a notícia do momento. Foi criado um novo campeonato do mundo de enduro (Word Enduro Super Series - WESS) composto por 8 provas e juntará enduro clássico, hard enduro, cross-country e corridas na praia. 

O objectivo dos organizadores é o de haver uma competição que seja um teste completo às capacidades de um piloto de enduro e estará aberta a todos os que se queiram inscrever, sejam profissionais ou amadores. Para valorizar a participação de todos, serão atribuídos pontos do 1º ao 250º classificado de cada evento. A categoria será livre pelo que cada piloto poderá participar com a moto e cilindrada que quiser.

As equipas oficiais da KTM e da HUSQVARNA já garantiram a sua presença e Portugal recebe a primeira prova nos dias 11 a 13 de Maio de 2018, a Porto. Extreme XL Lagares.

Taddy Blazusiak, Josep Garcia, Jonny Walker, Cody Webb e Nathan Watson serão os 5 pilotos da Red Bull KTM Factory Racing que estarão presentes no WESS. A Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing por sua vez, estará presente com 4 pilotos: Graham Jarvis, Colton Haaker, Alfredo Gomez e Billy Bolt

Outras marcas anunciarão certamente a sua participação brevemente, seja oficialmente, seja através de representantes de marcas dos diversos países.

Calendário de Provas:
Rnd 1. Extreme XL Lagares (Portugal) - 11 a 13 de Maio 
Rnd 2. Erzbergrodeo Red Bull Hare Scramble (Áustria) 31 de Maio a 3 de Junho
Rnd 3. Trefle Lozerien AMV (França) - 8 a 10 de Junho 
Rnd 4. Red Bull Romaniacs (Roménia) - 24 a 28 de Julho 
Rnd 5. Red Bull 111 Megawatt (Polónia) - Setembro (data a anunciar)
Rnd 6. A anunciar
Rnd 7. Gotland Grand National (Suécia) - 26 e 27 de Outubro
Rnd 8. Red Bull Knock Out (Holanda) - 10 de Novembro

Site oficial: http://iridewess.com

domingo, 3 de dezembro de 2017

Fábio Pereira abandona Nacional de Enduro


Aventurou-se em 2002 no desporto motorizado e até hoje não parou. Fábio Pereira iniciou-se como piloto quad no Troféu Nacional de Resistência, para no ano seguinte acelerar já no CNTT. O ano de 2007 foi de transição para o Enduro, sendo atualmente um dos animadores desta competição.

Com onze épocas consecutivas no Campeonato Nacional de Enduro, 30 anos de idade e a aguardar o nascimento do seu segundo filho, o piloto do Vimeiro anuncia agora a sua saída da competição.

“A minha forma de estar no desporto, sempre foi pautada por um enorme profissionalismo. Atualmente e com a minha vida pessoal, tornou-se quase impossível conseguir treinar o que é necessário para estar bem na Elite e marcar presença em todo o campeonato. Esta foi uma decisão ponderada e em sintonia com todos aqueles que me apoiam. Sinto-me um sortudo, pois ao longo destes anos contei sempre com grandes patrocinadores. Além das relações desportivas e comerciais através da FPRacingShop, conheci pessoas verdadeiramente fantásticas e às quais chamo amigos. Isto não é um adeus, mas sim um até já…. Ainda tenho alguns projetos que gostava de pôr em prática e é nesse sentido que irei trabalhar no futuro” comentou Fábio Pereira

Palmarés de destaque – Fábio Pereira:

3º Classificado Nacional Enduro - Elite1 (2016)
Vice-Campeão Nacional Enduro Elite1 (2012)
13º Classificado Europeu Enduro - Sénior E1 (2013)
Seleção Portuguesa Enduro (Sénior) – Europeu das Nações (2013)
5º Classificado Nacional TT Quads (2005)

Texto: Evo-press
Fotos: Kevin Raposo