segunda-feira, 20 de abril de 2015

Arranque cauteloso para Mário Patrão no Qatar


Mário Patrão começou hoje no Qatar a sua participação na segunda ronda do Mundial de Ralis Todo-o-Terreno de 2015 com a obtenção do 13.º posto por entre os concorrentes das duas rodas.
O piloto de Seia, agora aos comandos de uma KTM, entrou de forma cautelosa neste arranque de jornada, aproveitando para se ambientar à versão rally adaptada da sua mota no exigente percurso de dunas no deserto do Qatar.
“Entrei de forma tranquila, tentei navegar e não cometer erros que era o mais importante. Foi uma boa etapa, mesmo em termo de classificação, consegui ser o 13.º mais rápido entre as motos e isso deixa-me muito satisfeito. Sei que consigo melhor, mas o objetivo não é para já esse. Quero subir dia a dia na classificação e sair daqui com uma boa aprendizagem ao nível de navegação e com mais quilómetros na minha KTM que até agora se está a mostrar fantástica”, referiu Mário Patrão.
De partida para a segunda etapa, Mário Patrão e a restante caravana do Sealine Cross-Country rally 2015 terão pela frente mais 476 quilómetros sobre o perímetro do Qatar, 397 dos quais cronometrados.
Conceito Media

Paulo Gonçalves inicia com 5.º posto no Qatar


Paulo Gonçalves iniciou hoje no Qatar a segunda prova do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, o Sealine Cross-Country Rally 2015, ronda que integra cinco etapas de exigente navegação pelo deserto árabe.
Num total de 194.08 quilómetros cronometrados desta primeira de cinco etapas sobre o deserto do Qatar, Paulo Gonçalves foi o quinto mais rápido do dia a 4min09s do vencedor Marc Coma, que gastou um total de 2h19min01s a percorrer a tirada. Depois do desaire na primeira jornada, em Abu Dhabi, o piloto português oficial Honda foi dos primeiros a entrar em pista no Qatar e acabou por ser apanhado pelos seus perseguidores ao longo da “especial”.
“Terminei em quinto hoje com alguns erros de navegação. Partindo do pressuposto de que esta é a corrida mais difícil do campeonato em navegação, é normal que se cometam alguns erros. Esta posição dificulta a restante classificação deste rali, pois todos os pilotos que terminaram à minha frente podem escolher o lugar de partida para a etapa amanhã. Ainda que não esteja de acordo com esta nova regra, que condiciona em muito as classificações das provas, vou continuar a trabalhar para no final conseguir o melhor resultado possível. A minha mota está num bom nível e isso é o mais importante”, referiu Paulo Gonçalves.
O piloto de Esposende, que durante a temporada de 2015 transporta as cores do Sport Lisboa e Benfica, segue para já no quinto lugar da tabela classificativa geral desta segunda prova do Mundial de Ralis.
A segunda etapa do Sealine Cross-Country Rally cumpre-se num total de 476 quilómetros, dos quais 397.56 a contra-relógio.
Conceito Media

Ruben Faria em oitavo na abertura do Sealine Rally


Ruben Faria iniciou hoje no Qatar a sua participação na segunda prova do campeonato do mundo de Cross-Country e Rallys 2015. Até à próxima sexta-feira o piloto de Olhão enfrenta com a sua KTM Rally 450 as pistas mais pedregosas da região em mais uma ronda deste competitivo campeonato onde ocupa a quarta posição da classificação geral depois de terminar o Abu Dhabi Desert Challenge nessa mesma posição.

Neste primeiro dia a especial contou com total de 253.22 quilómetros, dos quais 201.94 eram cronometrados, num piso totalmente distinto do Abu Dhabi, com mais pedra nas pistas ao invés da areia da ronda anterior. Um piso rápido a exigir atenção aos obstáculos e também à navegação. No final da etapa Ruben Faria foi oitavo, iniciando assim de forma positiva a competição e colocando-se numa excelente posição para a segunda etapa a realizar amanhã.

‘Foi um arranque positivo. Este terreno é muito distinto do Abu Dhabi e é necessário ter especial atenção ás pedras e ao mesmo tempo à navegação. Não cometi erros ao longo da especial e procurei estar entre os primeiros e conseguir também uma boa posição para a especial de amanhã. As provas têm agora um factor estratégico muito importante e temos sempre que pensar no dia seguinte.’

