terça-feira, 29 de julho de 2014

Porto Extreme Lagares 2014


A 10ª edição da Extreme Lagares já está em andamento há bastante tempo e são agora reveladas as primeiras novidades.

Para começar, o nome oficial será Porto Extreme Lagares 2014, pois a cidade Invicta irá receber os pilotos desta já emblemática prova de Enduro Extreme, a nível nacional e internacional.

O prólogo terá lugar na Ribeira do Porto, dia 11 de Outubro, sábado. Posteriormente as motos irão de barco, pelo Douro acima até à Marina do Covelo, de onde partirão os pilotos em ligação nocturna até Lagares. Já na localidade berço da prova, os pilotos terão pela frente um troço cronometrado.

Domingo, dia 12, será o dia de todas as decisões, com a parte principal da competição a desenrolar-se a partir de Lagares, com novas zonas que irão por à prova pilotos e máquinas.

Mantenham-se atentos às novidades!

Site oficial da prova: http://www.extremelagares.com

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Cpto Britânico 2014 - Knighton



1º dia
1. Tom Sagar (KTM) 39:26.853; 
2. Daniel McCanney (Beta) 39:41.001; 
3. Steve Holcombe (KTM) 39:58.988; 
4. Brad Freeman (KTM) 40:13.433; 
5. Jamie McCanney (Husqvarna) 40:17.261; 


2º dia
1. Tom Sagar (KTM) 36:31.077 
2. Jamie McCanney (Husqvarna) 36:41.115 
3. Daniel McCanney (Beta) 37:08.037 
4. Jamie Lewis (Husqvarna) 37:17.414 
5. Steve Holcombe (KTM) 37:29.551

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Cpto Francês 2014 - Villebret - 2º dia

Classe E1:

1- Marc Bourgeois
 2- Christophe Nambotin
3- Loïc Larrieu

Campeonato:
 1- Christophe Nambotin – 112 Pts
2- Marc Bourgeois – 95 Pts
3- Loïc Larrieu – 88 Pts


 Classe E2:

1- Pierre-Alexandre Renet 
2- Romain Dumontier
3- Julien Gauthier

Campeonato:
1- Pierre-Alexandre Renet – 120 Pts
2- Romain Dumontier – 96 Pts
3- Julien Gauthier/ Pierrick Roncin – 62 Pts


 Classe E3:

1- Jérémy Joly 
2- Manu Albepart
3- Antoine Basset 

Campeoanto:
1- Jérémy Joly – 117 Pts
2- Antoine Basset – 94 Pts
3- Manu Albepart – 91 Pts


 Classe Júnior:

1- Jérémy Miroir 
2- Jérémy Carpentier
3- Mika Barnes 

Campeonato:
1- Jérémy Miroir – 110 Pts
2- Jérémy Carpentier -81 Pts
3- Mika Barnes -75 Pts


Classe Feminina: 

1- Géraldine Fournel
2 Samantha Tichet
3- Juliette Berrez 

Campeonato:
1- Géraldine Fournel – 120 Pts
2- Juliette Berrez – 94 Pts
2- Samantha Tichet – 94 Pts

Serviço de comunicação - FFM

Cpto Francês 2014 - Villebret - 1º dia



Classe E1:

 1- Anthony Boissière
2- Marc Bourgeois
3- Christophe Nambotin


 Classe E2:

1-Pierre-Alexandre Renet
2-Julien Gauthier
3-Romain Dumontier


 Classe E3:

1- Jérémy Joly
2- Antoine Basset
3- Manu Albepart


 Classe Junior:

1-Jérémy Miroir
2-Théo Bazerque
3-Maëlig Bron Fontanaz


Classe Feminina: 

1-Géraldine Fournel
2-Samantha Tichet 
3-Juliette Berrez

Serviço de comunicação - FFM

domingo, 20 de julho de 2014

Team Bianchi Prata com dupla vitória em Aragón


Terminou hoje em Teruel a edição 2014 da Baja Aragón, a ronda espanhola da Taça FIM de Bajas. Após as derradeiras duas especiais realizadas a equipa Bianchi Prata conseguiu as vitórias na classe Júniores e também entre as Senhoras, pelas mãos de Oriol Escalé e Rita Vieira.

O derradeiro dia da prova espanhol foi composto novamente por duas especiais, iguais ás ontem realizadas, a primeira com cerca de 217 quilómetros e a segunda com 116. Após a passagem das duas centenas de concorrentes, entre motos, moto 4, UTV’s, automóveis e camiões do dia anterior as especiais neste decisivo dia mostraram-se bem degradadas e exigentes, obrigando os pilotos a cuidados redobrados para não serem vitimas de um traçado sempre traiçoeiro.

A equipa do Porto acabou por conseguir um resultado fantástico, vencendo entre os júniores com Oriol Escalé, que foi o sexto da classificação geral final da competição, e ajudando também à vitória de Rita Vieira entre as Senhoras nesta prova da Taça do Mundo pois a piloto do Porto foi assistida pela experiente equipa capitaneada por Bianchi Prata. Destaque ainda para esta ser a primeira vitória da marca portuguesa AJP numa prova da Taça do Mundo de Bajas.

‘Não podia estar mais satisfeito com este resultado, apesar do abandono do Rui Oliveira. O Oriol mostrou que é um piloto com um potencial enorme e lutou com pilotos com muito mais experiência para fechar esta participação na sexta posição depois de mostrar uma excelente capacidade de gestão de esforço e da sua moto. As especiais estavam ainda mais duras hoje e não fazia sentido arriscar uma queda que colocasse um ponto final na prova. A Rita...sem palavras. Com uma moto claramente inferior à concorrência em termos de cilindrada mostrou toda a sua vontade e no final recebeu um justo prémio com a vitória entre as senhoras. É uma vitória especial para elas mas também para todos nós pois foi conseguida aos comandos de uma AJP, a única moto portuguesa na actualidade.’


Rita Vieira, que fez em Aragón a sua primeira participação numa prova da Taça do Mundo conseguiu a vitória entre as Senhoras, terminando na 21ª posição da classificação geral aos comandos da AJP PR5, moto portuguesa que conseguiu assim a sua primeira vitória numa prova da Taça do Mundo. Sem erros a piloto nortenha geriu muito bem ambos os dias de competição e fechou da melhor forma a sua estreia a nível internacional.

Hype Communications

Red Bull Romaniacs 2014 - Resultados

 

(Clique para ampliar)

Foto: Irina Gorodniakova

Red Bull Romaniacs 2014 - 4º dia - Highlights


sábado, 19 de julho de 2014

Red Bull Romaniacs 2014 - 3º dia - Highlights

Luta épica entre Walker e Jarvis.
Ao fim de mais de 15 horas de corrida, os dois pilotos estão separados por 5 minutos, o que no Enduro Extreme e principalmente numa prova com navegação como a Romaniacs, não é nada.
Tudo se irá decidir hoje..


sexta-feira, 18 de julho de 2014

EnduroPro nº 57



Team Bianchi Prata com bom arranque em Aragón

Rui Oliveira

Começou hoje na cidade espanhola da Teruel a 31ª edição da Baja Aragón, prova que mais uma vez integra o calendário da Taça do Mundo de Bajas da FIM, jornada onde a equipa de Bianchi Prata está presente com o piloto espanhol Oriol Escalé, hoje o oitavo classificado no prólogo realizado junto à cidade anfitriã.

Com quase duas centenas de participantes, dos quais 35 estão nas categorias moto, a Baja Aragón arrancou com a realização do prólogo com 6.500 metros, escorregadio e bastante seco como é hábito nesta região espanhola junto à principal via rodoviária que liga a capital espanhola a Zaragoza. Um prólogo onde o jovem piloto não correu riscos e jogou de forma estratégica para arrancar para o segundo dia de prova numa excelente posição face aos adversários.

Amanhã os pilotos enfrentam duas especiais, a primeira com pouco mais de 217 quilómetros e a segunda com 116, naquele que será um dia certamente bastante duro no sempre árido deserto dos Monegros, a imagem de marca da Baja Aragón desde a sua primeira edição. As mesmas duas especiais serão repetidas no Domingo no fecho da edição 2014 da prova espanhola.

‘O Oriol fez um prólogo muito inteligente. Não arriscou para não prejudicar a sua ordem de partida e amanhã vai iniciar a prova numa excelente posição. Estou bastante confiante que ele vai fazer aqui um bom resultado.’ palavras de Pedro Bianchi Prata que está em Teruel a apoiar não apenas o jovem espanhol mas igualmente dois pilotos portugueses que contam com assistência da equipa do Porto, a estreante Rita Vieira que aos comandos da sua AJP PR5 conseguiu a 32ª posição no prólogo e também o experiente Rui Oliveira, 34º no final do prólogo depois de ter ficado sem travão da frente devido ao embate de uma pedra no mesmo.

Rita Vieira

‘A Rita fez um prólogo calmo e sem exageros. É a sua primeira prova internacional e o principal objectivo é levar até ao final a AJP PR5. O Rui teve azar mas irá certamente recuperar amanhã e depois. Tem experiência e andamento para tal.’ comentou igualmente Pedro Bianchi Prata.

