Últimas notícias

Team Bianchi Prata - Estreia na Bolívia


Começou hoje a segunda e decisiva metade do Dakar 2014. Na despedida da Argentina os pilotos rumaram a solo boliviano, uma estreia na prova, mas a chuva e condições muito difíceis obrigaram mesmo à anulação dos primeiros 100 quilómetros da especial e ao cancelamento da passagem pelo Salar de Uyuni – agendada para o dia de amanhã - um imenso mar salgado que devido a demasiada água acumulada obrigou a organização a anular uma das passagens mais esperadas nesta edição do Dakar.

Mesmo com menos uma centena de quilómetros nem por isso a especial ficou mais fácil para os pilotos, já se sabia que o dia sería novamente passado em alta montanha, com subida acima dos 3500 metros de altitude, e com a chuva e o frio que se fizeram sentir a lama marcou igualmente a jornada, que não foi fácil para nenhum piloto, especialmente porque esta é a segunda etapa maratona da prova, sem assistência no final do dia. Contas feitas...Biancbi Prata defendeu-se a si e à sua moto neste regresso aos trilhos.

‘Já se sabía que era um dia complicado e depois da chuva que caíu ontem e durante a noite o percurso estaría certamente muito complicado. Sabíamos que a Bolivia sería exigente, especialmente porque na chegada a Uyuni estamos por nossa conta na assistência ás motos. Optei por me defender em conjunto com a moto, sem arriscar nada, mantendo as minhas aspirações e objectivos em mente. Mais uma vez a minha escola do enduro ajudou e estou satisfeito com isso.’

Palavras de Pedro Bianchi Prata que hoje terminou a especial na 47ª posição, descendo assim dois lugares na classificação geral, estando agora na 25ª posição, o que deixa o piloto do Porto motivado para os próximos dias de prova.

‘Tudo foi novo para nós aqui na Bolivia e arriscar era perigoso. Andei certo e a pensar no dia de amanhã. Quero manter –me entre os trinta melhores do Dakar e por isso por vezes termos que gerir a prova. Foi o que fiz hoje e vou fazer quando tal fôr necessário. Neste momento sou o segundo melhor português em prova e isso também me deixa satisfeito com o trabalho que fiz até ao momento.’

Vitor Oliveira geriu igualmente a sua prova e terminou a etapa na 40ª posição, para ocupar agora a 74ª posição da classificação geral, firme nos seus objectivos de atingir o final da prova.

Hype Communications

Sem comentários