quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Gonçalo Reis no pódio em Góis


(Clique para ampliar)

Pedro “Botas” repete em Góis vitória no Challenge TM


Após ter vencido na prova inaugural do Campeonato Nacional de Enduro, Pedro Botas evidenciou mais uma vez a sua superioridade no Challenge TM, vencendo a segunda ronda, desta feita na bonita vila beirã de Góis.

Com a organização a cargo do experiente Góis Moto Clube, foram 223 pilotos que marcaram presença na 14ª edição desta prova, onde tiveram pela frente um percurso de cerca de 40 quilómetros onde se incluíam as bonitas e exigentes especiais Enduro Test, Cross Test e Extreme.

O Amarantino Pedro Botas, aos comandos da sua TM 144EN começou a corrida da melhor forma vencendo a primeira especial na Classe Verdes I assim como no Challenge.
“Foi uma boa prova, que gostei particularmente do percurso e das especiais, que eram bastante exigentes. Ataquei logo de início e entrei a vencer nas duas competições onde me insiro.”

Quanto ao Challenge TM o piloto que faz parte da equipa MotoDreams, estava bastante satisfeito com o resultado, “dominei ao longo de toda a corrida, vencendo com uma margem superior a três minutos para o segundo classificado. Duas provas, duas vitórias, não podia estar mais satisfeito. Este resultado é também fruto da excelente assistência que tenho ao meu dispor, uma vez que o Staff da MotoDreams é incansável na manutenção da mota durante as assistências.”

Na competitiva Classe Verdes I, que contou com mais de 25 pilotos inscritos, Pedro Botas esteve na luta durante as três voltas ao percurso “consegui vencer duas especiais e estar em primeiro ao final da primeira volta, mas um erro na segunda fez-me perder segundos preciosos que me atiraram para fora do pódio, fiquei em quarto, mas apenas a 36 segundos de vencer. Demonstrei que ainda sou rápido o suficiente para lutar pelas vitórias, isso deixa-me feliz, sinal que o trabalho que venho a desenvolver está a dar frutos, mas não totalmente satisfeito, pois quero vencer ainda este ano na Classe Verdes I.”

A terceira prova do Campeonato Nacional de Enduro, será uma dupla jornada, na sub-região do Douro, na cidade do Peso da Régua nos dias 24 e 25 de Março.

Helder Pinheiro

Duplo pódio para a formação Racespec em jornada beirã


A caravana rumou no passado fim-de-semana até à Vila de Góis para a disputa da segunda jornada pontuável para o Campeonato Nacional de Enduro. Com mais de duzentos inscritos, esta jornada beirã contou com um bonito traçado com quarenta e dois quilómetros entre as localidades de Góis e Arganil.

Neste 14º Enduro a cargo do Góis Moto Clube, e depois de uma jornada francamente positiva na costa vicentina, a formação RACESPEC|KTM|CFL apresentava-se com os habituais Tomás Clemente na classe Elite1, Bruna Antunes nas Senhoras e ainda Diogo Nogueira na classe Verdes 2.

Depois de cerca de duas semanas de treinos em Itália com a formação com que irá alinhar no mundial da especialidade, Tomás Clemente demonstrou uma vez mais todo o seu valor, garantindo novo pódio na Elite1. Com o segundo lugar na classe e a quinta melhor marca no Absoluto, o jovem Clemente comentou: “Foi uma boa corrida com um percurso técnico e especiais exigentes. Senti-me bem, mas fiquei com a perfeita noção que tenho diversos pontos para trabalhar. A luta continua…Obrigado a toda a minha equipa e a todos aqueles que me apoiam”.

Bruna Antunes não tem tido a sorte do seu lado e em Góis voltaria a sofrer alguns contratempos. Apesar de tudo e com uma toada bastante cautelosa, a atual Campeã Nacional de Enduro viria a terminar esta segunda jornada na terceira posição. “As coisas acabaram de por se complicar e não consegui mostrar o meu valor. Sei que sou capaz de mais e é nesse sentido que irei trabalhar nos próximos dias” concluiu Bruna Antunes.

Já Diogo Nogueira não conseguiu repetir o bom resultado da primeira jornada. Em Góis, o piloto Racespec viria a penalizar bastante, sendo relegado para a 15ª posição da classe Verdes 2. “Sofri contratempo mecânico na cross-test e desmoralizei. Este resultado não espelha o meu atual momento de forma, no estando espero regressar aos bons resultados já na próxima jornada”.

A próxima jornada do Campeonato Nacional de Enduro será a primeira pontuável de dois dias e decorrerá entre 24 e 25 de Março no Peso da Régua.

Texto: Evo-press
Fotos: OneShotFoto

Team Ecmoto Beta vence em Góis


223 pilotos marcaram presença na segunda prova do Campeonato Nacional de Enduro em Góis, num dia com boas temperaturas e muito sol, a ajudar à festa do Enduro.

A equipa Ecmoto Beta, alinhou com 6 pilotos, presentes em quatro classes diferentes, estando em grande destaque ao longo de todo o dia.
A fazer o seu regresso à competição depois de quatro anos fora das corridas, Nuno Cação teve ao seu melhor nível. Começou a liderar desde cedo, construindo uma boa vantagem, vencendo a categoria V3 com mais de 1 minuto de diferença para o segundo classificado. Venceu também com boa margem no Troféu Beta, registando a primeira vitória da temporada para a equipa.

Gabriel Seco, que conta com o apoio da MIT, voltou a ser regular nesta jornada, levando a sua Beta RR 250 ao 14º da classe Veteranos, sendo o 13º no Troféu Beta.

Ulisses Rossa reforçou o quarto lugar no Campeonato de Super Veteranos, terminando no 6º posto em Góis. Este resultado mantem o #351 na luta pelos três primeiros do Campeonato. Ainda em Super Veteranos, Mário Simões fez a sua primeira prova esta temporada, ficando perto de entrar no Top10.

João Marques teve um pequeno atraso numa especial, mas mesmo assim conseguiu entrar nos 20 melhores do Troféu Beta, enquanto Alberto Carvalho terminou no 27º lugar, deixando todos os pilotos da equipa dentro do Top30 no Troféu Beta.

Uma jornada positiva, que trouxe a primeira vitória à equipa que tem o apoio da Vistaulux, estando agora a ser preparada a participação no Enduro da Régua, naquela que será a única com dois dias de prova, a realizar no final do mês de Março.

FMP

João Rafael termina Enduro de Góis no 7º lugar


O Campeonato Nacional de Enduro voltou no passado fim de semana com o Enduro de Góis.
A correr pela Equipa Escuderia de Castelo Branco com as cores da Motobrioso esteve o Piloto Alcainense João Rafael que demonstrou um excelente andamento.

João Rafael comentou: "Foi uma boa corrida no geral, acabei com o 7º lugar na classe Verdes 1 e com o 12º em Verdes Absoluto.
Gostei bastante do percurso que nos apresentaram, apesar de não ter grande dificuldade, presenteou-nos com paisagens muito boas. 
Nas especiais Enduro Test e Extreme Test andei sempre nos 5 primeiros lugares da classe, tendo inclusivo feito o 2º melhor tempo de Verdes 1 e Verdes Absoluto na 2ª passagem da Extreme, no entanto na Cross Test tive algumas dificuldades tendo cometido um erro na 1ª passagem com uma queda e nunca fazendo os saltos duplos, perdendo assim muitos segundos nesta especial.
Agora é pensar e treinar para a próxima ronda que será a primeira de dois dias no fim de semana de 24 e 25 de Março na Cidade de Pêso da Régua.
Muito obrigado à Motobrioso que prepara a minha mota e está sempre ao melhor nível, a todos os patrocinadores, a quem nos acompanha e em especial aos assistentes Jorge Adónis e ao meu irmão Pedro Rafael que este ano do lado de fora me têm ajudado muito com boas dicas." 

Press CNE Góis - João Rafael

Diogo Ventura segundo em Góis


Após ter sido quarto classificado na abertura do campeonato nacional de enduro no final do mês de Janeiro Diogo Ventura enfrentou no dia de ontem a segunda etapa do campeonato, naquele que foi igualmente o regresso aos trilhos de Góis, localidade que recebeu pela 14ª vez uma prova do escalão máximo da especialidade.

Num percurso com cerca de quatro dezenas de quilómetros desenhado nas serras de Góis e Arganil Diogo Ventura enfrentou igualmente as 11 especiais que definiram a classificação final, conseguindo vencer em quatro ocasiões ao longo de um dia onde desde a segunda especial ocupou sempre o segundo posto da classificação.

"Ser segundo não é obviamente um mau resultado especialmente porque ao contrário do que aconteceu na primeira corrida desta feita venci especiais e estive na luta pela primeira posição de forma mais intensa. Na parte final perdi um pouco o ritmo e a diferença cresceu ao contrário do que desejava pois queria estar na frente perante o meu público. Mas foi bom em termos de campeonato pois ganhei posições e vamos continuar a trabalhar para discutir o título."

A próxima prova irá levar os pilotos até à Régua, onde entre os dias 23 e 25 de Março se realiza a primeira de duas provas do calendário com dois dias de duração.

Hype Communications

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Sebastian Bühler repete vitória no Enduro

Vice-campeão TT triunfa na categoria Open

Depois de uma vitória conquistada na jornada de abertura do Campeonato Nacional de Enduro, Sebastian Bühler repetiu o triunfo na segunda jornada que no passado fim de semana se disputou em Góis. O piloto do Bühler Racing Team equipa apoiada pela Yamaha foi o mais rápido entre os concorrentes da categoria Open tendo ainda obtido o sexto lugar da classificação geral absoluta.

Esta prova de Góis com um total quatro dezenas de quilómetros distribuidos por três especiais desenhadas na Carvalinha (Cross-Test); Casalinho de Baixo (Enduro-Test) e Casa Branca (Extreme-Test), não começou da melhor maneira para Sebastian Bühler. Um percalço na Extreme Test de abertura da prova fez-lhe perder um tempo bem significativo para uma prova de Enduro, mas o piloto não desanimou e realizou toda a restante competição em recuperação, vencendo a maioria das especiais o que lhe permitiu chegar uma vez mais à vitória na categoria.

“Tive um pequeno percalço logo na primeira Extreme que me fez perder dois minutos. No entanto, ao longo da corrida, fui conseguindo ganhar vantagem e recuperar o tempo perdido. Na penúltima especial o tempo recuperado permitiu vencer na classe e ser o sexto absoluto. Estou muito satisfeito”. 

Texto: A2 Comunicação
Foto: FMP

CNE 2018 | Góis - Arranque da Enduro Cup


Com o objectivo de aliciar ainda mais jovens pilotos para o enduro, a Federação de Motociclismo de Portugal juntamente com os seus parceiros, ENI, Polisport e AJP, deram arranque a mais uma edição da Enduro Cup no recém-realizado Enduro de Góis.

Destinada a pilotos com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos aos comandos de máquinas com motor 50cc a dois-tempos ou 125cc 4T, a Enduro Cup conta com inscrições a preços reduzidos (25 euros) e um interessante pacote de oferta que inclui não apenas a licença desportiva mas também óleos e equipamento para os participantes na competição.

Com um calendário composto por quatro provas de um dia e duas de dois dias Góis marcou o primeiro duelo do ano para os nove concorrentes que aderiram a este primeiro confronto do ano. No final da jornada foi Mateus Cêpa a levar a melhor aos comandos da sua AJP, batendo Nuno Barradas e Miguel Saraiva, todos eles aos comandos de AJP 125, destacando-se igualmente a presença de uma ‘menina’ Ana Lopes, que fez a sua estreia na modalidade.

Para todos os participantes na classe o “Pack Enduro Cup” é composto pelas seguintes ofertas e promoções:

Oferta FMP
– Licença Desportiva Anual Enduro
– Duas camisolas personalizadas (de utilização obrigatória nas provas e na entrega de prémios)

Oferta Eni
– Óleos e lubrificantes

Oferta Polisport
– Um colete de protecção
– Um par de joelheiras
– Um par de cotoveleiras
– Um bike stand

Oferta AJP
– Condições especiais de aquisição de moto AJP com preparação
– 250,00 Euros em material de substituição de peças originais AJP

A próxima prova da Enduro Cup realiza-se no final do mês de Março na Régua.

FMP

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

CNE 2018 - 223 pilotos enchem Góis

Luís Oliveira

223 pilotos enfrentaram ontem os 40 quilómetros de percurso da segunda prova do calendário 2018 do nacional de enduro. Com organização a cargo do Góis Moto Clube a imensa caravana encheu por completo o Parque do Cerejal nas margens do Rio Ceira numa clara demonstração da popularidade e vitalidade da modalidade.

Segundo classificado na prova de abertura do campeonato nacional de enduro 2018 realizada no final do passado mês, Luis Oliveira conseguiu a vitória absoluta depois de liderar desde a primeira das 11 especiais que os pilotos das duas classes maiores tiveram que enfrentar.

De regresso ao campeonato depois de um ano de ausência o piloto de Sintra voltou a vencer - o que não acontecia desde o dia 25 de Setembro de 2016 então no fecho de época em Alcanena - ao fechar o dia com quase 27 segundos de vantagem sobre Diogo Ventura, segundo classificado na frente de Gonçalo Reis que fechou o pódio beirão. Oliveira e Ventura foram os dois únicos a vencer especiais, cabendo ao regressado piloto de Sintra o sucesso em sete ocasiões ao longo da jornada.

Gonçalo Reis foi terceiro desde a segunda especial, na primeira fechou o cronómetro no segundo posto na frente de Diogo Ventura e assinou o seu primeiro pódio da época na frente de Diogo Vieira, novamente o melhor na sua classe (Elite 1) tal como tinha acontecido na abertura em Vila Nova de Santo André.

Diogo Vieira

O grande azarado do dia foi João Vivas, terceiro na primeira ronda, que se atrasou de forma irremediável na segunda passagem pela Enduro Test ao entregar 4 minutos aos adversários mais directos e descendo cinco posições (quarto para nono) por força de uma queda numa especial rápida e bastante exigente do ponto de vista técnico.

Na classe Open foi Sebastian Buhler que repetiu a vitória da primeira prova, cabendo a João Moura a vitória nos Verdes em termos absolutos e Verdes 2, ele que também tinha sido o vencedor na primeira prova do ano. Na Verdes 1 foi Igor Domingos o vencedor, com Nuno Cação a ser o melhor na Verdes 3. Quem também repetiu vitória foi Joana Gonçalves nas Senhoras enquanto que nos Veteranos Nuno Freitas puxou dos 'galões de campeão' e venceu pela primeira vez este ano.

Vitória na Enduro Cup - que cumpriu aqui a sua primeira prova do ano - para Mateus Cêpa, Fernando Teixeira venceu nos Super Veteranos, Miguel Antunes nas Vintage e Rodrigo Belchior na Youth Cup.

A próxima prova do campeonato será realizada junto ao Douro na Régua e será a primeira ronda do ano com dois dias de duração, a 24 e 25 de Março.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

CNE 2018 - Góis recebe caravana pela 14ª vez


Após o arranque de época nas areias da costa vicentina o campeonato nacional de enduro sobe este fim de semana até à vila beirã de Góis para o segundo duelo da temporada.

Esta será a 14ª vez que o campeonato maior da especialidade visita as margens do Rio Ceira e cabe ao experiente Góis Moto Clube a recepção aos mais de 150 pilotos esperados, tendo a organização preparado um percurso com cerca de quatro dezenas de quilómetros desenhados nas serras de Góis e Arganil, quilometragem que contabiliza igualmente as três especiais cronometradas.

Com o secretariado localizado na sede do Góis Moto Clube o Parque-Fechado da prova será no conhecido Parque do Cerejal, um dos ex-libris da vila e será deste local que ás 10 horas da manhã de Domingo (25 de Fevereiro) partirá o primeiro concorrente em competição.

