segunda-feira, 30 de abril de 2018

CNTT 2018 | Ferraria - Maio mantém invencibilidade


Dividida em dois dias de competição e ligando Abrantes ao Gavião a terceira prova do campeonato nacional TT 2018 levou mais de uma centena de equipas aos trilhos e pistas que integram também a mítica Baja de Portalegre.

Com três décadas de existência o Raid da Ferraria é uma das duas provas do calendário onde as categorias da Federação de Motociclismo de Portugal (motos, moto4 e SSV) competem em exclusivo e sem a companhia dos automóveis, tendo o clube organizador delineado para esta sua 31ª edição dois sectores selectivos, o primeiro com pouco menos de quatro dezenas de quilómetros realizado no Sábado e o derradeiro com 86 quilómetros a ser utilizado por duas vezes no derradeiro dia de prova.

Uma prova que ficou marcada pela chuva e condições de piso muito exigentes e que levaram a um acréscimo de dificuldade para todos os pilotos que marcaram presença.

Nas duas rodas António Maior atacou a liderança do pelotão logo no primeiro sector selectivo, que ligou o Rossio ao Sul do Tejo ao Gavião, começando a construir uma vantagem que cimentou no arranque do segundo dia e geriu na segunda passagem pelos 86 quilómetros do sector selectivo que preencheu o segundo e decisivo dia de competição.

A segunda posição ficou nas mãos de Luis Ferreira, o mais rápido no último sector selectivo para assegurar igualmente a vitória na classe TT3 na frente de Mário Patrão, o segundo no final do primeiro dia e líder inicial da classe.

Fonte: FMP

Sem comentários: