terça-feira, 8 de março de 2016

Góis Moto Clube com jornada de opostos em Castelo Branco

Alvoeiro Jr

A jornada de abertura do Nacional de Enduro ficou marcada pelo regresso da formação do Góis Moto Clube à competição.

A caravana rumou no passado domingo até Castelo Branco para o IV Enduro Alegro – com organização a cargo da Escuderia de Castelo Branco. O conhecido centro comercial onde habitualmente se situa o paddock começou a “colorir-se” já no dia de sábado com as habituais verificações técnicas e administrativas.

Com as cores da equipa de Góis alinharam em Castelo Branco, Carlos Lopes e José Alvoeiro – classe SuperVeteranos, Pedro Duarte – Verdes 3 e ainda o estreante Francisco Alvoeiro – Enduro Cup.

Carlos Lopes procurava esquecer os azares da época transata e nesta jornada mostrou bastante confiança e passagens de grande nível. Fruto de um excelente trabalho durante a pré-época, o piloto garantiu assim a segunda posição da classe. “Obviamente que estou satisfeito….Ultimamente andava com algum azar, mas nesta prova entrei confiante e o resultado está à vista. Quero aproveitar para agradecer ao Góis Moto Clube e a todos os patrocinadores pelo apoio” concluiu Camané ao subir ao pódio.

José Alvoeiro é sem dúvida um dos mais experientes pilotos desta formação, no entanto desta vez tinha “trabalhos acrescidos”. Com estreia em provas oficiais estava o seu filho Francisco, tendo o piloto optado por ajudar o novo recruta – sentiu muitas dificuldades devido ao exigente traçado – aos comandos de uma Beta 50cc. Alvoeiro Sénior viria a penalizar mais de 23 minutos, sendo apenas 6º classificado. “Não estava muito preocupado com a classificação, pois a minha missão era ajudar a estreia do Francisco. Acima de tudo fiquei bastante satisfeito com a prestação dele”.

Francisco Alvoeiro demonstrou grande sacrifício aos comandos de uma motorizada de menor cilindrada, no entanto transpor da melhor forma todos os obstáculos, garantindo a 3ª posição na classe EnduroCup.

Pedro Duarte – 3º classificado na época transata, não entrou com o pé direito em Castelo Branco. O piloto apoiado pela Beta Portugal, sofreu algumas quedas e foi mesmo forçado ao abandono “Um fim-de-semana para esquecer. Várias quedas e numa delas danifiquei irremediavelmente a minha mota. Era impossível continua…No entanto toda a equipa está de parabéns, bem como a organização pela excelente prova que nos proporcionou!”

O Campeonato prossegue no sábado de Páscoa – 26 de Março, com a segunda jornada pontuável a decorrer em Vila de Rei.

Evo-press

Sem comentários: