Últimas notícias

Piloto Hobby no Enduro da Figueira da Foz


Este fim de semana realizou-se a 4ª prova do Campeonato Nacional de Enduro 2012, na Cidade da Figueira da Foz, um dos locais mais emblemáticos do Enduro nacional.

O Piloto Hobby, Joel Santos, marcou novamente presença para fazer a reportagem dentro da corrida, sendo esta também a quarta prova consecutiva em que participou e que mais uma vez concluiu com sucesso. Para esta prova além dos apoios do projecto, o Piloto Hobby também contou com o apoio da Arjones Motos, importador GasGas para Portugal, que gentilmente disponibilizou uma GasGas 250 2T modelo 2012 para fazer a reportagem, definitivamente uma mais valia para o desempenho na corrida e evolução do Piloto.

A prova

A história do Enduro em Portugal está sempre ligada à Figueira da Foz, pelo historial de provas já organizadas, bem como pelas paisagens únicas características da região. Esta era uma das provas mais aguardadas do calendário e o numero de inscritos provou isso mesmo, mais de 140 pilotos em prova.
O percurso não teve areia, centralizou-se em subir e descer a bonita Serra da Boa Viagem, pelo meio tínhamos as especiais cronometradas, a Classe Hobby não fazia a Extreme Test!

Em termos organizativos, esta também era uma prova que criava bastante expectativa nos pilotos, mas assim não foi. No sábado não houve verificações técnicas, logo os muitos pilotos e alguns de bem longe, que vieram no dia anterior à prova, não puderam guardar as motas em parque fechado, o que causou logo algum transtorno a quem não tinha onde guardar a mota. De salientar negativamente foi também a falta de informação antes da prova, falta de resposta a quem solicitava informações, havendo mesmo muitos pilotos que se deslocaram para a Figueira da Foz sem terem obtido a confirmação da sua inscrição na prova. No Domingo começaram a fazer as verificações documentais e técnicas a partir das 8 horas, aos cerca de 140 Piloto inscritos, o que gerou confusão e uma longa espera até se conseguir colocar a mota em parque fechado. No decorrer da prova, o percurso era muito bonito e bastante acessível para a Classe Hobby, tanto que até soube a pouco, 3 voltas seria o ideal.


No que toca às especiais cronometradas, fazíamos a Enduro Test logo dois minutos depois de começar a prova, nem dava para aquecer e assim quem andava na luta por resultados não conseguia ter o melhor desempenho. A Extreme Test não era feita pela classe Hobby! e no final da volta fazíamos a Cross Test mesmo antes de entrar na assistência. Nota negativa na reposição de fitas partidas nas especiais, chegando mesmo a não saber para onde era o sentido da especial, o que aconteceu a vários Pilotos.
Resumindo, os erros cometidos tratando-se de um evento de nível nacional, não são aceitáveis, esperando-se que não se voltem a repetir.

A Classe Hobby


Nesta prova estiveram mais de 80 Pilotos só nesta classe, representado mais de metade do total de inscritos. Mais uma vez e cada vez mais, esta classe tem que ser tida em conta no Campeonato Nacional de Enduro. Para muitos pilotos é a primeira vez que participam num Enduro, porque são de perto e aproveitam a oportunidade, outros vão para conhecer a zona de realização da prova e ainda há os que se iniciam-se na competição por esta classe, mas a falta de informação sobre o funcionamento do Enduro enquanto modalidade desportiva continua escassa e presta-se pouca atenção a estes pilotos, só em Torres Vedras é que se teve esse cuidado, sendo uma iniciativa da organização local, fazendo um briefing antes do inicio da prova com todos os piloto da Classe Hobby, onde foi explicado sucintamente o funcionamento do Enduro e o desenrolar daquela prova.
Mais cuidado e atenção com quem faz encher o parque fechado é exigido! 

A reportagem

Nesta prova o objectivo era reportar as verificações técnicas para mostrar mais em pormenor o que ali se faz e que é exigido aos Pilotos. Para isso nada melhor que verem o video onde registei a minha passagem pelas verificações.

Video:

Segue-se agora uma interrupção no Campeonato Nacional, retomando-se a competição em Setembro e Outubro com as provas de Rio Maior e Ourém para finalizar a época.

Piloto Hobby

No que toca ao projecto "Piloto Hobby", a reportagem dentro da corrida no Campeonato Nacional termina aqui, esperando ter contribuído da melhor maneira para a promoção da modalidade e encorajado outros pilotos amadores a criarem o seu próprio projecto. Mais vídeos e comentários serão de esperar, mas agora do lado de fora, de modo a registar outros pontos de vista e acontecimentos no desenrolar das provas.

Agradecimentos

Um agradecimento especial a todos os apoios e parceiros, que tornaram assim possível esta reportagem ao longo destas quatro provas do Campeonato Nacional de Enduro 2012, esperando continuar com o apoio destes, mas também de outros que se queiram associar ao ValeDosDuros.com, ajudando assim no desenvolvimento de novas reportagens em volta do Enduro em Portugal e não só!

Patrocinadores: ModoJ - Fotografia, Enduro Code, Moto Junior, CiberSistemas - Internet - WebDesign, Tendencia Visual - Impressão | Design | Publicidade, ACmotos, B4 Bike, Arjones Motos.
Parceiros: Enduro Portugal, Doutores do Enduro, Turres Offroad, NewGrafic ND, Sport Clube de Cambra, Seguros Protocolo EnduroPortugal

Texto: Joel Santos
Fotos: ModoJ

Sem comentários