Últimas notícias

Dia de esforço para o Team Bianchi Prata

Como se não bastasse o dia de ontem com dificuldades devido a gasolina de má qualidade no motor da sua moto, Bianchi Prata teve novamente hoje um dia bastante complicado, obrigando o piloto do Porto a um esforço suplementar para conseguir terminar a prova e manter-se no Dakar 2014. Tudo devido a um pedaço de carne ingerido ontem que o levou ao hospital durante a noite, limitando assim o seu tempo de descanso, reduzido a duas curtas horas.

‘Foi uma noite terrível. Devido a um pedaço de carne que ingeri ao jantar fiquei com o esófago obstruído e tive mesmo que ir de urgência ao hospital durante a noite. Nunca me senti tão mal na minha vida e tive que ser submetido a uma endoscopia para que o esófago fosse novamente ‘limpo’. Estive durante seis horas no hospital, uma delas a ser submetido a essa mesma endoscopia e quando regressei ao ‘bivouac’ apenas consegui dormir duas horas.’



Com tão pouco tempo de descanso e uma especial que já se sabía com antecedência ser muito técnica e exigente o dia acabou por ser bastante duro, mas como sempre Bianchi Prata não baixou os braços e enfrentou a especial disposto a recuperar posições na classificação da prova, gerindo ao mesmo tempo o desgaste da sua moto já que esta era uma etapa maratona, sem assistência técnica no final do dia.

‘A etapa revelou-se muito dura, técnica e mesmo perigosa. Foi um dia muito complicado mas consegui chegar ao final e ganhar mesmo posições na classificação. Um resultado complicado de atingir mas que me dá moral para continuar.’

A etapa de hoje levou os pilotos até San Juan e no caminho foram ultrapassados os 4000 metros de altitude, o que causou ainda maiores difuldades aos pilotos. Mas Bianchi Prata atingiu o final da jornada na 40ª posição, ganhando assim várias posições na classificação geral após um dia bastante duro. O piloto do Porto está agora na 40ª posição, o que significou uma subida de sete posições face ao dia de ontem.

Quanto a Victor Oliveira, o piloto de Viana do Castelo ultrapassou mais um duro teste com distinção, fechando este dia exigente na 37ª posição, ocupando agora um excelente 44º posto da classificação geral.


Amanhã os pilotos enfrentam mais uma etapa deste Dakar 2014, a quarta da prova, onde a palavra de ordem será acima de tudo levar a moto até ao final, onde novamente estarão as equipas técnicas para receber máquinas e pilotos depois de 353 quilómetros ao cronómetro. O ‘bivouac’ será em Chilecito após mais um dia nas montanhas.

Hype Communications

Sem comentários