As três especiais estão localizadas num raio de curtos cinco quilómetros de distância do Parque-Fechado estarão desenhadas na Carvalinha (Cross-Test); Casalinho de Baixo (Enduro-Test) e Casa Branca (Extreme-Test), com as mesmas a serem percorridas por quatro vezes pelos pilotos das classes Elite e Open, três vezes para as classes Verdes e Veteranos e duas vezes para as restantes categorias, sendo que estarão 11 distintas classes em prova como é hábito em todas as provas do campeonato nacional.

Na primeira ronda do campeonato, que se realizou no final de Janeiro em Vila Nova de Santo André, foi Luis Correia o vencedor num regresso a um campeonato onde foi campeão em 2016 mas de forma esporádica pois não estará em todas as rondas. Animada será certamente a luta entre Luis Oliveira, João Viva e Diogo Ventura, este último a jogar em casa e a querer reagir aos concorrentes depois do quarto posto no arranque do ano. Serão certamente protagonistas lado a lado com todos os outros que iniciaram no final do passado mês uma nova temporada e que estarão certamente mais confortáveis neste segundo embate da temporada, o 14º Enduro de Góis.

FMP

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Diogo Vieira 11º em Málaga


A solarenga cidade espanhola de Málaga recebeu a 3ª prova do campeonato do mundo de SuperEnduro. A organização já tinha realizado uma prova extra-campeonato em 2017 para preparar a recepção à caravana mundialista.

A pista era bastante rápida com 3 duplos com diferentes obstáculos tanto na descolagem como na aterragem mas tinha uma zona de pedras bastante técnica que colocou os pilotos à prova. O campeão nacional de SuperEnduro conseguiu o apuramento para as finais com um respeitável 9º lugar, sendo a melhor Yamaha nos treinos cronometrados.

Já na primeira final Diogo rodava dentro do Top 10 mas alguns erros fizeram-no acabar a primeira final em 11º. Na segunda final e com um arranque na fila da frente, Diogo conseguiu manter um bom ritmo ao longo de toda a manga e mesmo com alguns erros terminou no 8ª lugar. A 3ª e derradeira final viu um grande queda no arranque, mas Diogo conseguiu evitar a confusão e chegou à primeira curva em quarto. Conseguiu rodar grande parte da manga em redor do 7º lugar até que uma queda quase no fim o atirou para o 10º lugar final, sendo que no somatório das 3 finais foi o 11º classificado.

“Foi uma prova muito intensa pois a pista era bastante pequena e a zona de pedras muito técnica. Senti-me bastante bem com a moto e sabia que consegui rodar dentro do Top10. Fiquei a 1 ponto, o que deixa com um sabor um pouco agridoce mas dá-me motivação para trabalhar e tentar entrar nos dez melhores  em Bilbao, a próxima prova do campeonato do mundo.”

FMP

PHES 2018 | Valongo - Highlights


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

PHES 2018 | Valongo - Fotos One Shot Foto


PHES 2018 | Valongo - Onboard Mario Roman



SEWC 2018 - GP de Espanha

Cody Webb mantém a placa vermelha na classe Prestige

➡Cody Webb venceu o quente GP de Espanha, onde a competição esteve ao rubro e, nas palavras do próprio, "foi uma noite louca";
➡3 vencedores diferentes nas 3 finais: Walker, Webb e Blazusiak;
➡5 pontos separaram os 3 primeiros no pódio final, com Walker em segundo e Bolt em terceiro;
➡Diogo Vieira continua a sua evolução entre os melhores do mundo e conquistou 16 pontos no GP de Espanha, concluindo a prova na 11ª posição, depois de ter terminado a primeira final da noite no 8º posto;
➡Nos Juniores Kevin Gallas continua a dominar e venceu as 3 finais da noite;

Resultados - Prestige:

Campeonato - Prestige:

Video:

Foto: FMF

domingo, 18 de fevereiro de 2018

PHES 2018 | Valongo - Resultados (Oficiosos)

Mario Roman venceu a 1ª prova da Portugal Hard Enduro Series.

Resultados (Oficiosos):





(Clique para ampliar)


NDR: Revisão de resultados ditou entretanto a vitória de Pedro Durães na classe 4T.