Amanhã o algarvio enfrenta a segunda especial da prova, que terá um 474.5 quilómetros, dos quais 398.88 serão de especial cronometrada. O Qatar Sealine Rally cumpre a sua quarta edição e mais uma vez está incluído no calendário do campeonato do mundo de Cross-Country e Rallys. Os pilotos terão que percorrer um total de 1926.76 quilómetros, dos quais 1782.01 serão cronometrados.

Hype Communications

Sealine Rally 2015 - 1ª Etapa - Resultados

Entre os muitos portugueses em prova, Paulo Gonçalves foi o melhor na 5ª posição

(Clique para ampliar)

Diogo Ventura com altos e baixo em Talca


Após um primeiro dia onde conseguiu pela primeira vez na sua carreira um pódio no campeonato do mundo de enduro, Diogo Ventura fechou a primeira ronda do mundial 2015, realizada na localidade chilena de Talca, com um sexto lugar conseguido em condições totalmente distintas daquelas que os pilotos encontraram no dia de abertura. O calor e piso seco tipico desta região a sul da capital chilena transformou-se por completo com a chegada de fortes chuvas e Diogo Ventura acabou por não se sentir tão confortável ao longo da segunda ronda ao percurso e especiais desenhadas para este arranque de época mundialista. No final o sexto lugar foi uma prova do empenho e esforço do piloto de Góis, que iniciou assim de forma muito positiva um novo ano de campeonato do mundo.

‘Foi um fim-de-semana de contrastes para mim, com altos e baixos. No Sábado liderei boa parte da corrida, mas um erro na Cross Test custou-me quase vinte segundos e fiquei em terceiro, o que mesmo assim me deixou bastante satisfeito. Creio que todos merecíamos, eu e a equipa. No Domingo choveu muito e as especiais alteraram-se por completo, a prova tornou-se totalmente diferente. O resultado não deixou de ser positivo mas na primeira especial perdi muito tempo e nunca consegui encontrar um bom ritmo. O sexto lugar talvez não seja tão bom como o terceiro de Sábado, mas a próxima corrida é em Espanha, num terreno que conheço bem e onde sempre consegui bons resultados. Creio que este não será o único pódio da temporada e vamos conseguir muitos mais. Quero agradecer à equipa e à Gas Gas todos o seu empenho e trabalho.’

Com estes resultados na América do Sul Diogo Ventura ocupa após os dois primeiros dias de campeonato o quarto posto da classificação geral do mundial Júnior, prometendo continuar a lutar pela vitória já na próxima ronda do campeonato a realizar em Jerez de La Frontera nos dias 9 e 10 de Maio, precisamente uma semana antes do GP de Portugal, este ano em Gouveia.

Hype Communications

EWC 2015 - GP do Chile - 2º dia


Resultados:

E1                                     E2

E3                                      EJ 
(Clique para ampliar)

sábado, 18 de abril de 2015

Pódio para Diogo Ventura no arranque do mundial


Diogo Ventura começou hoje em Talca, no Chile, a sua campanha no mundial de enduro 2015. Uma entrada em força para o piloto de Góis que conseguiu o terceiro posto final na classe júnior depois de um dia em que andou sempre envolvido na luta pela vitória na classe reservada aos pilotos mais jovens.

Com 22 anos de idade recentemente cumpridos, o recruta da espanhola Gas Gas terminou o dia com pouco mais de 48 segundos de diferença para o vencedor, mas ao longo das 11 especiais do programa foi o mais rápido em três delas, sendo segundo mais veloz noutras três. Com excepção feita a uma especial em que foi décimo o português esteve sempre entre os cinco mais rápidos confirmando a sua candidatura a lugares de pódio neste mundial 2015, o seu segundo na classe.

‘Foi um dia muito positivo. Estive sempre em luta pela primeira posição mas na fase intermédia da corrida perdi algum tempo. Consegui recuperar o meu ritmo na fase final e venci mesmo as duas especiais de encerramento, mas não deu para recuperar mais terreno e fechei em terceiro. Mas estou naturalmente muito animado e moralizado com esta subida ao pódio e amanhã vou novamente lutar pela vitória.’

A localidade de Talca assiste amanhã ao segundo dia de competição com Diogo Ventura a procurar a sua primeira vitória no campeonato do mundo de enduro.

Hype Communications

EWC 2015 - GP do Chile - 1º dia



Resultados:

E1                                    E2

E3                                      EJ
(Clique para ampliar)