sexta-feira, 31 de julho de 2015

IS3 Racing cancela participação na edição 2016 do Rally Dakar


Após apresentação do programa desportivo da equipa para esta temporada, o mesmo culminaria com a presença de Fernando Sousa e Fernando Sousa Jr., no mítico Rally Dakar em Janeiro de 2016. Infelizmente e devido à extinção do projeto delineado pela Jetmar – KTM Portugal com vários pilotos nacionais, a inviabilidade da participação tornou-se eminente. 

Foi com enorme desânimo que a formação nortenha recebeu esta informação, no entanto e mediante a vinda de dois modelos rally réplica da marca austríaca e todos os apoios já confirmados, IS3 assume desta forma a presença em mais dois eventos de destaque – Merzouga Rally em Marrocos, pontuável para a Taça do Mundo FIM e ainda o Rally Internacional África Eco Race. Com grande destaque ao nível da comunicação social, esta competição africana foi criada pela vontade de manter o espírito do Dakar após o cancelamento da edição de 2008 e mudança da prova para a América do Sul.

“Por motivos alheios à nossa vontade, não estaremos na próxima edição do Dakar com a prevista estrutura da KTM Portugal. Para já, além dos SixDays já em Setembro na Eslováquia, estaremos em Marrocos e também no Africa Eco-Race. Queremos manter os nossos padrões e garantir a melhor imagem dos nossos parceiros, a quem desde já agradecemos todo o apoio” concluiu Fernando Sousa.

Texto| Fotos: Evo-press 

CNSE 2015 - Vila Nova de Santo André recebe a 3ª prova


A terceira etapa do calendário do Campeonato Super Enduro – Multimoto  irá realizar-se amanhã em Vila Nova de Santo André, uma estreia no calendário, e o Grupo Motard de Santo André preparou uma pista que promete ser bastante espectacular com os seus obstáculos artificiais bem espalhados pelo recinto onde decorre a prova.

Localizado junto aos Bombeiros Voluntários o traçado irá receber a prova a partir das 16 horas, com a realização dos treinos livres e cronometrados, com as mangas a terem iniciado pelas 21 horas naquela que será mais uma ronda nocturna do campeonato.

Na prova anterior em Leiria estiveram 43 pilotos e naquela que foi a primeira prova nocturna do campeonato Fernando Ferreira fez valer a sua experiência para assumir a liderança do campeonato na frente do algarvio João Lourenço que pode aproveitar os ares do sul para tentar a sua primeira vitória absoluta do ano, ao mesmo tempo que se espera resposta de João Vivas depois do desaire em Leiria, ele que venceu na primeira ronda do ano.

FMP

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Fausto Mota em destaque na Baja Aragón


A 32ª edição da já mítica Baja Espanha decorreu no passado fim-de-semana na cidade aragonesa de Teruel. Pontuável para a Taça do Mundo de Bajas, esta jornada começou na sexta-feira com o habitual prólogo de 5 km´s e mais de 200 inscritos.

Apostado numa boa prestação em Espanha, Fausto Mota apresentava-se aos comandos de uma bem preparada KTM 450 EXC da formação Motobrioso|KTM|Galp e desde cedo demonstrou um forte andamento. "De uma forma geral foi um bom prólogo...Apesar de ter apanhado o piloto da frente e de ter perdido alguns segundos com o pó, estou satisfeito. A corrida é longa e tenho muito tempo para atacar” comentou satisfeito o vilaboense após garantir a 9ª posição no prólogo.

Já sábado e domingo, Fausto Mota esteve sempre ao ataque nos mais de 630 km´s de um exigente e bastante seco percurso, garantindo no final a 4ª posição à geral. Uma prestação francamente meritória por parte do piloto português, frente a três espanhóis “oficiais” e com bastante experiência naquela prova.

“Tentei ser regular e não cometer erros. Os meus mais diretos adversários conhecem bem esta zona e foi impossível chegar ao pódio. Estou bastante satisfeito com esta prestação aqui em Aragón, pois além do brilhante resultado, foi um grande treino para o Campeonato Nacional. Obrigado a todos os patrocinadores pelo apoio nesta jornada internacional e obrigado a todos os que me acompanharam nas redes sociais e durante a prova”.

Fausto Mota terá agora as merecidas férias, regressando à competição já com toda a equipa a 11 e 12 de Setembro na Baja TT Idanha-a-Nova. A penúltima jornada pontuável para o Campeonato Nacional de TT, com organização a cargo da experiente Escuderia Castelo Branco, contará e à semelhança da última edição, para a Taça do Mundo de Bajas FIM.

