domingo, 30 de setembro de 2018

CNSE 2018 | Vila Boa de Quires - Resultados

Diogo Vieira sagrou-se bicampeão nacional de Super Enduro.

Resultados | Prestige:
(Clique para ampliar)

Resultados | Open:
(Clique para ampliar)

Diogo Parente conquistou o título na classe Open.


Foto: One Shot Foto

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

TLG 2018 - Santa Comba abriu a temporada


Santa Comba recebeu o Troféu Luso Galaico Mota de Monte no passado fim-de-semana, naquela que foi a jornada inaugural da temporada 2018. 

Perto de 140 pilotos marcaram presença neste início de época ainda muito quente, com a organização a preparar um belo percurso e especiais exigentes.

Na classe Consagrados, Nuno Oliveira levou a melhor sobre os seus adversários, com um forte início de prova em que venceu as 3 especiais da primeira volta, liderando de início ao fim. Mas não se pense que foi um passeio para Oliveira, pois de facto este teve de contar com a forte oposição de Gerson Pinto, que na 2ª passagem pela Enduro Test marcou o melhor registo e, com mais duas vitórias em especiais, esteve sempre perto do líder da prova. Feitas as contas, apenas 3,29 segundos separaram os pilotos, com 5 vitórias em especiais para Nuno Oliveira e 3 para Gerson Pinto.

Nuno Oliveira

Na 3ª posição viria a terminar Carlos Moreiras, também ele sempre relativamente perto dos dois primeiros. Ficou a 18,09 segundos do vencedor.

A classe Expert também esteve animada, principalmente até Carlos Skinas encontrar o seu ritmo. Depois de três vencedores diferentes nas três primeiras especiais, na segunda passagem pela Enduro Test e numa altura em que já estava a 10,72 segundos do líder da prova (Tiago Oliveira), Skinas marca um tempo bomba no cronómetro e assume o primeiro lugar de onde não mais saiu, registando sempre os melhores tempos nas especiais até ao final do dia. Na segunda posição ficaria Tiago Oliveira, com apenas 1,4 segundos de vantagem sobre Pablo Varela.

Carlos Skinas

Nas 125cc 2T, Rui Fernandes aos comandos de uma Sherco foi o grande vencedor, registando os melhores tempos em todas as especiais.

Rui Fernandes

Tiago Ferreira dominou a classe 250cc 2T, fazendo também ele o pleno em todas as especiais, com um ritmo digno de uma classe Expert.  Aos comandos de uma Husqvarna, o piloto deixou o segundo classificado, Pedro Neves, a 44,46 segundos. No lugar mais baixo do pódio ficou Daniel Moreira, a 1 minuto e 35 segundos.

Tiago Ferreira

Nas 300cc 2T, Luís Gonçalves garantiu o triunfo com 3 vitórias em especiais, seguido por Marcos Feliz que, apesar de não ter vencido qualquer especial, apresentou uma regularidade que lhe permitiu ficar a apenas 5,37 segundos de Gonçalves. Pedro Carjaime concluiu a prova na terceira posição, com duas vitórias em especiais.

Luís Gonçalves

Pouco mais de 14 segundos separaram os 4 primeiros na classe das "quarto-de-litro" a 4T, com vantagem para Marcos Ferreira, ele que teve como maior trunfo a sua regularidade e garantiu o primeiro lugar mesmo sem qualquer vitória em especiais. Ricardo Castro (2 vitórias em especiais), ficou na segunda posição a 8,14 segundos e Carlos Teixeira no terceiro posto a 13,1 segundos, seguido de Marcelo Vieira a pouco mais de 1 segundo.

Marcos Ferreira

Hugo Pinto venceu as +250cc 4T, com 3,62 segundos de vantagem sobre Anibal Botelho. A fechar o pódio ficou João Silva e na quarta posição terminou João Basto. Tal como nas quatro tempos de menor cilindrada, também nesta classe os quatro primeiros ficaram separados por 14 segundos.

Pódio da classe +250cc 4T

Nos Juniores, a vitória ficou para Ivo Cardoso, seguido por Albano Moura Jr e Arlindo Pinto.

Pódio Juniores

Nos Veteranos, foi Leonel Mendes quem venceu, seguido por Jorge Araújo e Marcos Lopes.

Leonel Mendes

Nos Super Veteranos, vitória para Cristovão Teixeira, com Ignacio de Castro a terminar no segundo posto a pouco mais de 8 segundos e João Almeida na terceira posição a 12,34.

Pódio dos Super Veteranos

Na Promoção, Carlos Lousada foi o melhor, seguido por Pedro Cardoso e Filipe Pinto.

Pódio da Promoção

A próxima prova é já no dia 14 de Outubro, com o Troféu Luso Galaico Mota de Monte a visitar Amarante pela primeira vez.


Fotos: One Shot Foto e PM-Images

CNSE 2018 - Tudo ou nada em Vila Boa de Quires


Após mais de um mês de intervalo o Nacional de SuperEnduro - Moto Espinha está de volta à acção para realizar a sua quinta e última prova da temporada. Vila Boa de Quires recebe o derradeiro duelo do ano na noite do próximo Sábado, 29 de Setembro, aquele que vai decidir os títulos em ambas as categorias.

Depois de Castanheira de Pêra, Fafe e Mação o campeonato chega assim ao seu final numa organização a cargo da Poderosa Fração Associação Cultural e com o primeiro campeão da especialidade, Fernando Ferreira, a liderar a equipa organizadora que desenhou uma pista com cerca de 400 metros de perímetro e uma largura a ronda os 5 metros. As verificações técnicas e administrativas realizam-se entre as 13 e as 17 horas e a partir das 18 horas começam os treinos cronometrados, com as corridas a terminarem ás 24 horas.

Diogo Vieira lidera na categoria rainha, Prestige, com 14 pontos de vantagem sobre Luis Oliveira, eles que juntamente com Gonçalo Reis são os pilotos que já venceram mangas ao longo do ano. Na classe Open a liderança está nas mãos de Diogo Parente, com uma vantagem de 15 pontos sobre Manuel Moura.

FMP

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Calendário Provisório de EnduroGP 2019 revelado - Valpaços recebe o Mundial


Foi hoje divulgado o calendário provisório de EnduroGP para a temporada 2019 e Valpaços é a localidade escolhida para a realização do GP de Portugal, entre os dias 17 e 19 de Maio. Depois de dois anos em Castelo Branco, é a vez da cidade transmontana acolher a ronda portuguesa do mundial da especialidade.

De realçar que os 6 GP´s já conhecidos, dos 7 que irão compôr o calendário em 2019, são todos em solo europeu. Falta apenas conhecer o país anfitrião da primeira prova, que terá lugar entre os dias 12 e 14 de Abril.

(Clique para ampliar)

Foto: One Shot Foto

terça-feira, 25 de setembro de 2018

ISDE 2019 confirmados em Portugal


Portugal foi hoje anunciado oficialmente como o país anfitrião dos International Six Days of Enduro 2019, que irão decorrer entre os dias 21 e 26 de Outubro do próximo ano. Confirmam-se assim os rumores anteriores, no entanto, será Portimão a acolher as "Olimpíadas do Enduro", depois da Figueira da Foz em 2009 e Coimbra em 1999.

O Autódromo Internacional do Algarve será o centro nevrálgico da competição e, adicionalmente aos ISDE 2019, realizar-se-á o FIM Enduro Vintage Trophy 2019.

Foto: Arquivo

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

WESS 2018 | Hawkstone Park - Garcia domina


Sexta ronda do WESS disputada em Hawkstone Park, com os pilotos a terem pela frente uma prova de Cross-Country, marcada em primeiro lugar pela ausência de Jonny Walker, a recuperar da complicada lesão contraída na última prova, a 111 Megawatt disputada na Polónia.
Josep "Míssil" Garcia, mostrou que é o homem mais rápido do pelotão e não deixou os seus créditos por mãos alheias, dominando por completo os acontecimentos. O piloto espanhol venceu a corrida principal disputada ontem, com 1 minuto e 30,5 segundos de vantagem sobre outro "ponta de lança" da KTM, Nathan Watson. Billy Bolt conquistou um importante 3º lugar à frente de Blazusiak e Beltriu. Bolt é o homem que lidera o campeonato.

Resultados:
(Clique para ampliar)

Video:

Foto e tabela: iridewess

TLG 2018 | Santa Comba - Resultados

Nuno Oliveira venceu a primeira prova do TLG 2018, com 3, 29 segundos de vantagem sobre Gerson Pinto.


Foto: One Shot Foto

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Hélder Rodrigues e Ruben Faria na Monster Energy Honda Team


São os mais recentes reforços das fileiras da Monster Energy Honda Team. 

Depois da contratação de Pedro Bianchi Prata, o construtor nipónico chamou agora o seu ex-piloto Hélder Rodrigues e também Ruben Faria, para fazerem parte da estrutura de ralis, pretendendo aproveitar toda a experiência e conhecimentos de mais dois portugueses e tornar ainda mais competitiva a formação que conta com Paulo Gonçalves como um dos seus pilotos.

É uma equipa da Honda cada vez mais portuguesa, completamente focada no Dakar 2019 e decidida em quebrar a hegemonia da KTM na mais importante prova de todo-o-terreno.

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Paulo Gonçalves conquista a vitória no Desafio Inca


Depois de ter vencido o Desafio Ruta 40, 4ª prova do Campeonato do Mundo Cross-Country e Rallyes, Paulo Gonçalves conquistou um novo triunfo, desta feita no Desafio Inca, no Peru. O piloto de Esposende capitalizou assim mais uma importante vitória, no seu caminho rumo ao Dakar 2019:
"Mais um desafio, nova vitória! Completámos este fim de semana o Desafio Inca, no Peru, com a conquista de mais uma vitória num rali que foi muito importante do ponto de vista da minha preparação para o próximo Dakar.
Estivemos num bom nível, a vitória foi alcançada, toda a equipa trabalhou muito bem e a minha CRF450 RALLY excepcional!..."

Resultados:

Foto: FB Paulo Gonçalves

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Mário Patrão termina Panáfrica em 2º lugar


Depois de uma vitória no Maroc Desert Challenge, um título de vice-campeão do mundo de Bajas, liderança da Classe TT3 ao nível nacional, Mário Patrão completou hoje a sua participação do Panafrica Rally 2018 na segunda posição competindo entre os pilotos de fábrica presentes nesta dura e difícil maratona africana.

O piloto apoiado pelo CRÉDITO AGRÍCOLA ascendeu hoje à segunda posição da classificação geral, depois de nas derradeiras etapas ter sido sempre o 2º mais rápido. Competição que se realizou em torno da cidade de Erfoud e onde o piloto apoiado pelo HOTEL ABRIGO DA MONTANHA, esteve nos últimos 7 dias.
No final da derradeira etapa Mário Patrão apoiado pela GRAB&GO salientou que “é muito gratificante esforçar-me tanto por trazer o nome e a imagem dos meus patrocinadores tão longe e alcançar este 2º lugar na classificação Geral. Estou extremamente feliz e partilho este sucesso com todos aqueles que me apoiam. Hoje a etapa tinha 140km dos quais 30 de especial cronometrada totalmente disputada nas dunas, onde naveguei sem percalços e com rapidez. Agora é tempo de descansar um pouco para depois ir receber o troféu”

Mário Patrão o piloto que também é apoiado pela BAHCO completou os cinco dias de corrida totalizando 13h35m07s.

A2 Comunicação

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Troféu Luso Galaico Mota de Monte está de volta!


O Troféu Luso Galaico Mota de Monte está de volta para mais uma edição, que este ano contará com 4 provas. De acordo com o programado pela Melicias Team, depois de o primeiro semestre ter sido dedicado ao Portugal Hard Enduro Series, é tempo de "mudar o chip" para o enduro tradicional, com a temporada 2018 do TLG.

A primeira prova realiza-se já no dia 23 de Setembro, com Santa Comba a abrir as hostilidades. Segue-se Amarante no dia 14 de Outubro e no dia 4 de Novembro terá lugar a 3ª prova em local ainda a anunciar. O Troféu encerrará com o já clássico Enduro das Regiões no dia 9 de Dezembro, em Valongo.


A principal novidade este ano será o maior número de classes, o que permitirá a todos os pilotos da caravana, sejam eles iniciados ou pilotos de ponta, escolherem a classe que melhor se adequa à sua mota e nível de pilotagem.

Regulamento e inscrições em: www.meliciasteam.com


Fotos: One Shot Foto

sábado, 8 de setembro de 2018

Aumentam os rumores de que Portugal poderá receber os ISDE 2019


Aumentam a cada dia que passa os rumores de que Portugal poderá acolher os International Six Days of Enduro em 2019, com a Figueira da Foz a ser novamente a anfitriã, tal como em 2009.

Recorde-se que Portugal recebeu os ISDE pela primeira vez em 1999, em Coimbra, e passados 10 anos na Figueira da Foz. Confirmando-se os rumores, confirma-se também o hiato de 10 anos e 2019 será o ano de Portugal receber novamente as "olimpíadas do enduro".

Possivelmente, a decisão será anunciada ainda antes dos ISDE deste ano, que se disputam no Chile em Novembro. Aguardemos por mais desenvolvimentos.

Cartazes das edições de 1999 e 2009:

Foto: Arquivo | Gonçalo Reis nos ISDE 2009

WESS 2018 | Megawatt 111 - Resultados do 1º dia

Nathan Watson venceu o 1º dia da Red Bull Megawatt 111. Amanhã realiza-se a corrida principal.

(Clique para ampliar)

Foto: Organização | Future7Media

CNTT 2018 | Idanha-a-Nova - Bulher vence. Maio a 2 pontos do título


Depois de pouco mais de 115 quilómetros terem sido realizados no dia de ontem o segundo dia da Baja TT Idanha-a-Nova destinou 234,75 km (SS2) cronometrados aos pilotos, com passagem pelas regiões de Loreto, Penamacor, Zebreira, Rosmaninhal, Toulica e Monfortinho.

Sebastian Bühler veio mostrar que o facto de não estar a discutir o título não era desmotivador, numa prova que marcou o seu regresso ao campeonato nacional após ausência devido a lesão. O piloto da Yamaha WR 450 F tinha sido o mais rápido no Prólogo e SS1 disputados ontem, sexta-feira. Este Sábado manteve a toada competitiva e nunca baixou o ritmo. Andamento que lhe permitiu vencer o SS2 e confirmar a vitória, na geral e classe TT2, num evento em que liderou de princípio ao fim. O piloto da Yamaha concluiu a Baja TT Idanha-a-Nova com uma vantagem de 10m17s sobre António Maio, em Yamaha WR, que adoptou uma ritmo de gestão, a pensar nas contas do campeonato, que lidera: “Faltam-me dois pontos para ser campeão”. Mário Patrão, em KTM 500 EXC fechou o pódio, a 11m43s do vencedor, triunfando na classe TT3. Quarto classificado, Martim Ventura, em Yamaha WR, foi o melhor entre os concorrentes da classe TT1 .

“A prova correu bem, sem percalços. A moto esteve perfeita, o tempo também ajudou porque caiu chuva durante a noite por isso o terreno ficou mais mole e o pneu aguentou. Também me senti bem fisicamente, estava pronto para outra”, brincou Bühler.

A Baja TT Idanha-a-Nova voltou assim a ser um palco de excelência para os pilotos, com a Escuderia Castelo Branco a colocar novamente de pé um evento muito acarinhado por público e participantes, com a Beira Baixa como pano de fundo.

FMP

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Sebastian Bühler lidera Baja TT de Idanha


No regresso do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno após os meses de verão interditos à competição de fora de estrada Sebastian Bühler foi o mais rápido na 1ª etapa da Baja TT de Idanha-a-Nova que este fim-de-semana se está a disputar em terras beirãs de Idanha e Penamacor.

Na competição moto onde o campeão António Maio se tem imposto de forma clara, o regresso às competições Sebastian Bühler produziu compreensivas alterações com o jovem piloto da Yamaha a assegurar o melhor tempo tanto no prólogo como no primeiro setor seletivo.

As posições seguintes foram ocupadas por António Maio (Yamaha), a 2m13, Mário Patrão (KTM) a 3m17s, enquanto o jovem Martim Ventura, a dispor agora de uma Yamaha 250 realizou o 4º tempo e foi o mais rápido na classe TT1.
“No Prólogo senti-me com falta de ritmo e achei que não estava a fazer um bom resultado, mas depois vi que este foi bom. Já na corrida senti-me bem, rolei sem forçar e correu tudo bem. Não cometi erros, gostei das pistas, como habitualmente em Idanha-a-Nova, estavam bem arranjadas e marcadas.
Estou pronto para atacar amanhã”
, afirmou Sebastian Bühler.

