sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Team Bianchi Prata - Gerir para terminar



Com o Dakar cada vez mais próximo do palanque de chegada a caravana chegou hoje a La Serena no Chile após completar o penúltimo dia de prova. Mais um dia exigente e que novamente causou dificuldades a vários pilotos, numa clara demonstração de que o Dakar acaba apenas na linha de meta. 

Bianchi Prata não escapou a mais uma longa etapa, marcada por uma centena de quilómetros nas dunas de Copiapo e por muito pó que causou dificuldades a muitos pilotos. No final do dia o piloto do Porto teve mesmo que gerir o motor da sua moto, a acusar o esforço dos últimos dias.

‘Hoje a especial não correu muito bem, com muitos problemas de vária ordem. No início apanhei muito pó e depois de ser apanhado pelo Victor Oliveira começámos a rodar em conjunto até ao momento em que ele teve um problema com a moto. Estive com ele a tentar resolver o problema mas não o conseguimos e acabei por regressar à pista sozinho. No final da especial, com cerca de 100 quilómetros em areia, a minha moto começou a fazer um ruído muito estranho no motor e baixei ainda mais o ritmo para poupar a moto. Comecei a ficar sem embraiagem, o motor começou a fazer muito barulho e vim mesmo devagar até ao final para não correr riscos de ficar parado. Agora vamos verificar a moto e preparar tudo para os quilómetros de amanhã.’

Num dia tão complicado Bianchi Prata fechou esta penúltima especial do seu sétimo Dakar na 48ª posição, ocupando agora a 29ª posição da classificação geral quando faltam apenas disputar 157 quilómetros do Dakar 2014. O objectivo é estar amanhã em Valparaiso no palanque final do Dakar e é para isso que o piloto e a equipa trabalham neste momento no acampamento de La Serena.

Hype Communications

Sem comentários: