segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Dakar 2015 - 8ª Etapa - Coma na frente

Marc Coma é agora o 1º classificado, seguido por Paulo Gonçalves a 9 minutos e 11 segundos

Hoje foi um dia ainda mais difícil para a caravana do Dakar, do qual resultaram grandes alterações na classificação geral.

Na Bolívia, para a maior especial do rali (781km), a partida foi dada em grupos de 30 pilotos, com uma temperatura de apenas 4 graus. E esta especial foi má, principalmente para a Honda, que viu 2 dos seus pilotos oficiais sofrerem problemas. Joan Barreda, que era o líder da prova, por razões que ainda desconhecemos, teve que ser rebocado pelo seu colega de equipa, o chileno Jeremias Israel Esquerre. O português Hélder Rodrigues, também sentiu problemas e, à hora que fazemos este relato, ainda ambos não terminaram.

Esta etapa foi ganha pelo chileno Pablo Quintanilla (KTM), na frente do espanhol Juan Pedrero, piloto que colocou, pela primeira vez este ano, uma Yamaha no pódio. No terceiro lugar, terminou o eslovaco Stefan Svitko (KTM).

Com isto, bastou a Marc Coma (KTM) o 9º lugar para assumir a liderança do rali, estando apenas 9m11s à frente de Paulo Gonçalves (Honda), a quem um 15º lugar foi suficiente para subir ao 2º posto da geral.

Em relação aos restantes pilotos portugueses, Ruben Faria (KTM) foi 10º e Mário Patrão (Suzuki) também fez uma boa etapa, que concluiu no 23º posto.

Amanhã realiza-se a 9ª etapa (Iquique - Calama), com um curto troço de ligação de apenas 88km e uma especial de 451km, onde esperemos continuar a ver o Paulo Gonçalves com fortes aspirações a alcançar a vitória.

Texto: Filipe Coelho

Sem comentários: