terça-feira, 9 de agosto de 2016

The Wall Extreme Race 2016

Depois do 3º lugar alcançado 2015, Alfredo Gomez venceu a 2ª edição da The Wall Extreme Race.

1. Alfredo Gomez (KTM)
2. Ivan Cervantes (KTM)
3. Thomas Oldrati (Husqvarna)
4. Mario Roman (Husqvarna)
5. Oscar Balletti (Honda)




Foto: Michela Merz | FB The Wall Extreme Race

segunda-feira, 25 de julho de 2016

João Lourenço garante Pódio final


Alpendorada - Marco de Canaveses, recebeu a 3ª jornada pontuável para o Campeonato Nacional de Super Enduro 2016. A organização desta prova esteve a cargo do Moto Clube de Várzea do Douro, que este ano preparou uma pista com um traçado completamente diferente do ano transato, tornando-a mais concentrada e bem mais exigente tanto técnica como fisicamente.

João Lourenço chegava a Alpendorada apostado num bom resultado e tinha como objetivo obter o primeiro pódio da época, neste campeonato. O Piloto de Vila do Bispo entrou focado em alcançar um bom lugar na grelha de partida, conquistando o 2º melhor tempo nos treinos cronometrados e na SuperPole, amealhando desta forma dois pontos extra na classificação final. “Desde os treinos cronometrados que me senti bastante rápido e forte. Mas foi nas finais que se fez a corrida...”

Sendo o 2º a escolher o seu lugar na grelha de partida, o piloto ND Graphic enfrentava as finais com grande ambição e confiança. João Lourenço teve um mau arranque na primeira das três mangas finais, tombando no embate com outros pilotos, facto que o obrigou a partir do último lugar do pelotão, conseguindo recuperar até ao 4º lugar no fim da 1ª Final. Nas 2 últimas finais da noite o piloto MXT intrometeu-se na disputa pelo 1º lugar. Na 2ª Final, uma queda violenta quando seguia em 2º lugar relegava o piloto Algarvio para o 3º lugar final, terminando com imensas dores na sua perna. Para a última final da noite estava reservada mais emoção na luta pela vitória. João voltou a ter um arranque regular, rolando sempre entre os 3 primeiros. Quando seguia em 2º lugar, quase a alcançar o 1º posto, numa curva sem visibilidade e com pouca iluminação, uma pedra provocou nova queda, relegando o piloto Sherco Portugal para o 3º lugar, o que lhe garantiu o 3º posto final nesta 3ª jornada. “Na primeira final caí no arranque, partindo de último, fui atrás do prejuízo e consegui chegar a 4°. Nas duas últimas mangas lutei sempre para chegar ao primeiro lugar, mas sempre com um bocado de azar. Na segunda manga dei uma grande queda nos duplos, ficando bastante magoado para o resto da prova, mas mesmo assim nunca baixei os braços e fui "à luta". Fico contente com este pódio, mas não posso deixar de admitir que quero mais. É para isso que trabalho diariamente! Obrigado às pessoas que me apoiam para que tudo corra da melhor forma.”

O Piloto ENI tem o seu regresso à competição marcado para 27 de Agosto, na 4ª ronda do Campeonato Nacional de Super Enduro, em Mação.

Sherco Portugal

CNSE 2016 - Luis Oliveira superior


Bem perto de Marco de Canavezes a localidade de Alpendorada acolheu no passado Sábado a terceira prova do campeonato nacional de Super Enduro Multimoto. Em dia de bastante calor a prova organizada pelo Moto Clube Várzea do Douro e desenhada no Campo das Capelas, foram oito os pilotos da classe Prestige que estiveram em prova, aos quais se juntou igual número de atletas na Open e ainda mais 17 na Hobby.

Com 400 metros de extensão a pista revelou-se técnica e exigente para os pilotos, com as temperaturas mais frescas da noite a ajudarem a um menor desgaste fisico de todo o pelotão.

Pela terceira vez este ano Luis Oliveira foi o mais rápido de todos os presentes na classe Prestige, mas desta feita foi ele quem venceu todos os momentos de discussão de pontos na prova, ao levar a melhor perante a concorrência na Super Pole - que vale três pontos - e depois nas três finais realizadas para fechar a ronda com a pontuação máxima e reforçar o comando do campeonato.

João Ribeiro foi quem mais se aproximou do  vice-campeão do mundo Júnior da especialidade, mas sem nunca conseguir uma vitória fechou o dia na posição intermédia de pódio na frente de João Lourenço, o terceiro classificado em Alpendorada.

Na Open foi Diogo Lopes quem venceu, mas contou com forte oposição por parte de Márcio Barbosa. Ambos dividiram as vitórias e os segundos lugares nas duas finais que a classe realiza a cada evento e foi mesmo a vitória de Lopes na segunda corrida que valeu a subida ao degrau mais baixo do pódio na frente de Barbosa e Alexandre Ferreira, o terceiro classificado.

A próxima prova do campeonato nacional de Super Enduro - Multimoto vai levar os pilotos até Mação, naquela que será a penúltima ronda do ano.

Classificações finais

Prestige
1º Luis Oliveira - Yamaha com 63 pontos; 2º  João Ribeiro - Yamaha com 52; 3º João Lourenço - Sherco com 45; 4º Diogo Vieira - Beta com 41: 5º André Mouta - KTM com 32

Open
1º Diogo Lopes - KTM com 37 pontos; 2º Márcio Barbosa - Yamaha com 37; 3º Alexandre Ferreira - Yamaha com 28; 4º Gonzaga Silva - com 28; 5º Eduardo Monteiro - Yamaha com 21

FMP

CNSE 2016 - Alpendorada - Fotos One Shot Foto

CNSE 2016 - Alpendorada - Resultados

Luís Oliveira



Diogo Lopes



Fotos: One Shot Foto

quinta-feira, 21 de julho de 2016

CNSE 2016 - Terceiro duelo em Alpendorada


Após um curto interregno no seu calendário 2016 o campeonato nacional de Super Enduro - Multimoto 2016 cumpre a sua terceira paragem do ano já no próximo Sábado dia 23 de Julho. Bem próximo de Marco de Canavezes a localidade de Alpendorada irá acolher a prova no Campo das Capelas.

Com organização a cargo do Moto Clube  de Várzea do Douro será desenhada uma pista com cerca de 400 metros de extensão e um mínimo de cinco metros de largura, traçado que será utilizado pelas três classes em competição: Prestige, Open e Hobby.

Com os treinos agendados para as 16 horas e as mangas finais a partir das 21 horas, Luis Oliveira irá defender a liderança da categoria maior da especialidade, com o vice-campeão do mundo júnior a ter neste momento uma vantagem de 17 pontos face a Diogo Vieira, o segundo entre os 11 pilotos que já pontuaram na Prestigie este ano. Diogo Lopes é o primeiro classificado na classe Open com sete pontos de margem face a Márcio Barbosa.

Com três mangas para a classe Prestige em agenda e duas para a Open, a noite desta terceira prova do campeonato nacional de Super Enduro - Multimoto promete ser bastante animada.


FMP