Texto: Evo-press
Foto: Fábio Teles Fernandes

Baja Aragón 2015 - Resultados

 

(Clique para ampliar)

Cpto Francês 2015 - Moirans en Montagne (3ª prova)


Videos:


Resultados:

Elite E1:

 Elite E2:

 Elite E3:
(Clique para ampliar)

Todos os resultados em: http://www.enduro-france.fr/

Foto: Enduro France

domingo, 26 de julho de 2015

Video - Duatlo Enduro + BTT


Aí está a modalidade que faltava: Duatlo Enduro e BTT.
Esta prova inovadora disputou-se em Moià (Barcelona) e foi ganha por Marc Sola.
O primeiro passo está dado.

terça-feira, 21 de julho de 2015

Comunicado GAS GAS - Situação actual da companhia


Estimados clientes,  colaboradores  y amigos,

Nos ponemos en contacto con todos vosotros para comunicaros en que situación se encuentra la compañía actualmente. 

Como todos sabeis, durante los últimos meses la compañía ha pasado por diferentes procesos legales con el fin de renegociar la deuda y poder continuar con la actividad, lamentablemente, pese al esfuerzo realizado para conseguir este objetivo, ha sido imposible alcanzarlo y finalmente se ha declarado el concurso de liquidación de Gas Gas Motos SA. 

Dentro de este proceso, el actual equipo directivo, la administración concursal y el comité de empresa como representantes de todos los trabajadores, estamos trabajando para acelerar al máximo toda la información necesaria para empezar el proceso de venta de la unidad productiva y poder cerrar el proceso de venta con los potenciales compradores de la manera mas rápida posible. 

El objetivo marcado con la venta de la unidad productiva es el de poder reactivar la actividad de Gas Gas Motos que nos permita volver a producir nuestras motocicletas, tanto de trial como de enduro, así como garantizar la viabilidad de un proyecto a largo plazo de manera sostenible y sólida. 

Durante el tiempo que dure el proceso de venta de la unidad productiva, vamos a realizar nuestros máximos esfuerzos para garantizar el nivel de servicio en el área de recambios así como en el departamento de post-venta con el fin de no penalizar a nuestros clientes durante esta dura etapa para Gas Gas.  

Desde Gas Gas queremos transmitiros nuestro mas sincero agradecimiento por vuestro apoyo durante todos estos meses así como transmitir nuestro total convencimiento sobre la viabilidad del proceso de venta de la unidad productiva de manera satisfactoria. 

Un saludo 
GAS GAS MOTOS SA. 

-"-

Dear customers, partners and friends,

We are contacting you with this update regarding the current situation with the company.

As you all know, in recent months the company has gone through several legal proceedings in order to renegotiate the debt and to continue operations. Unfortunately, despite the valiant efforts made to achieve this goal, it has been impossible to reach and finally they have declared to proceed with the liquidation of Gas Gas Motos SA.

In this process, the current management team, the receivers and the council representatives of all employees are working full-throttle to collect all of the necessary information to begin the process of selling the factory and to close the subsequent sale process with potential buyers in the fastest way possible.

The target set by the sale of the production unit is to be able to reactivate the Gas Gas Motos factory in a way that allows us to produce our motorcycles, both enduro and trial, and ensure a solid and sustainable long term viability of the company.

During this stage of the sale process of the production unit, we at Gas Gas will make our utmost efforts to ensure the level of service in the areas of spare parts as well as in the after-sales department in order to avoid penalizing our customers during this period.

From Gas Gas, we convey our sincere thanks for your support during these months and wish to convey our total conviction on the feasibility of satisfactory results during the production unit sale process.

Best regards,
GAS GAS MOTOS SA. 

Red Bull Romaniacs 2015 - Video - Super Slowmotion



sexta-feira, 17 de julho de 2015

Red Bull Romaniacs 2015 - 3º dia - Resultados

Depois da penalização de ontem, assistimos hoje a um Lettenbichler possuído a mostrar toda a sua força. Fez o percurso sempre ao ataque e venceu o dia. Segundo o próprio, foi um dos dias em que melhor pilotou na sua vida.

Resultados:
 (Clique para ampliar)

Classificação após 3 dias (classe Gold):
(Clique para ampliar)

Foto: Anton Anestiev | Yana Stancheva

Red Bull Romaniacs 2015 - 2º dia - Video


Red Bull Romaniacs 2015 - 2º dia - Resultados

Walker "respondeu" à vitória de Jarvis no 1º dia e foi o mais rápido, passando para a frente da classificação

Resultados:
(Clique para ampliar)

Classificação após 2 dias (classe Gold):
(Clique para ampliar)
Foto: Attila Szabo

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Red Bull Romaniacs 2015 - 1º dia - Video


Rui Oliveira de regresso à Yamaha


Após conturbada saída da marca com que iniciou a temporada de 2015, Rui Oliveira regressa novamente à Yamaha, marcando presença nas duas jornadas por cumprir do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, alinhando ainda na Taça do Mundo de Bajas (Espanha, Hungria, Portugal e Marrocos). 

