sexta-feira, 31 de março de 2017

Entrevista a Rita Vieira


Entrevista realizada pela Comissão Feminina da FMP

Rita Vieira, de 22 anos e piloto de motas profissional, dá-nos a conhecer um pouco mais da sua história nas duas rodas.

FMP: Desde quando a paixão pelas duas rodas?
RV: A paixão pelas duas rodas começou desde que me lembro de existir; desde muito cedo, o meu pai, incutiu-me a mim e ao meu irmão o gosto pelas motas.

FMP: E as corridas, como começou?
RV: Começei a competir aos 8 anos de idade, em 2003 na classe infantis no Campeonato Nacional de Trial. Depois começei o Nacional de Enduro em 2014, e fiz o mundial de Bajas em 2014 também.

FMP: Que mota tinhas? E que mota tens agora?
RV: Tinha uma AJP 240 e AJP 250. Agora corro com uma Beta X trainer 300 2t.

FMP: Fala-nos de algumas experiências que tiveste (boas ou más) e o que aprendeste.
RV: Tive muitos momentos marcantes, e várias lições também. Acabar o XL Lagares numa equipa com o meu irmão foi espectacular e inesquecível. Ele ajudou-me bastante e "gritou" muito comigo para me levantar do chão (já não podia comigo) hehe. A maior lição que a vida me deu foi nunca desistir, nunca baixar os braços e lutar até ao fim.
Em 2014, numa altura difícil em que tentava reunir apoios para realizar o campeonato nacional de Enduro na integra com a AJP, decidi desenhar e confeccionar t-shirts para vender através do Facebook e com um cartaz que colocava em todas as provas, revertendo todo o dinheiro para as despesas do campeonato. Foi assim que conheci uma pessoa fantástica, Diogo Graça Moura, que depois de me comprar uma t-shirt, me patrocinou e me possibilitou também fazer o Mundial de Bajas (sem quase tempo para preparação) e claro que aceitei o desafio. Foi uma competição muito dura, acordar cedo, muito pó, muito calor, mas eu queria provar que conseguia e ver o apoio da minha família e de todos ao longo do percurso fazia-me ganhar forças e cheguei ao fim. Vê-los todos de braços abertos a gritar e aplaudir a minha chegada, vieram-me as lágrimas aos olhos, de felicidade obviamente.
Se já era uma pessoa que sorria bastante, desde ali começei a sorrir ainda mais, para a vida e para as pessoas que me rodeiam. O meu sucesso de hoje devo-o em grande parte a este grandioso ser humano, o Diogo.

FMP: Falando de sucessos, qual foi o maior até hoje?
RV: Na minha opinião foi mesmo o mundial de Bajas em 2014, pois não tinha quase experiência nenhuma em Todo o Terreno e embarquei numa grande aventura, que começou logo pela Baja de Aragon com 1000km pela frente, felizmente acabou por correr da melhor forma e tornei-me Campeã do Mundo Feminina e Junior.

FMP: Conselhos para alguém que tenha muita vontade, mas não saiba onde começar...
RV: É preciso nunca desistir! No inicio é difícil, custa muito, parece tudo muito difícil e que nunca vamos ser capazes, mas a verdade é que o treino e a experiência acabam por falar mais alto e os resultados começam a aparecer. Falo por experiência própria, no inicio penalizava bastante em todas as provas, o suficiente para ser desclassificada, mas isso não me importava muito, eu só queria era andar de mota, e aprender. 
Em relação a apoios, é procurar em todo o lado, com os amigos, pequenas empresas, à mercearia da esquina, ao cafe do Zé ou à loja da Maria. Ter uma boa imagem, ser simpática, levar um portefólio engraçado e não pedir valores exagerados, apenas o necessário para a época.

FMP: Quais os planos para esta época e o futuro?
RV: Os meus objectivos para esta época é vencer o Campeonato Nacional de Enduro feminino e fazer um bom resultado no Europeu de Enduro Feminino, aprender e evoluir muito! 
Para o futuro, acima de tudo conseguir viver deste desporto, conseguir tirar rendimentos dedicando-me apenas ao desporto motorizado (se os outros atletas de outras modalidades podem porque é que eu como atleta não tenho esse direito?!) e já agora entrar para uma equipa oficial.

FMP Comissão Feminina

quinta-feira, 30 de março de 2017

Cpto Alemão 2017 - Dahlen

Dennis Schroter voltou a vencer, desta feita em Dahlen.

Resultados:
(Clique para ampliar)

Video:



Foto: FB Dennis Schroter 

quarta-feira, 29 de março de 2017

CNE 2017 - Regresso a Vila de Rei


Após mais de um mês de paragem o Campeonato Nacional de Enduro - CFL ruma no próximo fim-de-semana ao centro de Portugal onde em Vila de Rei se realiza a terceira prova da temporada, a quarta em termos de pontos depois dos dois dias realizados em Valpaços.

Com partida agendada para as 10 horas da manhã de Domingo (2 de Abril) a caravana enfrentará uma prova desenhada pelo Esganados TT Moto Clube Vila de Rei com o seu início e fim no Parque de Feiras de Vila de Rei, situado em Vila de Rei.

O percurso com cerca de 50 Km’s por volta (especiais incluídas) decorrerá no concelho de Vila de Rei com três provas Especiais Cronometradas: Enduro Test (E.T), Cross Test (C.T.), Extreme (E.X.), três Controlos Horários (C.H.) e uma Zona de Assistência (Z.A.) em Vila de Rei, no parque de feiras. Todas as Provas Especiais poderão ser previamente reconhecidas pelos pilotos, situando-se a CT na Zona Industrial do Souto em terreno com pequenos relevos e uma parte na pista do crossódromo existente (5 Km) , a E.T na Urbanização do Vale Galego em terreno misto com pequenos saltos e curvas bem delineadas (5 Km) e a E.X. junto à estrada N2 em Vila de Rei em Vila de Rei com 700 metros para todas as classes, sendo devidamente sinalizado o trajecto até às mesmas.

O percurso será percorrido 3.5 (três vezes e meia) pelos pilotos da ELITE e do OPEN, 3 vezes para Verdes e Veteranos. Senhoras, Hobby e restantes classes 2 vezes.

Diogo Ventura chega a esta quarta ronda do ano ainda invicto no campeonato e em Vila de Rei a concorrência terá que reagir para não deixar que o piloto de Góis dilate ainda mais a sua vantagem pontual.


Texto: FMP
Foto: One Shot Foto

segunda-feira, 27 de março de 2017

Dilúvio no Raide TT da Ferraria


Disputada em condições meteorológicas extremas, o Raid TT da Ferraria cumpriu a sua 30ª edição com corridas muito animadas. António Maio, Arnaldo Martins e Pedro Santinho Mendes foram os vencedores das três disciplinas em competição.

Entre chuva e sol a etapa inaugural do Raid TT da Ferraria começou em Abrantes ao lado do Tejo com um cenário magnífico para as verificações técnicas e para o parque fechado que reuniu mais de 120 equipas.

Desportivamente, a etapa inicial com 36 quilómetros cronometrados teve no campeão António Maio o mais rápido nas duas rodas. Sebastian Bühler abriu a pista e gastou mais 5 segundos que António Maio, ambos em Yamaha. Com o 3º tempo, mas já a mais de 1 minuto a ficar nas mãos de Mário Patrão aos comandos da sua habitual KTM.

No dia seguinte foi sob chuva torrencial que se disputou a segunda e derradeira etapa do Raid TT da Ferraria que regressou aos terrenos que sempre fizeram parte das anteriores edições da prova com uma dupla passagem por um troço com 83 quilómetros.

Nas motos e depois do abandono prematuro de Sebastian Bühler, o campeão António Maio passou para o comando da corrida e assegurou uma importante vitória nesta que foi a segunda etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. Mário Patrão, aos comandos foi o segundo classificado tendo gasto mais 7 minutos que o piloto da Yamaha. Companheiro de equipa de Maio, Luís Teixeira terminou na derradeira posição de pódio, tendo triunfado na classe TT3.

O campeonato Nacional de Todo-o-Terreno prossegue nos dias 14 e 15 de Abril com a realização da Baja de Loulé.

FMP

Enduro GP 2017 - Finlândia - Domínio de Remes na abertura do mundial

Eero dominou os acontecimentos na Finlândia

- Eero Remes venceu a Geral e a classe E2 nos dois dias;
- Afastado do Mundial há algum tempo, Antti Hellsten mostrou que não perdeu velocidade e venceu a Enduro GP;
- Nos Juniores, Eemil Pohjola também conquistou a dupla vitória no fim-de-semana;
- No 1º dia, 6 finlandeses ocuparam os 6 primeiros lugares da Geral;
- No sábado, Matthew Phillips foi o melhor não finlandês, na 7ª posição (4º Enduro GP) e no domingo foi Steve Holcombe quem mais se aproximou dos nórdicos, terminando na 3ª posição da Geral (2º Enduro GP). 
- 5 especiais no fim-de-semana com tempos superiores a 20 minutos;
- Nambotin e McCanney abandonaram no 2º dia devido a problemas mecânicos;

Resultados

1º dia:
(Clique para ampliar)

2º dia: 
(Clique para ampliar)

Videos:

Foto: Enduro GP

domingo, 26 de março de 2017

CNTT 2017 - Ferraria


- Mau tempo marcou o 2º dia de competição, tal como na primeira prova do campeonato disputada em Góis;
- Maio vence e Buhler abandona prematuramente quando liderava;
- Patrão termina em segundo;
- Luís Teixeira foi 3º classificado e 1º na classe TT3;
- David Megre venceu na classe TT1 e foi 5º na Geral.

Resultados:
(Clique para ampliar)

Videos:

sexta-feira, 24 de março de 2017

TLG 2017 - Comunicado - X-Country de Baltar adiado


"ADIAMENTO PRÓXIMA ETAPA TROFÉU LUSO GALAICO 2017
CROSS-COUNTRY – 2 ABRIL – BALTAR (PAREDES)

Boa tarde a todos

Vimos por este meio informar, e após vários pedidos por parte de pilotos e entidades, que a quarta etapa do Troféu Luso Galaico de Mota da Monte agendada para o próximo dia 2 de Abril, irá ser adiada. No mesmo fim-de-semana está marcado o Campeonato Nacional de Enduro em Vila de Rei e o Troféu Regional de Motocross em Jovim – Gondomar, pelo que para o bem das modalidades que tanto amamos, não fazia qualquer sentido.
O nosso pedido de desculpas por qualquer transtorno causado. Iremos agendar uma nova data para a realização da prova, que será anunciada a seu tempo.

Melicias Team"

TLG 2017 - Dominguez conquista a 3ª vitória da temporada em Chaves

Daniel Carracedo Dominguez continua a ser o homem a bater no TLG2017

O Enduro da Eurocidade, terceira prova do Troféu Luso Galaico Mota de Monte 2017, realizou-se no passado domingo em Chaves e, tal como em Caminha, em conjunto com a Liga Galega da Mota de Campo.
Daniel Dominguez voltou a triunfar, somando assim a terceira vitória da temporada em três provas realizadas. O melhor português foi André Mouta, na quarta posição da Geral. Estes pilotos ocuparam também os dois primeiros lugares da classe principal, a PRO, com Juan Rodiño a terminar no terceiro posto.

 André Mouta foi o melhor português na quarta posição da Geral

Na classe Expert, Márcio Antunes levou a melhor sobre os seus adversários, aproveitando da melhor forma a ausência de Gerson Pinto, vencedor das duas provas anteriores.
O segundo lugar do pódio ficou para Abel Vidal, à frente de Hélder Fernandes. Em termos de Troféu, são apenas 10 pontos que separaram os 5 primeiros. 