Quanto a Oriol Escalé, que prepara a presença no Dakar 2015, tornou-se conhecido depois de no passado ano ter recebido o apoio de Nasser Alttiyah para participar na prova juntamente com o seu irmão Gilbert, seu irmão gémeo. Os dois tinham ficado sem um patrocinador e apenas um podia estar na prova, situação salva pelo piloto do Qatar. Agora Oriol está junto da equipa Bianchi Prata, com a qual poderá fazer o Dakar 2015 junto com o irmão, recordando-se que foi junto da equipa do Porto que ‘nasceram’ para as grandes maratonas africanas os dois campeões do mundo TT, Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves.

Hype Communications

Red Bull Romaniacs 2014 - 3º dia - Resultados


(Clique para ampliar)

Foto: Red Bull Romaniacs

Joaquim Rodrigues vence em Águeda e fica a dois pontos do título final


(Clique para ampliar)

Red Bull Romaniacs 2014 - 2º dia - Highlights


quarta-feira, 16 de julho de 2014

Red Bull Romaniacs 2014 - 1º dia - Resultados


(Clique para ampliar)

Foto: Irina Gorodniakova

Red Bull Romaniacs 2014 - Prólogo - Highlights


Lorenzo Santolino repete a dose


Em Águeda, 180 pilotos enfrentaram um percurso na ordem de 50 Km – no caso das classes principais, em quatro voltas consecutivas – e um total de onze passagens por troços especiais cronometrados. Muito calor e pó intenso, em terreno seco e duro, acompanharam os concorrentes neste Domingo.

Lorenzo Santolino construiu a sua vantagem essencialmente na primeira metade da prova, na qual foi o mais rápido em cinco “especiais, tantas como Luís Correia e a restante para Gonçalo Reis. O espanhol ganhou com 9,7s de vantagem sobre Correia, mas este só alcançou a 2.ª posição mesmo no último troço, quando se impôs a Reis para uma diferença final entre eles de 2,1s.

Diogo Ventura foi 4.º absoluto, diante dos melhores representantes da Elite 1, Joaquim Rodrigues, João Ribeiro e Fábio Pereira. Bruno Santos penalizou 19 minutos, e Mário Patrão foi desclassificado por excesso de penalização, para reparar um problema na embraiagem.

No Campeonato, quando restam dois dias pontuáveis por disputar – a dupla jornada em Alcanena, a 20 e 21 de Setembro – Luís Correia está muito encaminhado para a conquista dos títulos absoluto e na classe Elite 2, enquanto Joaquim Rodrigues só precisa de somar mais 2 pontos para ser campeão na Elite 1, na qual permanece invicto.

Na categoria Open, as penalizações tiveram influência nos resultados, a maioria registada na passagem inaugural pelo segundo e mais apertado controle. Independentemente disso, os mais rápidos no percurso na classe 1, João Vivas e Carlos Pedrosa, foram desclassificados por falharem controles horários. João Hortega foi o menos penalizado (4 minutos) e venceu, diante de José Pimenta, (11m), Aníbal Botelho (16m), e Jorge Leite (24m). Este último, todavia, apesar de problema com a moto numa “especial”, recuperou o comando do Campeonato.

Na Open 2, assistiu-se a novo duelo ao segundo entre Filipe Sampaio e Diogo Valença, com diferença final de 1,7s favorável a Sampaio. Porém, como penalizaram 3 minutos e Ivo Pinto apenas 1m, foi este último o vencedor.

Quanto aos Troféus, em Verdes 1 João Lourenço renovou com a vitória, ficando João Araújo a 20,6s, e em Verdes 2 Rui Almeida superiorizou-se a Gonçalo Gomes por 1m36s. Mais de 20 segundos fizeram a diferença entre os dois primeiros nas classes Veteranos e Super Veteranos, respectivamente com Arsénio Miranda e Rodolfo Sampaio a levarem a melhor sobre Albano Mouta e João Saraiva.

Nas Senhoras houve novidades, pois Flávia Rolo conseguiu pela primeira vez bater Rita Vieira, o que aconteceria mesmo sem as penalizações sofridas, de 2m e 17m, respectivamente. Na Enduro Cup ganhou João Amado, com 56s sobre Rodrigo Belchior.



(Clique para ampliar)

Texto e tabelas: FMP
Foto: Luís Pedro Norte

Fábio Pereira no pódio do Enduro de Águeda


(Clique para ampliar)