De salientar que a par com a sua “ligação de sempre” como piloto, Rui Oliveira e a marca dos três diapasões são responsáveis pelo surgimento de novos valores no desporto offroad nacional, levando os pilotos à obtenção de múltiplos títulos nacionais, Campeonato Europeu Absoluto, “Team of the Year_FIM” ou Vice-Campeonato do Mundo 125cc de Enduro.

Com este regresso, Rui Oliveira bastaste satisfeito comentou: “Depois do sucedido, é com grande satisfação que regresso à marca que tantas alegrias me deu. Pretendo terminar o ano da melhor forma e é nisso que me irei focar. Quero aproveitar por agradecer ao Dr. Filipe Almeida e à Motofundador por todo o apoio”.

Posta de parte não está a hipótese do fafense marcar ainda presença na próxima edição do Rally Dakar, procurando agora e com a Yamaha, reunir todas as condições para a 3 de Janeiro arrancar em Lima naquela que será a sua segunda participação na maior e mais dura maratona do Mundo. 

Texto: Evo-press
Fotos: João da Franca

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Red Bull Romaniacs 2015 - 1º dia - Resultados

Graham Jarvis esteve ao seu melhor nível neste 1º dia da Romaniacs

Resultados:
(Clique para ampliar)

Bruno Freitas e Nuno Pereira não conseguiram terminar no tempo regulamentar e assim tiveram de abandonar a prova, tal como mais de metade dos participantes da classe Silver.


Foto: Niki Peer

Red Bull Romaniacs 2015 - Prólogo - Video


terça-feira, 14 de julho de 2015

Red Bull Romaniacs 2015 - Prólogo

Jonny Walker foi o mais rápido no prólogo ao completar 11 voltas ao percurso nas ruas de Sibiu em 16:50

Resultados: 
(Clique para ampliar)

Video - Onboard Paul Bolton:

Foto: Yana Stancheva

CNSE 2015 - Ferreira assume liderança em Parceiros

Arranque Prestige

Com 32 pilotos presentes divididos de forma idêntica pelas duas classes em competição, a segunda prova do novo campeonato nacional Super Enduro – Multimoto levou os pilotos até Parceiros na noite do passado Sábado. A localidade junto à cidade de Leiria preparou da melhor forma a primeira recepção a este novo campeonato e perante muito público presente assistiu-se a uma excelente noite de competição com os pilotos a aderirem em força, contanto a lista de inscritos com alguns pilotos espanhóis que se deslocaram até ao centro de Portugal.

Após Alpendorada no arranque deste novo campeonato Parceiros recebeu os pilotos com uma pista especialmente construída para o efeito e com um total de 400 metros de perímetro, nos quais estavam colocados os obstáculos artificiais que fazem parte do ‘cenário’ da modalidade, com o público a encontrar assim uma ‘arena’ de excelência para este segundo duelo do Super Enduro – Multimoto 2015.

Após ter conquistado a vitória na ronda inaugural do campeonato, João Vivas não teve uma noite feliz em Parceiros e o quarto lugar na corrida inaugural foi mesmo a sua melhor prestação, seguindo-se depois um oitavo e um 11º lugares que deixaram o até aqui líder do campeonato na oitava posição da classificação final e levaram-no a descer ao quarto posto da geral do campeonato.

Enquanto que Vivas não tinha uma noite para recordar os seus dois principais rivais na ronda de abertura assumiam posições de destaque na liderança de cada uma das três finais que decidem o resultado e quem entrou melhor foi mesmo Fernando Ferreira. O piloto de Marco de Canavezes tinha ganho a primeira final do campeonato em Alpendorada e se então foi batido na segunda e terceira corridas por João Vivas, agora foi ele quem sorriu pois levou a melhor nas duas primeiras finais em Parceiros para ser segundo na corrida de encerramento e subir ao primeiro lugar do pódio ao mesmo tempo que assumiu o comando do campeonato.

João Lourenço foi o segundo em Parceiros tal como tinha acontecido na primeira prova do ano, vencendo a derradeira corrida da noite naquela que foi a sua primeira vitória numa final deste campeonato nacional de Super Enduro – Multimoto. O jovem piloto do Algarve tinha sido segundo na primeira final da jornada e ao fechar a corrida intermédia – que como sempre teve grelha de partida invertida – entregou os sete pontos de diferença com que fechou a prova face a Fernando Ferreira.