Márcio Antunes

Miguel Fernandes voltou a dar espectáculo com a sua "oitavo de litro" clássica. Aos comandos de uma Honda CR 125 de 1993, o piloto venceu a Enduro 1, registando o melhor tempo em quatro das seis especiais (2 voltas). Telmo Sousa ficou a 47,12 segundos e Marcelo Vieira a 1 minuto e 17,51 segundos.

Miguel Fernandes

Enduro 2 esteve completamente ao rubro, com os três primeiros a terminarem separados por apenas 3,69 segundos. Nuno Pinto foi o vencedor, com 3,43 de vantagem sobre João Silva que, por sua vez, bateu Anibas Botelho por 26 centésimos de segundo. Com Filipe Gomes e António Gonçalves a abandonarem a prova, 3 pontos separam agora os quatro primeiros na classificação do Troféu.

Nuno Pinto

Luís Vasconcelos continua invicto na Enduro 3 e deixou o segundo classificado, Pedro Roque, a 46,52 segundos. Carlos Calvão conquistou o degrau mais baixo do pódio com pouco mais de 1 segundo de vantagem sobre Daniel Pinto e a 1 minuto 3,66 segundos do vencedor.

Tal como Luís Vasconcelos na Enduro 3, também Diogo Parente ainda só conheceu o sabor da vitória nesta temporada nos Juniores. No entanto, se em Caminha foram quase 2 minutos a sua vantagem no final da prova para Daniel Branco, desta feita apenas 13,78 segundos separam os dois pilotos, com Branco a vencer inclusivamente duas especiais das seis que tiveram pela frente.
Na terceira posição e a quase minuto e meio de diferença, ficou Rui Fernandes.

Diogo Parente

Nos Veteranos, Nuno Freitas dominou a prova a seu bel-prazer, vencendo 5 das 6 especiais e deixando António Faria, segundo classificado, a 1 minuto e 6 segundos. O terceiro lugar ficou entregue ao líder do troféu, Albano Mouta, que venceu a primeira passagem pela Cross Test. 6 pontos separam agora estes três pilotos nas contas do Troféu.
De destacar ainda o facto de que Nuno Freitas, quando terminou a sua prova no final da segunda volta, ocupava o 12º lugar da Geral entre pilotos do Troféu Luso Galaico e da Liga Galega.

Nuno Freitas

Nos Super Veteranos, Paulo Ribeiro foi o vencedor com 8 segundos de vantagem sobre Luís Oliveira e 1 minuto e 19,32 segundos sobre Domingos Gonçalves. Oliveira é líder isolado no Troféu, com 67 pontos, mais 42 que Ignacio Ponga.

Os acontecimentos estiveram bastante animados na Promoção, com 8 segundos a separarem os três primeiros. Jorge Araújo venceu pela primeira vez na temporada, seguido por Emanuel Ferreira e Pedro Oliveira.
O líder do Troféu, Rui Cunha, concluiu a prova na quarta posição, a 20,70 do vencedor.

No Enduro da Eurocidade sentiu-se a falta das Senhoras, que contribuem sempre com uma presença muito especial, não tendo havido pontuações nesta classe.

Concluídas as três primeiras provas de Enduro, é tempo de X-Country. A prova em Baltar, agendada para o dia 2 de Abril, foi adiada por motivos de conflito de calendário com o Campeonato Nacional de Enduro e Troféu Regional de Motocross, pelo que a Organização brevemente anunciará nova data.

Foto: One Shot Foto e PM-Images

CNTT 2017 - Mais de 120 equipas na Ferraria


Depois de um excelente arranque em Góis o CNTT volta a explodir no Gavião com um volume de inscrições que ultrapassa as 120 equipas, ou seja, mais 50% que em 2016. Um acréscimo em todas as disciplinas, mas que supera as melhores expectativas nos SSV (+ 9 motos, + 5 quads e + 25 SSV).

A 30ª edição do Raid da Ferraria conta com alterações significativas, sendo a principal novidade o facto da competição ter início na cidade de Abrantes. A prova é constituída por duas etapas. A primeira das quais será realizada dia 25 de março e irá ligar Abrantes a Gavião. A segunda etapa, a realizar dia 26, terá inicio e fim no Gavião, sendo o local de partida diferente do de chegada.