Foto: Organização
Fonte: A2 Comunicação e Organização

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

CNTT 2018 - Idanha-a-Nova no regresso ás pistas


Terminada que está a habitual pausa de Verão no Nacional de Todo-o-Terreno, pilotos e máquinas já se preparam para a próxima prova da temporada, a Baja TT Idanha-a-Nova. Com a organização a cargo da Escuderia de Castelo Branco, a corrida promete emoção e pode até apurar os novos Campeões Nacionais em todas as três categorias do campeonato.

Com uma lista de inscritos que promete surpreender e um figurino renovado, começando logo pela nova localização do Prólogo, a Baja TT Idanha-a-Nova perspectiva-se difícil para todos os que se deslocarem à Beira Baixa. “Ao que tudo indica vamos ter uma lista de inscritos invejável, muita luta pela vitória e possivelmente apuramento de alguns Campeões Nacionais. Uma organização não pode querer mais do que isto. Estamos muito motivados e as alterações que fizemos aos traçados vão promover lutas ainda mais intensas”, começou por afirmar Sérgio Sequeira, membro da Escuderia de Castelo Branco e Director de prova para as Motos, Moto4 e SSV. 

Na Cerimónia de Apresentação da Baja TT Idanha a Nova, revelou ainda as novidades para a edição deste ano e destacou a mudança de localização do prólogo.

“Fizemos várias alterações, começando desde logo pela localização do Parque de Assistência que passa a estar localizado na Zona Industrial de Idanha-a-Nova. Depois mudámos a localização do Prólogo para uma zona que promete mais emoção para o público. Há também para destacar o início de um sector selectivo na Senhora do Loreto, bem próximo da Senhora do Almurtão onde habitualmente se iniciam os setores selectivos”, destacou.

A Baja TT Idanha-a-Nova está agendada para os dias 7 e 8 de Setembro e contará com um total de 317,54 km divididos em duas etapas. A primeira inicia-se com a passagem pelo novo prólogo com extensão de 7,14 km, ao qual se segue o primeiro setor selectivo de 105km. Já a segunda etapa, conta com um setor seletivo de 250,40km que promete desafiar as capacidades dos pilotos inscritos no evento organizado pela Escuderia de Castelo Branco.

FMP

sábado, 1 de setembro de 2018

Gonçalo Reis com balanço positivo em Mação


Paulo Gonçalves vence Desafio Ruta 40


Aos  comandos da Honda CRF 450 Rally Paulo Gonçalves assegurou hoje a vitória no Desafio Ruta 40, a quarta prova do Campeonato do Mundo Cross-Country e Rallyes. Depois de cinco exigentes dias no deserto Argentino o campeão do mundo em 2013 foi segundo classificado na derradeira especial – 200 quilómetros cronometrados – que ligou Villa Union a San Juan, prestação suficiente para lhe garantir a primeira posição final com seis segundos de vantagem face ao adversário mais directo.

“Estou muito satisfeito, conseguimos uma boa prova aqui na Argentina estando desde sempre na luta pela vitória em etapas e na geral. Hoje consegui fazer uma etapa limpa como esperava, e o segundo melhor tempo chegou para segurar a liderança final. O nível está elevadíssimo, apenas seis segundos me separaram do segundo classificado. Todos os pilotos têm trabalhado muito bem e nós, equipa Honda, não somos exceção. Quero dedicar esta vitória a toda a equipa Honda em particular aos meus colegas de equipa que tiveram o infortúnio de se lesionarem nestas duas rondas sul americanas. Vamos continuar a trabalhar com foco no Dakar!”

Paulo Gonçalves regressa assim ás vitórias no campeonato do mundo depois de um longa paragem, mostrando mais uma vez estar a preparar da melhor forma o seu regresso ao Dakar, do qual esteve ausente no passado mês de Janeiro devido a uma lesão.

 Resultados:
(Clique para ampliar) 

Fonte: FMP
Fotos e tabela: Organização