terça-feira, 18 de setembro de 2018

Paulo Gonçalves conquista a vitória no Desafio Inca


Depois de ter vencido o Desafio Ruta 40, 4ª prova do Campeonato do Mundo Cross-Country e Rallyes, Paulo Gonçalves conquistou um novo triunfo, desta feita no Desafio Inca, no Peru. O piloto de Esposende capitalizou assim mais uma importante vitória, no seu caminho rumo ao Dakar 2019:
"Mais um desafio, nova vitória! Completámos este fim de semana o Desafio Inca, no Peru, com a conquista de mais uma vitória num rali que foi muito importante do ponto de vista da minha preparação para o próximo Dakar.
Estivemos num bom nível, a vitória foi alcançada, toda a equipa trabalhou muito bem e a minha CRF450 RALLY excepcional!..."

Resultados:

Foto: FB Paulo Gonçalves

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Mário Patrão termina Panáfrica em 2º lugar


Depois de uma vitória no Maroc Desert Challenge, um título de vice-campeão do mundo de Bajas, liderança da Classe TT3 ao nível nacional, Mário Patrão completou hoje a sua participação do Panafrica Rally 2018 na segunda posição competindo entre os pilotos de fábrica presentes nesta dura e difícil maratona africana.

O piloto apoiado pelo CRÉDITO AGRÍCOLA ascendeu hoje à segunda posição da classificação geral, depois de nas derradeiras etapas ter sido sempre o 2º mais rápido. Competição que se realizou em torno da cidade de Erfoud e onde o piloto apoiado pelo HOTEL ABRIGO DA MONTANHA, esteve nos últimos 7 dias.
No final da derradeira etapa Mário Patrão apoiado pela GRAB&GO salientou que “é muito gratificante esforçar-me tanto por trazer o nome e a imagem dos meus patrocinadores tão longe e alcançar este 2º lugar na classificação Geral. Estou extremamente feliz e partilho este sucesso com todos aqueles que me apoiam. Hoje a etapa tinha 140km dos quais 30 de especial cronometrada totalmente disputada nas dunas, onde naveguei sem percalços e com rapidez. Agora é tempo de descansar um pouco para depois ir receber o troféu”

Mário Patrão o piloto que também é apoiado pela BAHCO completou os cinco dias de corrida totalizando 13h35m07s.

A2 Comunicação

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Troféu Luso Galaico Mota de Monte está de volta!


O Troféu Luso Galaico Mota de Monte está de volta para mais uma edição, que este ano contará com 4 provas. De acordo com o programado pela Melicias Team, depois de o primeiro semestre ter sido dedicado ao Portugal Hard Enduro Series, é tempo de "mudar o chip" para o enduro tradicional, com a temporada 2018 do TLG.

A primeira prova realiza-se já no dia 23 de Setembro, com Santa Comba a abrir as hostilidades. Segue-se Amarante no dia 14 de Outubro e no dia 4 de Novembro terá lugar a 3ª prova em local ainda a anunciar. O Troféu encerrará com o já clássico Enduro das Regiões no dia 9 de Dezembro, em Valongo.


A principal novidade este ano será o maior número de classes, o que permitirá a todos os pilotos da caravana, sejam eles iniciados ou pilotos de ponta, escolherem a classe que melhor se adequa à sua mota e nível de pilotagem.

Regulamento e inscrições em: www.meliciasteam.com


Fotos: One Shot Foto

sábado, 8 de setembro de 2018

Aumentam os rumores de que Portugal poderá receber os ISDE 2019


Aumentam a cada dia que passa os rumores de que Portugal poderá acolher os International Six Days of Enduro em 2019, com a Figueira da Foz a ser novamente a anfitriã, tal como em 2009.

Recorde-se que Portugal recebeu os ISDE pela primeira vez em 1999, em Coimbra, e passados 10 anos na Figueira da Foz. Confirmando-se os rumores, confirma-se também o hiato de 10 anos e 2019 será o ano de Portugal receber novamente as "olimpíadas do enduro".

Possivelmente, a decisão será anunciada ainda antes dos ISDE deste ano, que se disputam no Chile em Novembro. Aguardemos por mais desenvolvimentos.

Cartazes das edições de 1999 e 2009:

Foto: Arquivo | Gonçalo Reis nos ISDE 2009

WESS 2018 | Megawatt 111 - Resultados do 1º dia

Nathan Watson venceu o 1º dia da Red Bull Megawatt 111. Amanhã realiza-se a corrida principal.

(Clique para ampliar)

Foto: Organização | Future7Media

CNTT 2018 | Idanha-a-Nova - Bulher vence. Maio a 2 pontos do título


Depois de pouco mais de 115 quilómetros terem sido realizados no dia de ontem o segundo dia da Baja TT Idanha-a-Nova destinou 234,75 km (SS2) cronometrados aos pilotos, com passagem pelas regiões de Loreto, Penamacor, Zebreira, Rosmaninhal, Toulica e Monfortinho.

Sebastian Bühler veio mostrar que o facto de não estar a discutir o título não era desmotivador, numa prova que marcou o seu regresso ao campeonato nacional após ausência devido a lesão. O piloto da Yamaha WR 450 F tinha sido o mais rápido no Prólogo e SS1 disputados ontem, sexta-feira. Este Sábado manteve a toada competitiva e nunca baixou o ritmo. Andamento que lhe permitiu vencer o SS2 e confirmar a vitória, na geral e classe TT2, num evento em que liderou de princípio ao fim. O piloto da Yamaha concluiu a Baja TT Idanha-a-Nova com uma vantagem de 10m17s sobre António Maio, em Yamaha WR, que adoptou uma ritmo de gestão, a pensar nas contas do campeonato, que lidera: “Faltam-me dois pontos para ser campeão”. Mário Patrão, em KTM 500 EXC fechou o pódio, a 11m43s do vencedor, triunfando na classe TT3. Quarto classificado, Martim Ventura, em Yamaha WR, foi o melhor entre os concorrentes da classe TT1 .

“A prova correu bem, sem percalços. A moto esteve perfeita, o tempo também ajudou porque caiu chuva durante a noite por isso o terreno ficou mais mole e o pneu aguentou. Também me senti bem fisicamente, estava pronto para outra”, brincou Bühler.

A Baja TT Idanha-a-Nova voltou assim a ser um palco de excelência para os pilotos, com a Escuderia Castelo Branco a colocar novamente de pé um evento muito acarinhado por público e participantes, com a Beira Baixa como pano de fundo.

FMP

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Sebastian Bühler lidera Baja TT de Idanha


No regresso do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno após os meses de verão interditos à competição de fora de estrada Sebastian Bühler foi o mais rápido na 1ª etapa da Baja TT de Idanha-a-Nova que este fim-de-semana se está a disputar em terras beirãs de Idanha e Penamacor.

Na competição moto onde o campeão António Maio se tem imposto de forma clara, o regresso às competições Sebastian Bühler produziu compreensivas alterações com o jovem piloto da Yamaha a assegurar o melhor tempo tanto no prólogo como no primeiro setor seletivo.

As posições seguintes foram ocupadas por António Maio (Yamaha), a 2m13, Mário Patrão (KTM) a 3m17s, enquanto o jovem Martim Ventura, a dispor agora de uma Yamaha 250 realizou o 4º tempo e foi o mais rápido na classe TT1.
“No Prólogo senti-me com falta de ritmo e achei que não estava a fazer um bom resultado, mas depois vi que este foi bom. Já na corrida senti-me bem, rolei sem forçar e correu tudo bem. Não cometi erros, gostei das pistas, como habitualmente em Idanha-a-Nova, estavam bem arranjadas e marcadas.
Estou pronto para atacar amanhã”
, afirmou Sebastian Bühler.

Foto: Organização
Fonte: A2 Comunicação e Organização

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

CNTT 2018 - Idanha-a-Nova no regresso ás pistas


Terminada que está a habitual pausa de Verão no Nacional de Todo-o-Terreno, pilotos e máquinas já se preparam para a próxima prova da temporada, a Baja TT Idanha-a-Nova. Com a organização a cargo da Escuderia de Castelo Branco, a corrida promete emoção e pode até apurar os novos Campeões Nacionais em todas as três categorias do campeonato.

Com uma lista de inscritos que promete surpreender e um figurino renovado, começando logo pela nova localização do Prólogo, a Baja TT Idanha-a-Nova perspectiva-se difícil para todos os que se deslocarem à Beira Baixa. “Ao que tudo indica vamos ter uma lista de inscritos invejável, muita luta pela vitória e possivelmente apuramento de alguns Campeões Nacionais. Uma organização não pode querer mais do que isto. Estamos muito motivados e as alterações que fizemos aos traçados vão promover lutas ainda mais intensas”, começou por afirmar Sérgio Sequeira, membro da Escuderia de Castelo Branco e Director de prova para as Motos, Moto4 e SSV. 

Na Cerimónia de Apresentação da Baja TT Idanha a Nova, revelou ainda as novidades para a edição deste ano e destacou a mudança de localização do prólogo.

“Fizemos várias alterações, começando desde logo pela localização do Parque de Assistência que passa a estar localizado na Zona Industrial de Idanha-a-Nova. Depois mudámos a localização do Prólogo para uma zona que promete mais emoção para o público. Há também para destacar o início de um sector selectivo na Senhora do Loreto, bem próximo da Senhora do Almurtão onde habitualmente se iniciam os setores selectivos”, destacou.

A Baja TT Idanha-a-Nova está agendada para os dias 7 e 8 de Setembro e contará com um total de 317,54 km divididos em duas etapas. A primeira inicia-se com a passagem pelo novo prólogo com extensão de 7,14 km, ao qual se segue o primeiro setor selectivo de 105km. Já a segunda etapa, conta com um setor seletivo de 250,40km que promete desafiar as capacidades dos pilotos inscritos no evento organizado pela Escuderia de Castelo Branco.

FMP