No dia 25 de Março terão lugar as verificações entre as 7 e as 12 horas, sendo o limite de entrada em Parque Fechado as 12h30. O briefing de abertura da prova realiza-se às 12h20. 

Às 13h30 dar-se-á inicio à 1ª etapa com a saída da 1ª moto do Parque Fechado, seguem-se os quad e por último os SSV. Os pilotos terão pela frente um percurso de cerca de 36 quilómetros, que terminará na Vila de Gavião.

No segundo dia a competição regressa aos terrenos que sempre fizeram parte das anteriores edições, se bem que desta vez cada classe fará duas corridas: uma no período da manhã (SS 2) e outra no período da tarde (SS 3).

O primeiro concorrente partirá do Parque Fechado (Gavião) às 7H30. O percurso de ambos os sectores seletivos é o mesmo e tem uma extensão de 83 quilómetros. A Zona de Assistência está colocada no final do SS1.

O SS3 terá inicio às 12h15 com a partida da primeira moto do Parque Fechado (Gavião). A entrega de prémios vai ter lugar pelas 19 horas, em frente à Casa do Povo na Rua do Mercado, num pavilhão montado para o efeito. 

FMP

terça-feira, 21 de março de 2017

SEWC 2017 - França - Colton Haaker campeão

Colton Haaker, actual campeão, volta a conquistar o título mundial em 2017

- Haaker sagra-se bicampeão;
- Alfredo Gomez vence a classe Prestige, repetindo a vítoria alcançada em Espanha, e termina o campeonato em 2º, a 7 pontos de Haaker;
- Diogo Vieira foi 11º e terminou o campeonato na 13ª posição;
- Blake Gutzeit é o novo campeão Junior;
- Depois de ter dado nas vistas em Espanha, na sua prova de estreia, Travis Teasdale venceu os Juniores em França.

Resultados

Final 1:
(Clique para ampliar)

Final 2:
(Clique para ampliar)

Final 3:
(Clique para ampliar)

Campeonato:
(Clique para ampliar)

Video:


Foto: Colton Haaker FB

quinta-feira, 16 de março de 2017

Cpto Alemão 2017 - Uelsen

Dennis Schroter foi o primeiro vencedor da temporada 2017 do Campeonato Alemão de Enduro

Resultados:
(Clique para ampliar)

Video:

Luís Oliveira preparado para abertura do Campeonato Brasileiro Enduro FIM


O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM terá a sua ronda de abertura já no próximo fim-de-semana em São Paulo. Com dois dias de competição, a prova terá como centro nevrálgico o Shopping SerrAzul, em Itupeva (SP). Integrada no campeonato nacional da especialidade, esta será a primeira das sete provas do calendário Enduro FIM 2017.

Luís Oliveira foi campeão brasileiro de Enduro e vencedor também da Copa EFX, sendo obviamente um dos principais candidatos à vitória este ano. O piloto português irá alinhar com uma bem preparada Honda CRF 250R. “Temos trabalhado bastante com a moto e espero que tudo corra bem para que possamos conquistar a primeira vitória da temporada”.

O percurso delineado para este fim-de-semana terá cerca de 30 quilómetros na sua totalidade e será percorrido por quatro vezes no sábado e 3 no dia de domingo (sendo que a primeira é de reconhecimento). À semelhança do Mundial e também Campeonato Português, os pilotos terão ainda que enfrentar três especiais cronometradas.

“O Brasileiro de Enduro FIM promete fazer história em 2017. O show para o público está garantido, já que os principais pilotos do país e nomes fortes do enduro internacional vão disputar os títulos”, explicou Maurício Brandão - Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Programa
18/3 -Sábado
9h40 – Briefing com os pilotos
10h – Partida primeira moto

19/3 – Domingo
9h30 – Partida primeira moto
17h – Pódio

Um arranque de campeonato que se prevê bem animado, com localização bem perto da sede da Honda Racing Brasil, onde Luís Oliveira milita esta temporada. De destacar ainda que o piloto português já venceu em 2014 em Itupeva, na altura a 1ª Ronda da Copa EFX.

Texto: Evo-press
Fotos: Wander Roberto / Vipcomm

quarta-feira, 15 de março de 2017

Cpto Italiano 2017 - Custonaci

Giacomo Redondi foi vencedor da 2ª prova do Campeonato Italiano de Enduro, disputada na bonita ilha da Sicília, na comuna italiana de Custonaci. 

- Matthew Phillips venceu o 1º dia;
- Alex Salvini venceu o 2º dia;
- Giacomo Redondi venceu no somatório dos 2 dias;
- Christophe Charlier, ex-mundialista de MX, continua à espreita de uma vitória e foi 3º no 1º dia;
- Daniel Sanders, vencedor da classe E3 nos ISDE2016, foi 5º e 4º nos dois dias de prova;

Resultados:
(Clique para ampliar)

Video:

Foto: Italiano Enduro

segunda-feira, 13 de março de 2017

Cpto Espanhol 2017 - Oliana (Enduro de Segre)

Jaume Betriu(E3) venceu a prova inaugural do Campeonato Espanhol de Enduro 2017

- Cristobal Guerrero (E2) venceu o 1º dia;
- Jonathan Barragan (E2) venceu o 2º dia;
- Lorenzo Santolino venceu a Enduro 1 (somatório dos 2 dias);
- Cristobal Guerrero venceu a Enduro 2 (somatório dos 2 dias);
- Tomás Clemente terminou em 13º e 15º na classe Junior Open;

Resultados - 1º dia:
(Clique para ampliar)

Resultados - 2º dia:
(Clique para ampliar)

Videos:

terça-feira, 7 de março de 2017

SEWC 2017 - Espanha

Alfredo Gomez conquistou a sua primeira vitória no Campeonato do Mundo de SuperEnduro 

- Alfredo Gomez, com presença confirmada na Porto. Extreme XL Lagares, conquistou a sua primeira vitória no Campeonato do Mundo de SuperEnduro;
- Jonny Walker terminou em segundo e Haaker em terceiro;
- Blake Gutzeit venceu nos Juniores;
- A estrear-se no SuperEnduro, Travis Teasdale venceu a primeira final dos Juniores.
Resultados:

Final 1:
(Clique para ampliar)

Final 2:
(Clique para ampliar)

Final 3:
(Clique para ampliar)

Video:


Assim vai o campeonato:
(Clique para ampliar)

Foto: Carlos Larreta

segunda-feira, 6 de março de 2017

Chuva, lama e nevoeiro a abrir o Nacional TT 2017


Com pouco mais de 200 quilómetros de extensão divididos entre Góis e Arganil iniciou-se este fim-de-semana o campeonato nacional TT 2017. Na sua 24 edição a prova organizada pelo Góis Moto Clube levou até à vila plantada nas margens do rio Ceira quase nove dezenas de equipas divididas entre as motos, moto 4 e SSV, uma classe com enorme crescimento em 2017 e onde pontificam neste novo ano alguns nomes bem sonantes da modalidade.

Após as verificações realizadas no Sábado pela manhã a caravan enfrentou um prólogo com pouco mais de 16 quilómetros que definiu a ordem de partida para os dois troços desenhados para o dia de hoje e que foram percorridos por duas vezes cada.

Marcada por muita chuva, lama e nevoeiro a segunda etapa do 24º Raid TT de Góis consagrou os primeiros vencedores de 2017 do campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, onde apenas nos moto 4 se verificou alteração de líder face ao dia anterior.

Os resultados finais confirmaram as principais indicações dadas na véspera com Sebastian Buhler a impôr-se de forma clara nas duas rodas. O piloto da Yamaha terminou a corrida com três minutos e meio de vantagem para o 2º classificado, António Maio que tal como Buhler tripulou uma Yamaha WR 450 enquanto na 3ª posição ficou Mário Patrão aos comandos de uma KTM, este a regressar ao campeonato após a lesão contraída em Reguengos no passado ano.

Nota ainda para as vitórias de Martin Ventura na classe TT1, Sebastian Buhler em TT2 e Luis Teixeira em TT3, a classe maior do campeonato nacional de TT, sendo desta forma os primeiros líderes do campeonato.

Depois da vitória de Filipe Martins no prólogo a luta entre os Quad pendeu para o vice-campeão Arnaldo Martins. O duelo entre ambos terminou com 3m37s de vantagem para o piloto de Cabeceiras de Basto. Filipe Martins foi o 2º classificado à frente do veterano António Moreira que fechou o pódio nesta primeira ronda do ano.

Nos SSV e depois de um prólogo surpreendente Bruno Martins foi consolidando a sua vantagem e conquistou uma saborosa vitória que o coloca para já como principal candidato ao título.

Nos lugares de pódio terminaram mais dois Can Am, cabendo a  2ª posição a Pedro Santinho Mendes com Vitor Santos em 3º lugar a iniciar com resultado positivo o campeonato que prossegue com a 30ª edição do raid TT da Ferraria no último fim-de-semana de Março naquela que será a segunda e derradeira etapa da temporada sem a 'companhia' do campeonato da especialidade dos automóveis.

Texto: FMP
Foto: A2 Comunicação

domingo, 5 de março de 2017

CNTT 2017 - Góis

Sebastien Buhler venceu a primeira prova da temporada 2017 do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno

Resultados:
(Clique para ampliar)

Videos:



Foto: FB Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno

sexta-feira, 3 de março de 2017

Campeonato Nacional TT 2017 arranca em Góis


Depois de ter acolhido a primeira prova do campeonato nacional de enduro 2017 a acolhedora vila beirã de Góis, através do Góis Moto Clube, recebe igualmente no próximo fim-de-semana a primeira etapa do campeonato nacional de enduro 2017.

Dividida entre os concelhos de Góis e Arganil, tal como no passado ano, a 24ª edição do Raide Paraíso Todo-o-Terreno terá pouco mais de 220 quilómetros discutidos ao cronómetro no final dos dois dias de competição (4 e 5 de Março). Para esta abertura de campeonato o experiente Góis Moto Clube preparou um percurso composto por troços rápidos e exigentes, com muito interesse desportivo e grande beleza natural, entre a Serra do Rabadão e o vale do Rio Ceira, ligando Góis a Arganil, com a primeira a receber as verificações técnicas e o Parque-Fechado e a segunda uma zona de assistência entre as duas especiais agendadas para o dia de Domingo.

No Sábado irá decorrer, pelas 15h00, o Prólogo com início na Trincheira (Cortecega) e o final junto à Srª da Guia, com cerca de 16 km's, todos percorridos na Serra do Rabadão. Durante o Domingo existirão duas especiais com 48 e 46 km’s cada percorridas duas vezes. Entre cada existirão duas zonas de assistência, uma na Vila de Góis, junto ao Pavilhão Gimnodesportivo e a outra no Sub-Paço, em Arganil.

HORÁRIOS 

Sábado - 04 de Março
09h30/14h00 – Verificações técnicas e documentais junto à sede do Góis Moto Clube, na Quinta do Baião, Vila de Góis.
14h30 – Briefing com pilotos no palanque de partida.
14h45 – Saída do Parque Fechado
15h00 – SS 1 / Prólogo (16,2km's)

Domingo - 05 de Março
08h45 – Saída do Parque Fechado para o SS 2
09h00 – PEC 1 (48km's)
10h30 – PEC 2 (46km's)
12h00 – PEC 3 (48km's)
13h30 – PEC 4 (46km's)
16h30 – Afixação dos resultados finais
17h00 – Entrega dos Prémios 

FMP

quinta-feira, 2 de março de 2017

BXEC 2017 - Eds of the Valley

Billy Bolt venceu pela primeira vez no Campeonato Britânico de Enduro Extreme. Graham Jarvis ficou sem gasolina e foi desclassificado.

Resultados:
(Clique para ampliar)

Videos: