segunda-feira, 2 de maio de 2016

Motobrioso com fim-de-semana agridoce. Vitória para Salvador Vargas e abandono de Mário Patrão


Após a vila beirã de Arganil ter recebido a jornada inaugural do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, Reguengos de Monsaraz foi palco da segunda jornada pontuável, no passado fim-de-semana. Com organização a cargo da Sociedade Artística Reguenguense, o Rali TT Reguengos de Monsaraz - Capital dos Vinhos de Portugal teve início no dia de sábado com um prólogo com aproximadamente 5 quilómetros. Já no dia de domingo e com partida do centro nevrálgico situado no Parque de Exposições e Feiras local, foram disputados dois troços cronometrados, com aproximadamente 75 e 150 quilómetros.

Salvador Vargas demonstrou um grande andamento em Reguengos, esquecendo por completo a azarada ronda inaugural. O piloto natural de Cascais – a militar na classe TT3, garantiu logo no prólogo no dia de sábado a 7ª posição da geral. Já no domingo foi subindo de ritmo, concluindo a prova reguense com uma vitória na classe – 6º geral motos. Bastante satisfeito, Vargas comentou: “Em primeiro queria desejar ao meu amigo e colega de equipa Mário Patrão, as rápidas melhoras. Em termos da prova, penso que já demonstrei um pouco do que pretendo este ano. Foi uma prova dura devido ao pó e o piso muito massacrado pelos carros, no entanto senti que fui “crescendo” ao longo do dia. Agora é continuar a trabalhar mais e melhor e estou certo que estamos no bom caminho”.

Mário Patrão não teve a sorte do seu lado, na vigésima edição de uma das provas mais antigas do todo-o-terreno nacional. Nos primeiros quilómetros da manhã de domingo (SS1), o piloto KTM sofreu queda violenta, levando mesmo à interrupção da prova. Evacuado de imediato para a unidade hospital de Évora e após exames, confirmou-se o pior – fraturas ao nível da perna direita. "As coisas não correram bem, sofri uma queda da qual resultaram algumas fracturas na perna. Serei operado o mais breve possível, para iniciar a recuperação e poder voltar à competição pensando já na próxima edição do Rali Dakar. Sabemos que estes desportos implicam riscos, nem sempre corre como queremos, mas temos de estar de cabeça erguida e lutar."


Texto: Evo-press

Fotos: TFTph Media|Fábio Teles Fernandes

IS3 Racing Team de regresso ao Nacional de Todo-o-Terreno


A 28ª edição do Rali TT Reguengos de Monsaraz – Capital dos Vinhos de Portugal decorreu nos passados dias 30 de Abril e 1 de Maio. O Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressou ao Alentejo numa competição com organização a cargo Secção de Motorismo da Sociedade Artística Reguenguense. Pelo vigésimo oitavo ano, milhares de espetadores apareceram naquela que é a segunda etapa mais antiga do calendário nacional de todo-o-terreno.

O prólogo decorreu no sábado num percurso de 5 quilómetros junto ao Centro Náutico de Monsaraz. Já no domingo os pilotos enfrentaram dois setores seletivos, um com 75 quilómetros e outro com 140 quilómetros, com chegada junto ao Convento da Orada, próximo de Monsaraz.

Em representação da formação nortenha IS3 Racing, apresentou-se em Reguengos, Fernando Sousa. O piloto Conde Saúde demonstrou bastante regularidade ao longo dos dois dias de competição, no entanto uma queda na manhã de domingo, condicionou a sua prestação final. Sousa foi 5º classificado entre os Veteranos – 20º classificado Geral.

“O prólogo correu bem. Permitiu  adaptar-me a uma transmissão mais longa na mota e ao tipo de piso de Reguengos. Hoje arranquei confiante para o primeiro setor seletivo e fui ganhando algumas posições na geral apesar de não evitar uma queda que me deixou algo combalido. Na derradeira volta, apesar do calor e do pó que se faziam sentir, fiz uma condução segura mas logo ressenti as mazelas fruto da queda anterior e tive de abrandar o ritmo para chegar ao fim. Esta prova ficou algo marcada pelo acidente do Mário ao qual desejamos as rápidas melhoras e agradeço mais uma vez à pronta assistência da minha mulher e da família Motobrioso” concluiu Fernando Sousa.