A encerrar o pódio estreou-se no mesmo André Mouta, regular ao longo das três corrida com dois terceiros lugares e o quarto, para concluir na frente de Fábio Pereira, a fazer a sua estreia no campeonato, e José Pimenta.

Com estes resultados o campeonato ficou bastante alterado, pois João Vivas desceu na classificação global agora liderada por Fernando Ferreira na frente de João Lourenço, com André Mouta a ser agora o terceiro da geral do Super Enduro – Multimoto 2015.

Entre os 16 pilotos da classe Hobby, destinada aqueles com menor palmarés e com uma abordagem mais amadora à competição – mas nem por isso com menor empenho e vontade de vencer – foi Norberto Teixeira quem levou a melhor em Parceiros. Com vitórias na segunda e terceira finais o piloto conseguiu esquecer o mau resultado na primeira corrida, onde foi apenas décimo. Teixeira conseguiu a vitória final na derradeira corrida da noite onde a vitória face a Carlos Campos lhe garantiu os dois pontos necessários para suplantar aquele que era até então o líder da classificação global.

Carlos Campos venceu a primeira corrida da noite na categoria mas o nono posto na segunda final da noite e o segundo lugar na derradeira final fizeram-no descer ao degrau intermédio de pódio, ele que iniciou o duelo de encerramento da noite com um ponto de vantagem para Norberto Teixeira.

Pódio Hobby

A fechar o pódio ficou o espanhol Osuna Monteiro, com dois terceiros lugares e um quarto ao longo da noite, para bater os seus compatriotas Jesus Molano e José Cortes, que fecharam o lote dos cinco melhores.

Classificação final:

Prestige:
1º Fernando Ferreira – Yamaha com 57 pontos; 2º João Lourenço – Kawasaki com 50; 3º André Mouta – KTM com 43; 4º Fábio Pereira – Yamaha com 36; 5º José Pimenta – KTM com 32

Hobby:
1º Norberto Teixeira – Yamaha com 46 pontos; 2º Carlos Campos – Yamaha com 44; 3º Osuna Monteiro com 41; 4º Jesus Molano – KTM com 38; 5º José Cortes – Sherco com 34

Campeonato Prestige:
1º Fernando Ferreira – Yamaha com 107 pontos; 2º João Lourenço – Kawasaki com 101; 3º André Mouta – KTM com 82; 4º João Vivas – Beta com 81; 5º Joel Vieira – KTM com 81

FMP

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Video - O que esperar da Red Bull Romaniacs 2015


EWC 2015 - GP da Bélgica - Videos






Foto: Enduro Abc

EWC 2015 - GP da Bélgica - Remes, Meo e Bellino mais perto do título nas suas classes

Eero Remes

A penúltima prova da temporada 2015 disputou-se no passado fim-de-semana em St Hubert, Bélgica.

Eero Remes venceu os dois dias na Enduro 1. O finlandês, vice-campeão em 2011 e 2014 está em 1º no campeonato e nunca esteve tão perto do título mundial. Cristophe Nambotin está na 2ª posição a 7 pontos.

Antoine Meo aproveitou da melhor forma o facto de Pela Renet não ter pontuado em nenhum dia, depois de uma queda que o afastou da competição logo na primeira Enduro Test do 1º dia. O francês da KTM bisou e está agora destacado na liderança do campeonato quando falta disputar o GP de França.

Na Enduro 3, Mathias Bellino é neste momento o homem a bater e com a dupla vitória na Bélgica, assume-se como o principal candidato ao título à partida para as rondas finais francesas. Luís Correia terminou o 1º dia na 7ª posição, enquanto que no domingo já esteve mais ao nível a que nos habituou e terminou em 4º.

Nos Júniores, Steve Holcombe e Jamie Mccanney repartiram entre si as vitórias nos dois dias. Luís Oliveira e Diogo Ventura terminaram no sábado em 6º e 12º respectivamente. O 2º dia não correu bem a ambos que tiveram de abandonar. Diogo Ventura encontra-se a recuperar de uma lesão no joelho que piorou com uma queda neste fim-de-semana.

Na Youth Cup, a vitória no sábado foi para o endiabrado Josep Garcia, enquanto que no domingo Mikael Persson foi o mais rápido.

Nas Senhoras, Laia Sanz voltou a vencer e mantém-se invicta.

Resultados:

E1 - 1º dia                             E1 - 2º dia


E2 - 1º dia                             E2 - 2º dia

E3 - 1º dia                             E3 - 2º dia

EJ - 1º dia                             EJ - 2º dia
(Clique para ampliar)


Foto e tabelas: Enduro Abc