domingo, 6 de janeiro de 2019

David Megre de regresso ao Dakar


Pela segunda vez na sua carreira David Megre enfrenta a mais temida, exigente e mediática prova do TT mundial. Aos comandos de uma KTM o ex-campeão europeu de Bajas (2009) quer terminar a prova sul-americana, algo que não aconteceu aquando da sua primeira participação quando foi forçado a abandonar na quarta etapa da prova.

'Depois de uma primeira experiência que não teve o resultado para o qual trabalhei estou de volta e levo como objectivo principal terminar a prova.' comenta o piloto de Coruche junto à sua KTM 450 Rallye que foi preparada em Portugal e terá também ela assistência por parte da KTM Jetmar, o importador luso da marca austríaca.

'Antes da partida da prova em 2017 adoeci e com as temperaturas elevadas que se fizeram sentir na altura tudo se precipitou a caminho do abandono. Foi um momento estranho mas não consegui superar e tive mesmo que ficar de fora antes do arranque do quinto dia. Agora sinto que estou mais preparado e mais consciente das dificuldades, se bem que no caso do Dakar seja sempre complicado fazer previsões. Mas estou mais consciente de tudo e muito melhor fisicamente.' afirma o piloto depois de concluir os procedimentos de verificações técnicas e administrativas que antecedem o arranque de duas semanas de competição que começam e terminam em Lima, a capital do Peru.

A prova terá ordem de partida na próxima segunda-feira com uma primeira especial com curtos 84 quilómetros na ligação até Pisco. O Dakar terá cerca de 5.000 quilómetros no total e será a primeira vez em 41 anos de história da prova que a mesma se realizará em apenas um território. 

Hype Communications

Sem comentários: