sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Mário Patrão de KTM no Dakar 2016


Mário Patrão assinou pela KTM Portugal passando a integrar um projeto de três anos com vista às participações nos Rali Dakar de 2016, 2017 e 2018. O piloto português, sete vezes Campeão Nacional de Todo-o-Terreno consecutivas, fecha assim um ciclo de oito anos com a anterior marca, a Suzuki, com a qual participou nas últimas três edições do Rali Dakar.
No plano desportivo de Mário Patrão mantém-se a participação na totalidade do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, com início já nos próximos dias 14 e 15 de março em Góis. Também algumas jornadas do “Mundial” de Ralis Todo-o-Terreno tomam posição na agenda do piloto senense em 2015.
“Estou muito satisfeito com esta mudança, a KTM traz-nos as garantias de poder ser mais competitivo numa prova como o Rali Dakar e é, sobretudo, esse o motivo deste novo acordo. A experiência dos últimos três anos com a Suzuki no Dakar foi enriquecedora mas não suficiente para poder impor as capacidades de lutarmos por mais e melhor. Chegou a hora de procurar novos horizontes e estou certo que a KTM, pelo historial vencedor que contempla, é a escolha certa. Tenho a agradecer ao importador KTM para Portugal, a Jetmar, bem como ao concessionário MotoBrioso pela oportunidade”, admitiu o piloto de Seia, que uma vez mais terá a instituição financeira Crédito Agrícola como main sponsor.
Apostado em garantir melhores condições para a aposta no Todo-o-Terreno internacional, nomeadamente na maior prova de Todo-o-Terreno do mundo, o Rali Dakar, Mário Patrão chegou a acordo com o importador para Portugal da marca dominadora das últimas quinze edições do Rali Dakar, a Jetmar.
“A Jetmar está muito contente com a contratação de Mário Patrão, desde há dois anos que temos estado em conversações e chegou o momento de avançarmos para os próximos três anos com o objetivo de sermos Campeões Nacionais de Todo-o-Terreno e também de avançar para o programa Dakar 2016, 2017 e 2018 com o Mário Patrao. Portugal tem dos melhores pilotos de TT em duas rodas do mundo, onde já existia o Ruben Faria nas fileiras da KTM, vindo agora o Mário Patrão enriquecer as nossas hostes. A KTM é uma marca que domina, entre outras disciplinas, o TT mundial, tendo vencido as últimas quinze edições do Dakar. Na edição de 2015, sete dos dez primeiros estiveram pintados de laranja”, referiu Francisco Pita, responsável pela importação da KTM para Portugal.
Também nesta contratação fica associado o concessionário da marca austríaca MotoBrioso, do Fundão, que irá juntamente com a casa-mãe apoiar o “hexa” Campeão Nacional de Todo-o-Terreno Mário Patrão. 
Conceito Media

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

No próximo domingo, todos os caminhos vão dar a Caminha!


A segunda prova do Troféu Luso-Galaico Mota de Monte 2015, realiza-se no próximo domingo, na bonita vila raiana de Caminha. Com 270 pilotos inscritos até ao momento e alguns dos mais belos percursos do país, os ingredientes estão reunidos para um grande dia de Enduro.

Esta prova será realizada em simultâneo com a Liga Galega da Mota de Campo, pelo que a considerável afluência de pilotos espanhóis será certa.

Aspecto geral da Cross Teste

A abertura do Secretariado será no Sábado às 16h e o fecho às 19h. No domingo, o horário será entre as 8h e as 9:30h.
O Parque Fechado abrirá no Domingo às 8h e encerrará às 10h.
Às 11h, parte o primeiro piloto.

Aqui ficam as coordenadas GPS para os principais locais de interesse:

(Clique para ampliar)


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Portugal pontua para o Campeonato do Mundo de Enduro de 15 a 17 de Maio


Portugal recebe de 15 a 17 de Maio os melhores pilotos do mundo de motociclismo na vertente de Enduro, em jornada pontuável para a edição de 2015 do Campeonato do Mundo da especialidade. O Grande Prémio de Portugal, que terá lugar na cidade de Gouveia, foi hoje oficialmente apresentado, por ocasião da abertura da Feira Internacional de Turismo (BTL), certame que decorre na FIL até ao próximo dia 1 de março.

Na apresentação oficial do evento, que decorreu esta tarde no stand do Turismo Centro Portugal, marcaram presença, entre outros, Luís Tadeu Marques, Presidente da Câmara Municipal de Gouveia, Manuel Marinheiro, Presidente da Federação de Motociclismo de Portugal, Paulo Gonçalves e Mário Patrão, pilotos lusos do Rali Dakar, padrinhos do GP de Portugal de Enduro, e, ainda, Luís Correia, um dos dois pilotos portugueses participantes na totalidade do Campeonato do Mundo de Enduro em 2015.

Gouveia receberá durante três dias um extenso programa de competição por trilhos serranos com vista para o deslumbrante cenário da Serra da Estrela. A ação central da prova terá a particularidade inédita de se concentrar no Parque Senhora dos Verdes, propriedade local com cerca de 2000 hectares, dos quais 22 vedados e infraestruturados para receber público e participantes.

Em prova estarão as categorias principais do Campeonato do Mundo de Enduro - E1, E2 e E3 -, bem como os representantes das classes Juniores, Youth e ainda a sempre espetacular classe reservada a Senhoras.

O GP de Portugal de Enduro terá início no final de tarde de sexta-feira, 15 de maio, com a realização de uma “Super-Especial”. Sábado e domingo, 16 e 17 de maio, os participantes farão 4 voltas a um percurso na ordem dos 50 quilómetros, onde estarão incluídas as passagens pelas três especiais cronometradas “Enduro”, “Cross” e “Extreme”, todas elas situadas no Parque Senhora dos Verdes e com fáceis e curtos acessos ao público.

A prova portuguesa pontuável para o Campeonato do Mundo de Enduro em 2015 é uma organização da Câmara Municipal de Gouveia (CMG) em parceria com o Fozmotor.com, estando a regulação desportiva sob égide da Federação Internacional de Motociclismo e da Federação de Motociclismo de Portugal.

Paulo Gonçalves, Hélder Rodrigues e Mário Patrão apadrinham jornada portuguesa pontuável para o “Mundial” de Enduro

Paulo Gonçalves, Hélder Rodrigues e Mário Patrão apadrinham a organização do Grande Prémio de Portugal de Enduro de 15 a 17 de maio na cidade de Gouveia. Os três pilotos portugueses, agora virados para a modalidade de Todo-o-Terreno, têm no seu palmarés distinta passagem pelo Enduro, todos eles com títulos nacionais conquistados e claro destaque além-fronteiras.

Hélder Rodrigues é quem detém maior mérito na modalidade. O piloto português foi Campeão do Mundo de Enduro Júnior 125cc no ano 2000, mas antes, ainda em 1999, já se havia consagrado Vice-Campeão da Europa. Desde então, o “Estrelinha” somou grande número de participações no “Mundial” de Enduro, vencendo ainda medalhas de ouro na prova-rainha da especialidade, os ISDE (International Six Days of Enduro). Nos últimos anos Hélder Rodrigues tem sido presença assídua nos GP de Portugal de Enduro.

Também Paulo Gonçalves soma notável percurso pela modalidade de Enduro. O piloto de Esposende, que recentemente terminou no segundo lugar a edição de 2015 do imponente Rali Dakar, é detentor do maior número de títulos nacionais em diferentes vertentes de motociclismo em Portugal, alguns deles no Enduro. Em 2002, Gonçalves sagrou-se Vice-Campeão do Mundo de Enduro na classe Juniores, somando ainda no seu palmarés um total de três medalhas de ouro nos ISDE em representação da seleção de Portugal.

Piloto da “casa” no GP de Portugal de Enduro 2015, Mário Patrão será figura de cartaz para as gentes da Beira Interior. Além da pertença de cinco títulos nacionais de Enduro, Patrão soma também algumas participações no Campeonato do Mundo de Enduro e ainda a conquista de quatro medalhas de ouro e uma de prata nos “Seis Dias” de Enduro com as cores lusas.

Conceito Media

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015