Últimas notícias

Campeonato Nacional de TT decide títulos em Portalegre

Duelo Maio vs Patrão pelo terceiro ano consecutivo

Depois de três etapas na serra beirã, duas no Alentejo e uma no Algarve, o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressa agora ao Alentejo para, sob a batuta do Automóvel Clube de Portugal, se disputar, na Baja 500 Portalegre, a sua derradeira jornada.

Numa temporada em que, nas duas rodas, o centro das atenções continua a ser o tradicional duelo entre o atual campeão Mário Patrão e o sempre candidato ao título António Maio, a balança está a pender para este último que soma quatro vitórias. O piloto da Yamaha necessita apenas de 11 pontos (o que corresponde a um 5º lugar) para se sagrar campeão nacional.

A classe TT1 tem sido a mais interessante de acompanhar. Em cinco corridas houve três vencedores diferentes: Luís Oliveira venceu em Góis, o campeão Sebastian Buhler triunfou na Ferraria e em Idanha, sendo que em Loulé e Proença o mais rápido foi Gustavo Gaudêncio. Apesar disso, é Ruben Faria quem lidera nesta sua aventura pela classe das motos de menor cilindrada, ocupando ainda a terceira posição absoluta do campeonato. De salientar que Buhler, que esteve ausente por lesão em três corridas, está afastado da luta pelo título, numa jornada em que de regresso está Luís Oliveira que apenas participou na prova de abertura da temporada. 

Na Classe TT2, António Maio lidera à frente de Mário Patrão e David Megre (separados por um ponto). Hélder Rodrigues ocupa o 4º lugar e todos ainda podem aspirar ao título. Na Classe TT3 a liderança pertence a Fausto Mota (KTM) que reparte com Luís Teixeira (Yamaha), o atual campeão, as vitórias em 2015. Um duelo que dá vantagem ao piloto da KTM, a quem basta terminar Portalegre em 4º lugar.

Se entre os Veteranos o título já está entregue a Luís Aguiar (KTM) o mesmo não acontece na promoção onde João Piloto necessita de somar apenas 5 pontos para assegurar o título, podendo até não necessitar de nenhum, dependendo do resultado do seu adversário direto, João Ricardo Carvalho. 

De salientar, nas duas rodas, o regresso de Domingos Santos, campeão TT1 em 2013, que se irá apresentar aos comandos de uma portuguesa AJP PR5.

A Baja 500 Portalegre compreende um prólogo com 5,52 km de extensão e um segundo troço cronometrado (SS2) de 85 km que terão lugar na sexta-feira dia 23. No dia seguinte os concorrentes enfrentarão mais um setor seletivo (SS3) com cerca de 350 km.


Mais informações em: 

Mais informações sobre o CNTT em:


A2 Comunicação

Sem comentários