Últimas notícias

CNTT 2014 - Baja Terras de Alcoutim - Maio vence no Algarve

Sebastian Buhler venceu a classe TT1

Depois de duas corridas em que não esteve no pleno das suas capacidades, António Maio regressou aos triunfos em mais uma jornada muito disputada. Desde o prólogo que o piloto da Yamaha assumiu os riscos de querer vencer, apostando em partir à frente para o sector único de 224 quilómetros e tendo ganho logo aí 12 segundos.

Na corrida, que começou por ter Luís Teixeira na liderança, António Maio chegou à segunda zona de assistência depois de ter ganho mais 31s a Mário Patrão, tendo aí optado por mudar o pneu traseiro da sua Yamaha, ao contrário do seu rival que apenas reabasteceu. Até ao final da prova Maio recuperou o minuto gastou nessa operação e terminou o SS1 com 23s de vantagem o que, somados aos 12 s ganhos no prólogo, perfez um total de 35s.

Para Mário Patrão (Suzuki) que tentou forçar o andamento na ponta final da corrida, o resultado não lhe retira a liderança do campeonato.

A jogar em casa Luís Teixeira (Yamaha) foi terceiro no prólogo – apesar de uma queda – e partiu fortíssimo para a corrida. Quebrou fisicamente a meio da prova e contentou-se com o derradeiro lugar no pódio e a vitória em TT3 reduzindo para apenas um ponto a diferença que agora o separa de Fausto Moto na liderança do campeonato da classe.

Luís Teixeira venceu a classe TT3

A quarta posição final pertenceu ao mais jovem dos pilotos da equipa Yamaha que, tal como acontecera na jornada inaugural, venceu também a classe TT1. Sebastian Buhler partiu para a corrida na 7ª posição que alcançou no prólogo mas, a meio da prova já estava colado a Domingos Santos, o actual campeão e seu mais directo adversário, piloto que partira para a corrida dois minutos à sua frente. Ultrapassou-o pouco depois e terminou a corrida com quase três minutos de vantagem passando a liderar de forma isolada o campeonato da classe.

Domingos Santos, que terminou a corrida no 5º lugar, foi desta vez protagonista pela negativa ao ter travado de forma anti desportiva a corrida do consagrado Ruben Faria. O piloto algarvio, que se apresentou em treino para a corrida do mundial na Sardenha, partiu para o troço logo atrás do jovem campeão TT1 e cedo mostrou estar mais rápido, tendo-o alcançado relativamente cedo. Apesar de consciente de que o tinha na sua traseira e dos perigos que correm os pilotos nestas circunstâncias, Domingos Santos não cumpriu a regra de “piloto apanhado é piloto passado” o que exasperou Ruben Faria que optou por não continuar após a chegada à ZA2 numa altura em que também na sua traseira já rolava Sebastian Buhler. Com os ânimos menos exaltados o piloto oficial da KTM acabou por retomar a corrida, largos minutos depois, se bem que, por motivos físicos, não a tenha completado.

Os restantes vencedores desta competição destinada às duas rodas foram Oscar Pedro (KTM) que triunfou na Promoção, sendo 6º da geral e Rodolfo Sampaio também em KTM que foi o mais rápido dos Veteranos, resultado a que acrescentou o 2º na classe TT3 e o 9º da classificação geral.

A próxima jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, a Baja TT Oleiros, Proença e Mação disputa-se nos dias 27 e 28 de Junho e é organizada pela Escuderia Castelo Branco.

Mais informações sobre a prova em: http://clubeautomovelalgarve.pt/docs/Baja14/baja14.html

Resultados em: www.sigera.org/alcoutim2014

A2 Comunicação

Sem comentários