Já no próximo fim-de-semana a formação IS3 Racing Team entra novamente em competição, com mais uma jornada do Campeonato Nacional de Enduro 2016. Com organização a cargo de USprigozus de Vilarandelo, Valpaços recebe novamente a caravana nacional.

Texto: Evo-press 
Fotos: ABTFoto.com

Góis Moto Clube “segura” pódios em Reguengos


Reguengos de Monsaraz acolheu no passado fim-de-semana a 28ª edição do seu Rali TT. Com organização a cargo da Secção de Motorismo da Sociedade Artística Reguenguense, a prova “Capital dos Vinhos de Portugal” contou com aproximadamente trinta pilotos na categoria motos. Esta segunda jornada pontuável para o CNTT 2016 contou com um prólogo de apenas 5 km´s no dia de sábado, sendo que no domingo os pilotos cumpriram dois setores seletivos com 74 e 151 km´s, respetivamente.

Nesta já mítica prova alentejana, com as cores do Góis Moto Clube estavam os pilotos José Alvoeiro (TT2 – Veteranos) e Pedro Duarte (TT3 – Promoção). A organização preparou 230 quilómetros de belas pistas alentejanas, no entanto as principais adversidades foram o pó e o calor que que fez sentir em Reguengos de Monsaraz.

José Alvoeiro imprimiu um ritmo bastante regular ao longo de todo o fim-de-semana, garantindo assim um excelente lugar na classificação geral. O piloto foi 3º entre os Veteranos no prólogo, vindo a terminar esta jornada na 2ª posição da classe – 11º geral. “Nesta prova estava com bastante receio devido ao fatídico acidente que marcou a edição de ano passado. Entrei cauteloso e fui gradualmente aumentando o ritmo…penso que cumpri o objetivo e estou bastante satisfeito!”

À semelhança do seu companheiro de equipa, Pedro Duarte também não arriscou. O beirão cumpriu o prólogo na 3ª posição entre os pilotos TT3. O piloto que milita também na classe promoção viria a terminar na segunda posição da classe “maior” – TT3, sendo ainda 4º da Promoção e 16º Geral. “Tentei fazer uma prova sem abusar muito, pois os caminhos de Reguengos escondem muitos perigos. Ainda assim sofri uma forte queda que me levou a perder algum tempo. A partir daí tentei ser o mais regular possível e acabou por ser um fim-de-semana bastante positivo” concluiu Pedro Duarte.

A formação offroad do Góis Moto Clube, terá a prova competição já no próximo fim-de-semana em Valpaços – Campeonato Nacional de Enduro.

Texto: Evo-press
Fotos: TFTph Media

EnduroPro Espanha nº 79


MOTONOMAD II - Trailer Oficial


domingo, 1 de maio de 2016

CNTT 2016 - Reguengos de Monsaraz - Resultados

Sebastien Buhler venceu a classe TT1 e esteve envolvido na luta pelo 1º lugar da geral durante toda a prova, com o seu colega de equipa e vencedor, António Maio.


António Maio vence Rali TT Reguengos de Monsaraz


Marcada pela extrema dureza que caracterizam os pisos desta prova alentejana António Maio (Yamaha) foi o grande vencedor nas duas rodas da 28ª edição do Rali TT Reguengos de Monsaraz. O piloto da Yamaha Racing travou animado duelo com o seu companheiro de equipa de uma corrida que cedo se viu privada de um dos candidadtos à vitória depois de Mário Patrão ter caido nos quilómetros iniciais. O jovem Sebastien Buhler, numa Yamaha da classe TT1, liderou a prova na sua primeira metade mas terminou a 14s do vencedor. O ribatejano David Megre em KTM foi o terceiro classificado. 

Salvador Vargas (KTM) foi o vencedor da classe TT3 tendo registado o sexto melhor tempo da classificação geral. Nos veteranos o primeiro lugar coube a Sandro Carolino (KTM), Tiago Carvalho (KTM) venceu a Promoção e Flávia Rolo (KTM) venceu entre as Senhoras. Na classe hobby o vencedor foi Daniel Silva (Suzuki) que também venceu o Troféu Reguengos. 

A2 Comunicação