Foto: One Shot Foto

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

BEC 2018 - Witley - Mccanney a abrir

O novo recruta da Gas Gas, Danny Mccanney, venceu a prova inaugural do campeonato britânico de enduro 2018, batendo Tom Sagar e a surpresa Joe Wootton.

Resultados:

(Clique para ampliar)

Videos:

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Hell´s Gate 2018 - Vitória para Roman

Depois de 3 tentativas com resultados sempre no pódio, Mario Roman venceu a Hell´s Gate

➡Piloto da Sherco, que estará presente na Extreme Valongo já no próximo fim-de-semana, venceu a prova onde se estreou nos grandes palcos do Extreme Enduro mundial em 2015;
➡5 vezes vencedor, Graham Jarvis teve de se contentar com o 2º lugar;
➡Com uma grande prestação ao longo de todo o fim-de-semana (vitórias no prólogo e na corrida da manhã), Travis Teasdale terminou no 3º posto final;
➡O português Nuno Pereira conquistou a  7ª posição da sua classe, 250 4T, dominada por Jarvis;

Resultados:
(Clique para ampliar)

Videos:

Foto: FB Mario Roman

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

King of the Motos 2018 - Webb redime-se

Depois de ter perdido o primeiro lugar em 2017 para Colton Haaker, por ter falhado um checkpoint, Cody Webb esteve irrepreensível este ano e venceu a King of the Motos 2018.  

Resultados classe Pro:
1. Cody Webb
2. Colton Haaker
3. Noah Kepple
4. Max Gerston
5. Mitch Carvolth
6. Evan Ask
7. Eric Slominski
8. Justin Morgan
9. Tyler Kinkade
10. David Kamo



Foto: FB King of the Motos | Intrepid Off Road

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Gala dos Campeões 2017 - Noite de consagração no Estoril

Campeões Enduro 2017

Após um ano de 2017 onde se realizaram mais de uma centena de provas desportivas válidas para os diversos campeonatos nacionais de motociclismo onde participaram os mais de 1300 atletas com licença desportiva, a Federação de Motociclismo de Portugal juntou ontem no Salão Preto e Prata do Casino Estoril os campeões nacionais da época, marcas, patrocinadores, entidades oficiais e os membros das diversas comissões das modalidades.

Uma noite de gala onde foram não apenas entregues os troféus aos melhores das diversas disciplinas: Enduro, SuperEnduro, Motocross, Supercross, Supermoto, Trial e Velocidade mas igualmente homemageados pilotos pelo seu percurso e carreira: Felisberto Teixeira, António Oliveira, Miguel Oliveira e Ruben Faria receberam a Medalha de Mérito da FMP, tal como Gil Nadais, o ex-presidente da Câmara Municipal de Águeda e Luis Tadeu, Presidente da Câmara Municipal de Viseu. Foram igualmente distinguidos o Centro Cultural e Recreativo da Poutena; Raul Rocha Pereira o Presidente da Junta de Freguesia de  Freixo de Espada à Cinta e ainda a ENI-Sintética, representada na cerimónia por António José.

Homenageados igualmente os pilotos que integraram as selecções nacionais de Enduro, Motocross, Supermoto e Trial, tanto masculinas como femininas, bem como aqueles que representaram as cores portuguesas em campeonatos do mundo, denominados de Top-Riders e que em 2017 foram Diogo Vieira no Mundial Super Enduro; Miguel Oliveira no Mundial Moto2; Paulo Gonçalves no Mundial Cross-Country e Rallyes e Rui Gonçalves no Mundial MXGP.

Quanto a campeões foram 30 os campeonatos sob a égide da FMP no passado ano dos quais sairam os 24 campeões nacionais alguns deles com sucesso em mais que uma disciplina. O ano de 2017 fechou assim definitivamente, com os campeonatos nacionais 2018 a prometerem muita luta e animação na discussão das melhores posições e um lugar na Gala dos Campeões 2018.

FMP

Bassella Race 2018 - Blazusiak e Guerrero foram os vencedores

Os 3 primeiros da Xtreme Race terminaram separados por pouco mais de 22 segundos.

Resultados:
(Clique para ampliar)

(Clique para ampliar)

Videos:

Foto: Organização